CACHAÇA É RECONHECIDA COMO PRODUTO EXCLUSIVO DO BRASIL

Do Mercado do Cacau

cachaçaEsse reconhecimento abre o principal mercado do mundo para a cachaça brasileira. Medida entra em vigor em abril

Uma reivindicação antiga dos produtores brasileiros será atendida em poucos dias pelos Estados Unidos. A partir do dia 11 de abril, o Brasil poderá exportar a cachaça para aquele país, como produto de origem exclusiva.

O secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Célio Porto, diz que esse reconhecimento abre o principal mercado do mundo para a cachaça brasileira. “É um passo importante para a exportação de produtos de valor agregado dessa cadeia produtiva. Abre para a cachaça o mercado americano, usando um nome típico conhecido em várias partes do mundo”, ressaltou.

Por determinação do país, o produto era vendido nos EUA como “Brazilian Rum”. Com a nova regulamentação, para ter o nome cachaça no rótulo, a bebida deve ser obrigatoriamente produzida no Brasil e estar de acordo com os padrões brasileiros de identidade e qualidade.

Segundo o secretário da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Cachaça do Ministério da Agricultura, Francisco Facundo, essa é uma grande conquista para os produtores da cachaça. “Grande parte do que é produzido no Brasil vai para o mercado doméstico. Com a regulamentação dos EUA, ampliamos as chances de comércio no país”, disse. Facundo informou ainda que agora os esforços serão voltados para o reconhecimento na Europa. “O Brasil tenta, há alguns anos, o reconhecimento na União Européia. Esse será o próximo passo”, finalizou.

POLÍCIA FEDERAL MOSTRA DINHEIRO E ARMAS, MAS NÃO REVELA NOMES

O delegado Mario Vinicius, da polícia federal de Ilhéus, concedeu entrevista coletiva na manhã dessa quinta-feira, 28, sobre a operação “Inundare”.

Delegado Mario Vinicius. Foto Emílio Gusmão.
Delegado Mario Vinicius. Foto Emílio Gusmão.

Desencadeada nas primeiras horas de hoje, a investigação apreendeu documentos relacionados às obras de contenção de encostas e beneficiamento de altos, ocorridas em Ilhéus a partir de 2010. As intervenções foram financiadas pelo Ministério da Integração Nacional, devido ao estado de emergência provocado por fortes chuvas.

Mario Vinicius não revelou nomes, cumprindo determinação das normas de conduta da Polícia Federal. A forma de atuação da PF nesses casos, mantém sob sigilo o nome dos investigados, possibilitando que não tenham a honra maculada (investigado não é culpado).

Armas e cédulas apreendidas.
Armas e cédulas apreendidas.

Segundo o delegado, as melhorias nos altos ocorreram mediante dispensa de licitação devido ao caráter emergencial. As empresas contratadas terceirizaram os serviços, procedimento considerado ilegal.

Um dos empresários subcontratados fez a denúncia quando percebeu que os valores repassados pelo município estavam acima dos contratuais. Ele deveria receber 68 mil reais, mas o repasse foi de 442 mil.

Um membro do governo Newton Lima teria determinado que o empresário fizesse o saque diretamente na “boca do caixa” bancário, e passasse a diferença para uma pessoa cujo nome não foi revelado pelo delegado.

Ex-secretários de finanças, administração e obras da gestão anterior, titulares em 2010, sofrem investigação.

A PF realizou busca e apreensão nas residências de dois ex-secretários, funcionários da prefeitura e sede de empreiteiras. Foram apreendidas duas armas ilegais, vinte e um mil reais, mil dólares e 20 euros.

Duas pessoas foram conduzidas à delegacia por não possuírem porte de arma.

Casa do ex-secretário Jorge Bahia, homem forte do governo Newton Lima, recebeu a visita da Polícia Federal.
Casa do ex-secretário Jorge Bahia, homem forte do governo Newton Lima, recebeu a “visita” da Polícia Federal. Foto: Coutinho Neto.

CLÁSSICO DO CACAU NA SEGUNDA DIVISÃO

Colo Colo e Itabuna.
Colo Colo e Itabuna.

Colo Colo e Itabuna vão se enfrentar na segunda divisão do campeonato baiano, que será realizado entre 28 de abril e 28 de julho.

As equipes vão reeditar o clássico do cacau em busca de uma vaga na elite do futebol baiano para 2014.

A formula do campeonato da segunda divisão foi definida ontem (quarta, 27), em reunião entre os clubes e a Federação Bahiana de Futebol.

Dez equipes foram inscritas e divididas em dois grupos. No Grupo 1 ficaram Camaçari, Catuense, Galícia, Ipitanga e Ypiranga. No 2 se enfrentam Astro, Colo-Colo, Flamengo de Guanambi, Itabuna e Jequié.

Na primeira fase, as agremiações disputarão jogos entre si, no sistema de ida e volta. As duas melhores de cada grupo avançam para as semifinais.

As duas que conseguirem chegar à final garantem vaga na primeira divisão e terão o direito de disputar a Copa Governador do Estado.

Nesta edição, não haverá rebaixamento. As duas equipes que tiverem pior campanha disputarão um torneio seletivo com outros times para garantir a permanência na competição.

PRODUTORES VÃO QUEIMAR CACAU EM PROTESTO

Os produtores de cacau do Sul da Bahia se reuniram ontem (27) no Centro de Pesquisa da Ceplac para organizar o manifesto que farão no próximo dia 05, às 9h, no Porto de Ilhéus. O alvo é a importação do fruto.

Segundo o Mercado do Cacau, os produtores decidiram que durante o ato serão queimados sacos de cacau, em sinal de protesto contra as importações de amêndoas, no momento em que o preço interno está baixo e dificultando a permanência da cultura na região.

Para amenizar a situação, o Presidente do Instituto Pensar Cacau (IPC), Águido Muniz, espera que o governo interceda pelos produtores: “Esperamos que o Governo cumpra com sua missão de mediador entre produtores e indústria estabelecendo dispositivos que venham dar equilíbrio a Produção x Demanda de amêndoas”.

BALCÃO DE JUSTIÇA FACILITA ACESSO AO JUDICIÁRIO

O Balcão de Justiça, criado a partir de uma parceria entre a UESC e o Tribunal de Justiça da Bahia, atende gratuitamente cidadãos que têm pendências simples no judiciário.

Casos como pensão alimentícia, divórcio consensual, reconhecimento espontâneo de paternidade e reconhecimento e dissolução de união estável podem ser resolvidos no balcão.

Na área cível, o projeto media a cobrança de dívidas e conflitos com vizinhos.

O balcão de justiça funciona na sala 09 do SAC de Ilhéus. O telefone é 32314402.

ABOBREIRA NÃO PARA

Magal, Alisson, Abobreira e Dr. Jó.
Magal, Alisson, Abobreira e Dr. Jó.

O ativista político José Henrique Abobreira foi à câmara de vereadores de Ilhéus na tarde de ontem (quarta, 27). Missão: convidar os vereadores para uma palestra com o deputado estadual Zé Neto (PT), nesta quinta (28).

Segundo Abobreira, o deputado vem a Ilhéus para debater com a sociedade os projetos estruturantes do governo do estado para a região, e estará aberto a ouvir reivindicações da comunidade.

O ativista foi recebido pelo presidente da câmara, Dr. Jó (PCdoB), e os vereadores Fábio Magal (PSC) e Alisson Mendonça (PT), que confirmaram presença no evento.

A palestra começa às 18h, na Associação Comercial de Ilhéus.

GENTILEZA DEMAIS

Durante o grande expediente da câmara de Ilhéus, cada vereador tem 10 minutos para usar a tribuna.

Na sessão de ontem (quarta, 27), além do tempo regimental, os parlamentares da oposição foram presenteados com minutos concedidos por colegas aliados ao governo municipal.

Com mais tempo na tribuna, os oposicionistas não pouparam críticas ao prefeito Jabes Ribeiro.

Ninguém sabe se o repasse dos minutos foi um ato de gentileza ou por insatisfação com o governo.

Alguns parlamentares já reclamam que não conseguem sequer uma conversar com Jabes. 

ILHÉUS: EX-SECRETÁRIOS DE NEWTON LIMA VÃO RESPONDER POR PECULATO E FORMAÇÃO DE QUADRILHA

Carro da PF parado em frente à casa de Jorge Bahia. Foto: Coutinho Neto.
Carro da PF parado em frente à casa de Jorge Bahia. Foto: Coutinho Neto.

A Operação Inundare, deflagrada nesta quinta (28) pela Polícia Federal, cumpriu sete mandados de busca e apreensão em Ilhéus, Itabuna e Salvador.

A operação é decorrente da investigação iniciada em julho de 2012 para apurar possíveis irregularidades na aplicação dos recursos federais repassados à prefeitura de Ilhéus pelo Ministério da Integração Nacional, em 2010.

A verba foi repassada à gestão do então prefeito Newton Lima para obras de dragagem, contenção de encostas, recuperação de drenagens e de pavimentação asfáltica nos morros da cidade.

As investigações identificaram um grupo de funcionários integrantes da gestão 2008/2012 da Prefeitura de Ilhéus, que teriam se beneficiado com o desvio de parte dos dez milhões de reais repassados através de convênio.

As buscas foram realizadas na prefeitura de Ilhéus, nas residências dos ex-secretários de Obras e Administração do município, e nos escritórios das construtoras contratadas para execução das obras.

Durante as investigações, identificou-se que cerca de quatrocentos mil reais circularam nas contas bancárias da construtora subcontratada. O monitoramento flagrou parte desse valor sendo sacado em espécie.

O ex-secretário de planejamento da gestão Newton Lima, Jorge Bahia, e outros investigados foram levados para a Delegacia de PF em Ilhéus onde prestaram depoimento.

Ex-integrantes do governo municipal, ainda não identificados, responderão por peculato e formação de quadrilha, entre outros crimes.

Além da análise dos documentos apreendidos, serão realizadas perícias nas obras contratadas.

Mais detalhes da operação serão dados durante entrevista coletiva às 11h desta quinta (28), na Delegacia da PF em Ilhéus.

PF FAZ BUSCA NA CASA DE JORGE BAHIA

Bahia.
Bahia.

Segundo o radialista Gil Gomes, agentes da Polícia Federal estão, neste momento, na casa do ex-secretário municipal Jorge Bahia, no centro de Ilhéus.

De acordo com Gil, a PF procura documentos referentes à gestão do ex-prefeito Newton Lima. Bahia era homem forte da antiga administração.

Mais informações a qualquer momento.

A DIFÍCIL SITUAÇÃO DO HOSPITAL REGIONAL

Sala de Raio X. Foto: Coutinho Neto.
Sala de Raio X. Foto: Coutinho Neto.

Na manhã de ontem (quarta, 27), o repórter Coutinho Neto, da Santa Cruz AM, teve acesso a alguns setores do Hospital Regional de Ilhéus.

Além da falta de funcionários e material hospitalar, a unidade passar por problemas em sua estrutura física e está com o setor de tomografia paralisado há quatro meses.

Na sala de “Raio X”, infiltrações e buracos na parede colocam em risco a estrutura do prédio. A mesma situação é encontrada pelos corredores e em vários setores.

Segundo o repórter, os técnicos que cuidam do setor de tomografia estão em greve desde outubro do ano passado. Os profissionais reivindicam os salários atrasados e melhores condições de trabalho.

Quando procurada pela reportagem, a direção do hospital alegou estar em reunião e não falou sobre os problemas.