FILME COM CENAS GRAVADAS EM ITAJUÍPE GANHA PRÊMIO EM PORTUGAL

“A Coleção Invisível”, longa dirigido pelo cineasta francês radicado na Bahia, Bernard Attal,  ganhou o prêmio de Melhor Longa Metragem no 4 º Fest-In (Festival de Cinema Itinerante de Língua Portuguesa), que ocorreu de 3 a 10 de abril, em Lisboa, Portugal.

O filme teve cenas gravadas em Itajuípe, que foi escolhida entre 40 cidades sul-baianas. Mais de  400 moradores foram cadastrados para atuar como figurantes e, segundo o prefeito Marcos Dantas, em pouco mais de trinta dias de filmagens a economia local lucrou cerca de um milhão de reais.

O longa contou ainda com participação do ator itajuipense Wesley Macêdo, de 14 anos. Wesley arrancou elogios de atores veteranos, como Paulo César Peréio.

A produção traz no elenco Vladimir Brichta, Walmor Chagas, Ludmila Rosa, Frank Menezes e Paulo César Pereio, entre outros atores. Conta a história de Beto (Brichta), um DJ cuja família é dona de um antiquário que está em crise. Para tentar resolver o problema da loja, ele viaja para o interior da Bahia, quando conhece Samir (Walmor Chagas) e sua vida muda.

Confira o trailer:



One response to “FILME COM CENAS GRAVADAS EM ITAJUÍPE GANHA PRÊMIO EM PORTUGAL

  1. Olá Gusmão, três meses se passaram desde a demissão dos concursados, o prefeito já fez até seleção, ou seja, está contratando novos funcionários, enquanto os concursados que não são da área da educação infelizmente serão esquecidos. Minha convocação foi em junho, fui a primeira colocada, fiquei seis meses trabalhando para depois ser exonerada. Mais de 30 pessoas que ficaram abaixo da minha colocação estão trabalhando, e eu não. E quando será que essa administração irá chamar os outros concursados?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *