PREFEITO DE GANDU NA MIRA DA JUSTIÇA ELEITORAL

images (1)A atual gestão em Gandu está comprometida. A Justiça Eleitoral apura diversas irregularidades sobre o prefeito Ivo Peixoto. Segundo denúncias, ele se elegeu após ter utilizado de meios ilícitos, com o objetivo de desequilibrar a disputa durante as eleições em outubro de 2012.

Entre as denúncias estão o suposto abuso de poder econômico e  político, além de autoridade e compra de votos. De acordo com as provas constantes no processo nº 74633.2012.605.0151, estão os flagrantes de compra de votos envolvendo o  vice-prefeito e presidente do PT municipal, o ouvidor geral do município e presidente do PC do B e o Secretário de Agricultura do município.

Outra denúncia que consta nos autos é que servidores públicos da prefeitura trabalharam na campanha em horário de trabalho.

O caso agora está sendo julgado pela Procuradoria Regional Eleitoral em Salvador, que dará o seu parecer, favorável ou não a coligação “credibilidade tem nome”. Ocorrendo a punição, quem deve assumir o cargo será o segundo candidato mais votado.



6 responses to “PREFEITO DE GANDU NA MIRA DA JUSTIÇA ELEITORAL

  1. Eu concordo que todos os políticos que forem fraglados com compra de votos sejam punidos no rigor da lei. Vamos dar um basta em tanta corrupção nesse País.

    O brasileiro acordou.

  2. Ele é muito é ingrato e perseguidor. O poder subiu para cabeça e agora está se fazendo de santo?

    Se for comprovado que fez esses cambalacho para ganhar a eleição, que a justiça seja feita.

  3. A casa dele vai cair, deixa que caia,
    A Justiça vem por cima e estraçalha.

    O homem que falou tanto para ninguém vender o voto e agora pode perder o mandato por compra de voto. aí é brincadeira, um negócio desse uai.

  4. Excelente matéria,

    Se for verdade, deve ser punido mesmo. O homem que não tem precisão de entrar em política, pra que isso? Agora pagando esse vexame.

    E ainda por cima, escandalizando a igreja que frequenta.

  5. Se eu fosse o dirigente da igreja, eu cortava logo a dele, de ficar em frente ao púlpito. Chega de vergonha. Se fazendo de santo e por debaixo do pano, praticando as coisas que desagrada a Deus.

    De por mim, ele perde o mandato para moralizar esse país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *