PACTO POR ILHÉUS: GOVERNO ADMITE ERROS NO CÁLCULO DA FOLHA

Governo voltou atrás.
Governo voltou atrás. Imagem: Blog Correia Neles.

Hoje, durante reunião no Palácio Paranaguá com membros da sociedade civil, o governo do prefeito Jabes Ribeiro admitiu ter errado ao inserir despesas com assistência social, salário-família, licença-maternidade e ticket-alimentação nos custos com a folha de pagamento.

No dia 14 de junho, os homens do Palácio afirmaram que a soma desses custos ajudaram a ultrapassar o limite de 54% imposto pela Lei de Responsabilidade fiscal.  A presidente da APPI, Professora Enilda Mendonça, contestou os dados (veja aqui).

A dúvida persiste apenas em relação às despesas com os inativos. O governo, por meio de um parecer de sua procuradoria, afirma que deve incluir esse gasto na folha, de acordo com a LRF. O sindicato dos professores pensa de outra forma e promete apresentar um estudo contrário.

Opinião do blog.

A admissão de erros sugere grandeza de espírito. O importante é que os diálogos do “Pacto por Ilhéus” prossigam em busca de uma solução.



2 responses to “PACTO POR ILHÉUS: GOVERNO ADMITE ERROS NO CÁLCULO DA FOLHA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *