MINISTÉRIO DA SAÚDE APURA DENÚNCIAS DE BOICOTE AO “MAIS MÉDICOS”

Imagem do programa "Mais médicos para o Brasil".
Logotipo do programa “Mais médicos para o Brasil”.

O “Mais Médicos” é um programa do governo federal que visa incentivar o profissional da saúde a trabalhar no interior do país. A medida responde à concentração dos médicos nas metrópoles, em detrimento das cidades afastadas dos grandes centros urbanos. A proposta do Estado inclui a contratação de médicos estrangeiros, esse aspecto da solução causou controvérsia entre as entidades médicas brasileiras. A suspeita de boicote ao programa surgiu com a atuação de estudantes de medicina nas redes sociais.

O Ministério da Saúde recebeu denúncias de que as redes sociais estão sendo usadas para divulgar propostas com o objetivo de inviabilizar e atrasar a implementação do projeto. A suspeita é de que os médicos estão sendo convidados a aderirem de forma massifica às inscrições do programa estatal. Para, em seguida, desistirem de atuar no projeto. O que causaria grandes danos ao empreendimento público.

A ministra de relações institucionais, Ideli Salvatti, comentou a denúncia. Ela informou que o próprio Ministério da Saúde já solicitou a atuação da Polícia Federal, para investigar se está havendo sabotagem. “Agora, eu quero crer, até pelo reconhecimento que nós temos dos nossos médicos, do seu compromisso com a medicina, com o juramento que eles fazem ao se diplomar, que isto não esteja ocorrendo”, disse Salvatti, em entrevista ao programa Bom Dia, Ministro”, da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *