ILHÉUS É DE TODOS NÓS

abobreira artigoPor Henrique Abobreira (ex-vice prefeito de Ilhéus)

A eleição em Ilhéus terminou em outubro 2012, a cidade não tem segundo turno. É hora de superarmos os embates político-eleitorais e nos debruçarmos sobre as grandes questões que precisam ser enfrentadas para recolocarmos Ilhéus nos trilhos do desenvolvimento. Afinal foi quase uma década perdida por governos ineficientes quando não inescrupulosos, os exemplos tão aí, escancarados.

Ilhéus e Itabuna fecharam o semestre com déficit de geração de empregos, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego. E nós vamos ficar aqui nos digladiando em torno de uma peleja inútil, uma quebra-de-braço partidária?

A gestão municipal do prefeito Jabes Ribeiro abriu as contas da Prefeitura às vistas de toda a sociedade e convocou a todos para sentar à mesa e buscarmos o equacionamento para começarmos a sair da crise. Não é fácil, sabemos, conciliar interesses divergentes e conflitantes, mas a tentativa tem que ser feita. A Prefeitura não pode ficar sitiada ad eternum, afinal os documentos solicitados, pelo Reúne Ilhéus, o prefeito já entregou e divulgou para toda a sociedade os balancetes das empresas de transporte coletivo.

Na segunda reunião do PACTO POR ILHÉUS, com a presença de autoridades, Pastores Evangélicos, Bispo Diocesano, o Ministério Público, entidades do comércio, sindicatos de trabalhadores municipais, foi firmado o acordo de constituição de duas comissões, a primeira para calcular o montante efetivo da folha, podendo ser contratado um órgão técnico de credibilidade (FGV,UESC,UFBA) e, a partir daí, se chegar a um entendimento sobre o reajuste do funcionalismo em 2013.

A segunda comissão abrirá um diálogo permanente com o movimento Reúne Ilhéus, visando o encaminhamento de soluções para os pleitos daquele importante movimento juvenil. TAÍ A SAÍDA, um profundo entendimento entre as partes, para juntos conseguirmos retomar a plenitude dos serviços públicos municipais, com a reorganização das finanças públicas, afinal o prefeito foi eleito para governar para toda a sociedade, com as suas múltiplas demandas e carências.



7 responses to “ILHÉUS É DE TODOS NÓS

  1. Com todo o respeito que merecidamente devoto ao democrático e kantiano cidadão Abobreira.
    Medicações paliativas com água de cheiro e chás de camomila, bem como terapias holísticas seguidas de banhos de assento e clisteres não se enquadram efetivas quando o caso é de morte. A sua prescrição é exageradamente política e contemporizadora para com uma situação clínica onde o óbito da nossa “paciente” é iminente. Há no governo de Ilhéus inúmeros membros gangrenados, literalmente apodrecidos, infectantes e intratáveis que, por irrecuperáveis, requerem urgentes amputações. Ilhéus agoniza; lembra-nos uma centopeia paralítica e exaurida à debilidade enquanto se debate para carregas às costas as dezenas de crias jaboquistas bastardas, resultado de um casamento adversamente pernicioso que jamais deveria ter sido celebrado.
    Preserve-se meu caro Abobreira; você é um respeitado e exemplar cidadão ilheense; não se exponha ao desgaste por algo factual e irremediável. A sua magnanimidade cidadã certamente está sendo mal compreendida por alguns poucos que não o conhecem. Jabes é Jabes! Reconhecidamente um acólito imutável e fiel ao empirismo e teoria do umbigocentrismo político filosófico. Ele ainda não se deu conta que amanheceu um novo dia em 2013!

  2. Como abobreira defende Jabes!, chega a ser ridículo. Abobreira fala na sua matéria, que Ilhéus teve quase uma década perdida por governos ineficientes quando não inescrupulosos. Ora, não seriam quase 30 anos de governantes incompetentes? o período governado por Jabes deve sim ser computado. Ilhéus afundou de vez,e Jabes contribuiu e ainda está contribuindo para esse caos que se encontra nossa querida Ilhéus. Não faço parte de grupo politico algum, sou um cidadão ilheense revoltado com tudo que venho presenciando na politica local, chega de blá blá blá seu Abobreira, o povo de Ilhéus está cansado de políticos como Jabes, Valderico, Newton Lima e tantos outros.Por favor, não perca seu tempo redigindo matérias sem fundamentos, a população acordou e sabe muito bem quem é Jabes.

  3. Concordo com o articulista. É preciso pensar grande e deixar de lado os interesses menores e as mágoas eleitorais. O que realmente interessa agora é o futuro do nosso município.

  4. Completamente errado, o município não tem apenas uma década perdida, tem exatos 31 anos ( 3 décadas) de atraso por conta das gestões ineficientes e inescrupulosas do excelentíssimo senhor prefeito e seus colegas e amigos que enriqueceram durante décadas, compraram fazendas, postos de combustíveis, empresas de diversos seguimentos as custas dos cofres públicos, o que causou todos os problemas financeiros da cidade que agora estouraram nas mãos de ninguém menos do que do principal responsável por tais rombos. Portanto, deixemos de ser hipócritas, pseudos sensacionalistas e assumamos os a culpa por todos os problemas enfrentados. O povo não é mais idiota como nas últimas décadas, basta ver que foram eleitos com menos de um terço dos votos o que me deixa mais indignado, é ter uma maioria sofrendo por conta da burrice da minoria.

    TUDO POR AMOR A ILHÉUS!

  5. Simples Assim!
    Como dito pelo Sr. “administrar para todos” e não para algumas caras interessadas que resurgem das cinzas…É notório os desacertos do atual Prefeito, supor ou chamar isso de ato político partidário é demais, quando quem protesta é o próprio Povo ao qual é referido em seu discurso. Desculpe-me se o Povo esta protestando, se seu carro não pisa nas ruas esburacadas da cidade e, com certeza, o Sr. nunca pagará uma multa,enquanto Jabes estiver por aí.Não sou demagogo em achar que se fosse outro(a)não haveria previlégios mas, o fato é que, de um governo para todos sim, todos os que alimentam suas vontades pois, quem ama Ilhéus mora nela e jamais te abandonará, mesmo que forçados à estarem desempregados porque a PMI apresenta os engoldos de seus gestores em forma de contas…acabará Jabes como o EX-PREFEITO “não administro sozinho,não sei o que Eles faziam”…a diferença é que a situação requer o contrário “EU É QUEM MANDO” de Jabes que, seria bom, se fosse realmente em pról do Povo.
    AMOR A ILHÉUS, de Salvador é fácil.
    Obs. Se até o Prefeito mora na Capital, o que farão aqui os Turistas? Daqui a um pouco até o Jorge Amado some…como o cacau, o turismo,o prefeito, seu povo resurgido…enfim, desculpe-me pelo transtorno e espero publicação.

  6. SAI JABES E QUEM ENTRA??
    ME POUPE CARO ILHEENSES… ILHÉUS TEM POLÍTICOS PIFES, HOJE ESTA APARECENDO MUITA GENTE BOAZINHA, VAMOS CONTINUAR REUNIDOS REÚNE ILHÉUS, TIRA JABES E COLOCA O COMANDANTE DA CSM PARA CONTROLAR A CIDADE, POIS HOJE NAO TEM 1 POLÍTICO COMPETENTE NESSA CIDADE!!

  7. Pobre Abobreira. Ainda não caiu na real. Como ele existem muitos outros. Os tempos são outros e não dá mais para esconder o fracasso do atual modelo político brasileiro. O resto é conversa mole. Precisamos de uma reestruturação geral em todos os níveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *