A CARREATA DO TELEXFREE

Um pequeno grupo de divulgadores da empresa Telexfree percorreu o centro de Ilhéus ontem (quarta, 3). Os ‘manifestantes’ utilizavam camisas com os dizeres: “Sou 100% telexfree”. A empresa é acusada de desviar dinheiro e teve contas bloqueadas. (Foto: Ilhéus24h)


4 responses to “A CARREATA DO TELEXFREE

  1. Eu não sou divulgador da empresa, no entanto, espero que a situação seja resolvida o quanto antes. Espero, no mínimo, que nenhum divulgador seja prejudicado. Agora… particularmente, eu desconfiei quando me apresentaram os planos. Achei estranho investir R$ 2.800,00 e ter um retorno de R$ 9.600,00 em um ano – 342,86% do capital investido. Sem falar que para tanto, deveria postar anúncios diários – cerca de 5 minutos no máximo, por dia – equivalente a 30,42h de trabalho por ano. Em outras palavras, bastaria investir R$ 2.800,00 no ano, trabalhar o equivalente 5 minutos por dia e receber R$ 9.600,00 ao ano (R$ 800,00 mês). Tentador, não? Na verdade, se eu tivesse os R$ 2.800,00 teria investido. Mas, até nisso o pobre não tem sorte? Onde um trabalhador, assalariado, ba-a-a-i-xa renda vai conseguir essa importância? Logo… não foi a desconfiança e sim, a falta de dinheiro para aplicar.
    Contudo, mais estranho do que a legalidade ou não da empresa é o fato de o Brasil permitir a atuação da mesma, sem antes averiguar tudo. Por isso, penso que os investidores devem ter, no mínimo, a garantia do reembolso do valor aplicado – com correções.

  2. A justiça divina tarda mas, chega.Falta emprego bem se sabe. No entanto ganhar dinheiro sem trabalho às custas do sacrificio do outro é corroborar com a imperfeição q prevalece no mundo.Existe uma lei determinada: ação e reação ou causa e efeito.Tudo é aprendizagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *