ISRAEL NUNES COMENTA O SECRETARIADO DE JABES

O procurador federal Israel Nunes voltou a “blogar”. Em sua página, teceu alguns comentários lúcidos sobre os já definidos secretários de Jabes Ribeiro. Confira:

Jabes Ribeiro anunciou hoje o seu futuro Secretariado. Não se agrada a todos, é óbvio.

Entre críticas e elogios, também tenho o direito de colocar as reflexões pessoais. Os nomes, que me escuso de mencionar para não ser repetitivo, todos já conhecem. Basta de suspense.

Na política, não se faz o melhor dos mundos, mas o melhor dos mundos possível.

O Município de Ilhéus está combalido financeiramente. Não há possibilidade de contratar, como pretendem alguns, os melhores técnicos existentes, por uma razão simples: o Município não cobre os salários pagos pelo mercado. Seria necessário exigir uma abnegação e um sacrifício pessoal e familiar imenso, por exemplo, para trazer certos profissionais existentes dentro de Ilhéus mesmo para uma Secretaria, fazendo-os largar suas colocações regulares e bem-remuneradas.

De outro lado, só ser técnico não basta. É preciso fazer política, sobretudo a boa política, tendo uma interlocução com as esferas federal e estadual, a fim de trazer recursos indispensáveis à viabilização de projetos.

Assim é que na Secretaria de Turismo, por exemplo, seria necessário alguém com interlocução com a Secretaria Estadual de Turismo. E, ao que me consta, isso foi feito.

Igualmente para a Secretaria de Pesca, onde foi inserido um quadro partidário da mesma base do Ministério respectivo.

Há, por óbvio, Secretarias em que o aspecto técnico prevalece, como a de Educação, Saúde, Urbanismo, Planejamento e Finanças.

Há outras em que prevalece o critério político, como a de relações institucionais.

No quadro geral da ampla base aliada com que o Prefeito Jabes Ribeiro e o vice Cacá se elegeram, o Secretariado escolhido a dedo pelo futuro chefe do Poder Executivo representa o melhor que ele tinha à disposição, segundo as circunstâncias políticas existentes.

Todos têm o direito de criticar e as críticas já eram esperadas, pois, quaisquer que fossem os nomes, não se agrada a todos, sobretudo aos adversários.

Agora, é torcer a favor, por uma questão de humanidade. Não pelos Secretários, é óbvio. Por Ilhéus.

Mas, uma advertência: ao que tudo indica, aquele que não se sair bem, será exonerado. Jabes já sinalizou que não deixará o Governo e o povo agonizando até o final para não desagradar aliados.



7 responses to “ISRAEL NUNES COMENTA O SECRETARIADO DE JABES

  1. Ok Sr. Dr. Israel Nunes.
    E se Jabes não se sair bem?!?!?!?!?!?! e a cidade continuar agonizando por mais quatro anos, quem exonera ele? Colocar a culpa nos Secretários é “porreta” né?! Pobrezinhos deles.
    Vou chupar uma carabola, viu, pois assim como a estrela de Davi, ela tem cinco pontas e deve me proteger do mau estar que me causa lendo essa materia. Enquanto isso, chupa essa manga Dr.
    Bom é no futebol, se o time não joga bem… tira o tecnico.
    Nesse caso, o povo se encarregará de tirar o tecnico, Dr.
    Certo o Sr., Dr. que não aceitou convite, apenas indicou né?!

  2. Vc tem toda razão JULIO SILVA, se o Jabes não sair bem, o povo deve exercer seu papel de cidadão e á luta.
    Mais vc se expressa como se não fizesse parte deste povo!!!! Estranho isto!!
    Faça vc a sua parte, ao invés de ficar colocando a culpa de tudo nos outros. Se acreditava que JR não era o melhor para Ilhéus pq não foi a luta (assim como fizemos)? O povo acreditou, agora já era!!!
    Ao invés de criticas, vamos mostrar caminhos, soluções, dár idéias… é disto que Ilhéus precisa. Prof. Israel Nunes, parabens pela colocação.

  3. A solução está na própria prefeitura, exitem funcionários públicos capacitados, muitos deles tem cursos técnicos e superior em outras formações, eletrotécnico, eletricista, operador de maquinas pesadas, profissionais em diversas áreas, mas a prefeitura prefere contratar, ao invés de requalificar, conheço eletricistas de qualidade que prestam serviço fora da prefeitura, e dentro dela trabalha de serviços gerais, e a prefeitura contrata empresa para manutenção o profissionais não concursados, é só fazer um recadastramento já.

  4. Ou Grito realmente existe pessoas capacitadas na Prefeitura, mas ai vem a tal da estabilidade, nao podem ser demitidos, advertidos, transferidos, etc… Tem funcionario, nao sei como conseguiu isto, que recebe mais de 10.000,00 por mes, é eletricista, trabalha, alias diz que trabalha, mas nao pode subir em escada. Tem funcionarios que estao aguardando uma tal de precatoria e se acomoda, esperando a bufufa cair. Que recadastramento podera ser feito com estes pessoas que estao ai???

  5. Caro Israel,

    Mais uma vez concordamos em gênero, numero e grau. Para alguns é fácil ficar de fora criticando, tenhamos cidadania e participemos desta fase de reconstrução de Ilhéus, não se trata de apoiar ou não o grupo político vitorioso nas urnas e sim de apoiar a nossa cidade.

  6. Engraçado. As falas agora são “Ao invés de críticas, vamos mostrar caminhos, soluções, dar ideias… é disto que Ilhéus precisa”; “tenhamos cidadania e participemos desta fase de reconstrução de Ilhéus”. Até concordo. Só me pergunto por que só agora precisamos mostrar caminhos, termos cidadania etc? Há muitos anos Ilhéus precisa desse apoio. Talvez se essa “convocação” tivesse sido feita há alguns anos, a cidade não chegasse ao estado que se encontra. Não se pode esquecer que o estado deplorável da cidade hoje é resultado das más administrações anteriores,no que se inclui as três administrações do futuro prefeito. Mas, pelo bem da cidade e consequentemente, da população, tenhamos esperança de que o próximo prefeito e suas secretarias farão a diferença. Só acho difícil (quase impossível) é o povo ter abertura nesse novo governo para dá suas sugestões, mostrar caminhos, dá ideias…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *