O SORRISO DE NEWTON LIMA

Newton Lima.

Fonte bem posicionada no Palácio Paranaguá afirma que nos últimos dias o prefeito Newton Lima (PT) não tira do rosto um sorriso largo.

O motivo, segundo a fonte, é óbvio: está cada vez mais perto o dia de deixar o comando da cidade e os 90% de rejeição popular que pesam nas costas de Newton.

O homem, estranhamente avesso à política, não vê a hora de descer pela última vez as escadarias do palácio.

E que os anjos digam amém!



15 responses to “O SORRISO DE NEWTON LIMA

  1. E lamentavel que os vereadores que foram eleitos pelo povo , não tenham cassado esse, projeto mal feito de prefeito

  2. gusmao newton é meu amigo mas quando ele se jumto ao sr valderico a mando do sr jabes e sr isaac tudo armado porque voce sabe que em politica tudo existe para poder confundir nossas cabeças porqu somos nos que somos os eleitores e somos iludidos porque eles sao todos fingidos a santo mas so pensam nos bolsos e em acordos vantagasos eu se fosse o povo de ilheus votaria no psol como opçao para dar resposta a esse bando de coruptos

  3. Ele vai ficar livre dos pepinos e dos indices de rejeição porém os pepinos que terá que descascar posteriormente vai durar por muitos e muitos anos, outra coisa vai ter que preparar o bolso com gastos com a justiça.

  4. Reflexões sobre a vulnerabilidade dos rejeitados.
    As pessoas que me leem sempre perguntam por que escrevo assim? Parece-lhes incompreensível, que eu mergulhe em tópicos tão existenciais das realidades e vivência humanas. Sobre temas tão diferentes, porém, sem nunca me distanciar das relações do ser com o ser; do ser com o ter; suas vulnerabilidades, frustrações, delírios megalomaníacos, depressões, tristezas e, invariavelmente, sobre os confrontos íntimos às vezes amargo, das perdas e achados das realidades existências intermitentes e alternantes entre as dolorosas, outras patéticas, risíveis, tec. presentes nas catarses relatadas em minhas ficcionais Reflexões Sobre…?
    O campo extremamente fértil das relações humanas é onde encontramos os elementos que dão inspiração e sustentabilidade à nossa literatura do cotidiano. Sem nenhum pudor, confesso que sou plateia cativa; um dependente virtual das reatividades e proatividades interpessoais dos sentimentos; da filosofia e da moral coletivas. O comportamento humano é um Atlântico de inspirações e autoaprendizado. Ainda estou tateando nas primeiras estrofes desse Mahabharata humano que não me canso de ler avidamente.
    Ainda ontem, desculpem-me o longo prólogo, lia uma entrevista concedida por um homem público, talvez político, a um jornal de circulação regional. Para a minha surpresa, um achado! Ali estava, sem retoques ou supressões, uma entrevista histórica cujo conteúdo denso de fantasias poderia ser atribuído ao Barão Munchausen (vocês conhecem-no), impecável em sua narrativa fantasiosamente delirante, grandiloquente. E uma inventiva fabulosa que nos encanta como as narrativas dos grandes fabulistas da história como Vishnu Sharma; Esopo; Fedro, Jean da La Fontaine! Lembra aquela “A raposa e as uvas”? Ou “Pele de Asno” Traduzido do original francês publicado pela primeira vez em Grisélidis, Nouvelle avec le conte de Peau d’Ane et celuy de Souhaits ridicules (Paris, 1694)? Pois é; são referências inesquecíveis!

    Brilhantemente, ele narra desta vez ao entrevistador, sua epopeica passagem e as aventuras de quando reinou com seu primeiro vizir sobre vastas extensões de terras antes agriculturadas, mas agora pecas e inférteis pela maldição rogada por uma bruxa. Não obstante, ainda havia muita riqueza e um povo tolo, lefo, aquietado, indolente e tolerante que vivia à mercê do que lhes dessem como sobras de mesas fartas da nobreza; as migalhas com que se contentavam. E ele fala com aparente dó desse povo coitado. Muita bondade!
    _… Que deixa esse reino, claro que após recuperá-lo da desgraça, com a consciência tranquila do dever cumprido! Acima, muito acima do que era de se esperar dum nobre e seu vizir em matéria de esforço, trabalho duro e dedicação integral extenuante. Mas que não obstante o cansaço, saia feliz diante do reconhecimento, da gratidão, felicidade e aprovação com que seus súditos os ovacionavam com grato regozijo – a ele e seu vizir – demonstrados quando presentes às festas palacianas e noutras populares entre os muros da velha cidade capitania.
    O Rei responde entre enfático e orgulhoso: _ Na saúde, acabei com as filas, o desconforto, o sofrimento do povo quando extingui os amontoados de doentes nas enfermarias e corredores dos hospitais, os quais reaparelhei e empreguei centenas de médicos de outros reinos! Agora cada doente tem seu apartamento pessoal, remédios gratuitos e mais de 100 unidades de Postos médicos. A saúde em 1º lugar!
    Na educação, nosso reino despontou pedagogicamente ao produzir um ensino ao nível dos países do 1º mundo. Escolas moderníssimas e hiperaparelhadas; professores especializados para cada matéria e, percebendo ótimos salários e benefícios. Apenas na Merenda escolar tivemos que introduzir algumas mudanças, haja vista a exagerada carga calórica que estava sendo oferecida às crianças. Alguma já apresentando sinais de sobrepeso e discreta obesidade. Hoje temos uma Merenda Escolar calculada caloricamente e, com níveis nutricionais suficientes às necessidades das nossas crianças nas três refeições oferecidas em serviço à la carte!
    No Transporte Público, baixamos os preços das passagens com subvenções do Reino e exigimos veículos com ar refrigerado no verão e aquecimento no inverno. Rodomoças e atendimento de alta qualidade em todos os bairros e região metropolitana. Se eu não estivesse de saída, garanto que iniciaria e acabaria a construção de um metrô de grande velocidade que constava dos meus projetos.
    Na limpeza pública, contratamos uma empresa de tecnologia robótica a Robobem, que instalou varredores automáticos por toda a cidade, inclusive nas praias. Essas máquinas varrem intermitentemente todo e qualquer resíduo jogado na rua ou praia, mesmo que seja só uma pontinha de cigarro! A cidade e as praias estão 100% clean!
    Espalhei sanitários químicos e banheiros públicos por toda a cidade. Qualquer necessidade imediata para descartar o barro? Tem um sanitário disponível ao alcance da obra. Se obra mole ou se sujou com ela? Tem banheiro com água morna, sabonete hidratante e toalhas descartáveis. Ninguém mais caga na rua! Não vou dar destaque a nenhuma das minhas inúmeras e incontáveis obras que fiz na cidade. Em qualquer canto que você vá irá encontrar um monte delas! Obrei em tudo que foi possível obrar, na justa medida dos recursos disponíveis.

    Meu rei! Agora pra encerrar esta entrevista com chave de ouro; quero perguntar se o senhor tem algum parentesco com Esopo ou o Barão Munchausen? E se senhor pretende voltar a reinar sobre essa cidade reino?

    _ “Olha meu filho! Nunca ouvi falar desses súditos inferiores. Devem ser do PT e, quanto à minha permanência na Coroa, Se fosse pelos milhares de pedidos que recebo diariamente e, atendendo a vontade maciça de toda a população, eu jamais deixaria esse trono ou abdicaria em favor do novo rei. O povo me ama! Idolatra-me! Se for da vontade do povo; eu ate posso voltar num futuro, mas agora eu saio para um merecido repouso em Damasco”.

    É Tarja Preta! Mas mesmo assim, adorei a entrevista!

  5. Nilton lima está alegre, mas bahia cachoeira está tristíssimo porque vai perder a boca. As negociações com os credores da prefeitura vai acabar.

  6. Meu sempre querido Gusmão.

    Depois da eleição ele e o tricolor de aço se picam, e deixam o pepino aí pra quem quiser ou puder descascar.

  7. A cidade precisa de mudanças na politica.

    PSOL 50, PREFEITO JORGE LUIZ vice CORONEL BATISTA.

    “VOTO PSOL 50, EU SOU PSOL 50.222”

  8. Estamos acostumados a vê governantes construir grandes obras, onde eles ficam multimilionário, mas reformar o que tá feito, os sabidos fazem que não vê, não sou correligionário do prefeito, mas ele trabalhou direitinho, foi unico administrador que mandou futucar aquelas vias que ficava alagadas próximo ao estádio, fez muitos calçamento, razão sim, emoção não, teve atritos com a máfia (quero acabar com Ilhéus), como foi Valderico, coitado, pensava em governar sozinho, a máfia degolou ele e ainda deixou cheio pepino, para governar tem que fazer pacto com várias correntes do diabo, senão é engolido pela máfia (quero acabar com Ilheus).

  9. O novo prefeito a assumir Ilhéus, vai chegar ao “quartinho” do gabinete palaciano pra atender uma necessidade fisiológica; vai levantar a tampa do vaso e, surpreso ante o achado do “esquecido” ali, dizer: “_ HI!!! alguém esqueceu algo de seu aqui! Ainda está perfeito!”. Aí vai apertar aquele botãozinho ou puxar a cordinha para que uma volumosa descarga hídrica o conduza em direção à rede de esgoto.
    Nesse caso, será um desrespeito e grave pecado encaminha-lo seguido de um “Vá com Deus”. Cabe sim um inesquecível e sonoro “Vá à merda”!
    Alea jacta est. Quem vai obrar agora sobre Ilhéus? Que Deus seja clemente com nossa cidade e seus filhos… Amem!

  10. É um absurdo, acontece de tudo nesta cidade,dentro do palácio paranaguá, pessoas pobres ficam de ricos, polícia ferderal não age, ministério público apático, ministério público federal inoperante, contoladoria geral da união não conhece ilhéus, e mais uma vez assistimos todos os tipos de armação com o dinheiro público, ninguém dessa turma foi preso, respondem um processozinho da justiça de engano que não prende bandido de colarinho branco que assaltam os cofres, lamentável, vergonhoso, coisa de cidade sem lei, esse é o retrato dessa pobre cidade. Agora aparecem novamente os salvadores da pátria, pessoas que já governaram e que governam atualmente, que conhecem o potencial dessa vaca leiteira e sabem que ainda tem leite e sabem como tirar o que ainda resta, não é possível, até quando convivermos com essas aberrações, é preciso termos cuidado com o nosso voto, ele é a nossa arma, vamos usá-lo para detonar a corrupção, votem no melhor, no candidato que é do newton lima, nem no que entregou a cidade a valderico e newton pra depois noltar como salvador da pátria, vamos votar na mudança, vamos tentar fazer algum coisa em quanto é possível. Gusmão parabéns por este espaço democrático.

  11. nilton um abraço tenha carteza que seu candidatu nao vai ser eleito mesmo tendo se implorado para a justiça ter tirado ele da lista dos mal feitores JABES nunca mas ILHEUS

  12. Ele contando os dias para sair e nós para nos vermos livres dele, o pior que ele fica na p**a sacanagem dele, fim de mandato é uma m*rd* o prefeito em questão nao paga os salários que são nossos por direito hoje em pleno dia 30 de julho ainda não recebemos o salario de junho, onde o de maio foi apago no dia 28 de junho, ai eu me pergunto .. estou trabalhando voluntariamente para o prefeito? mas cade meu termo de voluntariado (pelo que me conste eu não assinei)? será que irá me pagar amanha 31 de julho ou deixará para pagar em agosto mesmo ? e o de julho paga quando ?? complicado fim de gestão é a pior coisa para servidor da prefeitura e no caso de NEWTON LIMA é impossível, PENA QUE MINHAS CONTAS E DÉBITOS NÃO ESPERAM..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *