DE LIMÃO A LIMONADA

jose eli da veiga (1)Por José Eli da Veiga

É um dos pétreos direitos humanos ter acesso ao que se convencionou chamar de “saneamento básico”. Por isso, nada pode ser mais escandaloso e revoltante do que constatar que, em setembro de 2013, tal direito continua a ser negado à metade da população brasileira.

As principais vítimas são evidentemente as pessoas que morrem em razão da falta de redes coletoras de esgoto, em sua grande maioria meninos de 1 a 6 anos. Claro, também os natimortos e suas mães, pois contato com esgoto aberto aumenta drasticamente o risco de que a gravidez não culmine em bebê vivo. E ainda existe um imensurável número de outras vítimas invisíveis, pois mesmo os que conseguem sobreviver a infecções parasitárias na infância podem ter a inteligência seriamente impactada.

Como o cérebro é o órgão do corpo humano que mais consome energia – 87% no recém-nascido, 44% aos 5 anos, 34% aos 10 –, as infecções parasitárias desviam energia para ativar o sistema imunológico. Repetidas diarreias infantis roubam do cérebro as calorias necessárias a seu desenvolvimento, podendo comprometer a inteligência por toda a vida, adverte o doutor Drauzio Varella.

Será que teria sido necessário saber mais do que isso para que o saneamento tivesse total prioridade em qualquer dos últimos governos? Infelizmente parece que não, pois é catastrófico o passo de tartaruga com que vem ocorrendo a expansão das redes coletoras de esgoto. Inclusive nos tão festejados dez anos petistas, durante os quais supostamente tudo estaria sendo feito para melhorar as condições de vida do subproletariado. Em vez disso, com o ritmo atual arrisca-se entrar no século XXII sem que seja universalizado no Brasil o acesso a tão básico direito humano.

É imprescindível, portanto, que esse tema esteja no centro dos debates eleitorais de 2014. Para que no próximo mandato, tanto a Presidência da República quanto a maioria dos parlamentares fiquem inteiramente comprometidas, ou se sintam constrangidas, a maximizar a expansão das redes coletoras com suas respectivas estações de tratamento.

(mais…)

VÍDEO – PROFESSORA DA USP FAZ DECLARAÇÃO XENÓFOBA CONTRA A BOLÍVIA

Na última quinta (29), em debate na TV Cultura sobre o problema diplomático entre Brasil e Bolívia que culminou na saída do ministro das relações exteriores (Antônio Patriota), a professora de direito Internacional da Universidade de São Paulo, Maristela Basso, sustentou um posicionamento xenofóbico e ignorante sobre o país vizinho. O comentário infeliz de Maristela segue no vídeo abaixo.

INTEGRANTE DO REÚNE ILHÉUS RESPONDE AO PRESIDENTE DA CDL

shi marioPor Shi Mario Schneider

Sobre a entrevista dada pelo presidente da CDL ao programa de Vila Nova, dizendo que o Reúne Ilhéus está atrapalhando o comércio, só tenho a dizer uma coisa, a conta é fácil, entenda!

Qualquer um com mínimo de conhecimento financeiro sabe: Se o povo gasta menos com o transporte coletivo, pagando uma passagem mais barata, aumenta seu poder de compra, ou seja, sobra mais dinheiro para consumir no comércio e assim, o comércio de Ilhéus também se beneficia!

Além do que, desde quando o movimento do comércio da cidade piorou com a ocupação do Reúne Ilhéus que nem atrapalha o trânsito, já que está numa rua – agora comprovadamente – morta e que só servia para o próprio Prefeito estacionar?

O Comércio de Ilhéus é prejudicado, quando a prioridade dos melhores pontos é dos grandes empresários, quando o pequeno comerciante é escanteado aos bairros, subúrbios e distritos. Quando não se mantem uma limpeza pública de qualidade. Quando temos uma má iluminação, o que favorece a ladinagem. Quando não se tem estímulos à descentralização do comércio e criação de novos polos comerciais… Enfim, todas estas questões são de responsabilidade do poder público, não do Reúne Ilhéus.

Vai aqui uma sugestão, que se extinga essa rua entre a praça J.J. Seabra e a Prefeitura e se crie um grande calçadão, se possível com o nome Calçadão Reúne Ilhéus.

Melhora o fluxo de pessoas, cria-se outro ambiente de convívio na cidade, favorece aos taxistas com esse fluxo e pode-se criar até um espaço cultural no local, para favorecer ainda mais os artistas dessa terra que sofrem com a falta de espaço ou um espaço para os skatistas, que já usam o lugar de toda forma todas as noites.

UMA RIQUEZA A SER PROTEGIDA

Suzana PaduaPor Suzana Padua

Em meio à escassez de água em quase todo o planeta, o Brasil tem o privilégio de contar com uma das maiores reservas de água doce do mundo, o aquífero Guarani. Em vez de tratar esse recurso como riqueza a ser protegida, o governo pretende começar uma empreitada que pode, ao contrário, comprometê-lo.

A exploração do gás de xisto atingirá profundamente o aquífero Guarani, sob o qual jaz, a centenas de metros, a rocha a ser fraturada –o folhelho Irati.

Localizado sob o solo do Brasil, da Argentina, do Uruguai e do Paraguai, o aquífero tem 1,1 milhão de quilômetros quadrados e profundidade de 1.500 metros. Tem a capacidade de abastecer milhões de habitantes anualmente com trilhões de metros cúbicos de água doce.

Como observa o geólogo Luiz Fernando Scheibe, há grande pressão para que o Brasil, assim como os Estados Unidos, explore o gás de xisto. Existem companhias interessadas na extração e outras, na despoluição da água e das áreas afetadas.

O governo brasileiro manifestou intenção de incluir o gás de xisto na matriz energética do país e agendou o primeiro leilão de áreas a serem exploradas para o final de 2013.

Pesquisadores propuseram uma moratória de cinco anos, tempo para realizarem estudos sobre a viabilidade, a sustentabilidade e as consequências ambientais dessa forma de extrair combustíveis fósseis.

Mas, afinal, por que a ameaça do gás de xisto é tão assustadora?

Sua exploração contamina a água. O xisto se encontra aprisionado em pequenas bolhas de formações rochosas altamente impermeáveis. Diferentemente do gás natural já utilizado e do petróleo, que ocorrem em nichos próprios, o xisto está impregnado na formação geológica.

(mais…)

AVIÃO COM JAQUES WAGNER SE ENVOLVE EM ACIDENTE

Wagner não se feriu.
Wagner não se feriu.

Nesta quarta-feira (04), o governador Jaques Wagner estava no avião da Gol que colidiu com um Boeing 777 da Emirates.

O acidente não foi grave. Durante taxiamento no Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador (RJ), a asa da aeronave da companhia aérea Emirates se chocou com o leme de direção do avião da Gol.

De acordo com a Secretaria de Comunicação do estado, Jaques Wagner não se feriu. Segundo uma nota da Gol, o avião vinha do aeroporto de Congonhas (SP) e estava com 47 passageiros a bordo.

Informação do www.politicalivre.com.br.

ITAGIBÁ: PROGRAMA VAI ENTREGAR 40 CASAS NO FINAL DO ANO

Prefeito vistoria obras. Foto: André Oliveira.
Prefeito vistoria obras. Foto: André Oliveira.

Em Itagibá, as obras do Programa Minha Casa, Minha Vida avançam em ritmo satisfatório. Até o final de 2013, 40 residências serão entregues às famílias inscritas no projeto.

Segundo o governo municipal, as habitações são confortáveis e proporcionarão boa qualidade de vida aos moradores. Além dos cômodos internos, as casas terão espaços para quintal e garagem.

A Prefeitura de Itagibá destaca também a geração de empregos envolvida no empreendimento, pois os trabalhadores locais têm prioridade.

O Prefeito Marcos Barreto ainda frisou: “estamos mantendo o cadastramento realizado pela administração anterior, não fazemos distinção política,  governamos para todos.”

JEGUE DESAFIA COSME ARAUJO

jegueSegundo informações do radialista Luk Rei (Conquista FM) o ex-candidato a vereador conhecido como “Jegue” desafiou o vereador Cosme Araújo para uma luta corporal.

O desafio aconteceu na sessão de hoje da Câmara de Vereadores de Ilhéus.

Jegue é morador da Rua da Horta e aliado do prefeito Jabes Ribeiro (adversário figadal do vereador).

O cenário político de Ilhéus segue a quatro patas.

PROTESTO VAI COBRAR CONCLUSÃO DAS OBRAS DO VILLA VERDE

Consumidores já se manifestaram contra o atraso de 2 anos.
Consumidores já se manifestaram contra o atraso de 2 anos.

Em Itabuna, na Avenida do Cinquentenário, segunda-feira (9), às 1o horas, diante da Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal, uma nova manifestação cobrará a conclusão das obras do Residencial Villa Verde.

O prazo para a entrega da obra esgotou-se em maio de 2011, mas houve atraso da construtora Runa/Vooxy, que prometeu concluir os trabalhos em setembro daquele ano. O segundo prazo não foi cumprido. Em julho de 2012, a construtora abandonou as obras, que permanecem paradas e sem previsão de reinício.

Após mobilização organizada, os consumidores conquistaram um direito. A Caixa anunciou que, a partir deste mês (setembro – 2013), o pagamento dos juros do financiamento imobiliário será suspenso. Pois, mesmo com as obras paralisadas, os mutuários estavam pagando juros altos referentes ao Índice Nacional de Custo da Construção (INCC).

O pleito dos compradores  se concentra agora na retomada e conclusão das obras. Até o momento, a Caixa não tomou uma decisão sobre o assunto. Cleber Hora e Cláudia Souza, membros da Comissão de Mutuários, ressaltam que o ato público será a forma do grupo cobrar  a contratação de uma nova construtora.

JABES ARTICULA GOLPE JUDICIAL CONTRA O REÚNE ILHÉUS

Acampamento Wagner Bastos. Foto: Thiago Dias.
Acampamento Wagner Bastos. Foto: Thiago Dias.

A Prefeitura de Ilhéus acionou a Justiça contra o Acampamento Wagner Bastos – a ocupação do espaço público promovida pelo Reúne Ilhéus.

Nesta tarde (quarta-feira, 04), os ativistas foram notificados pelo oficial de Justiça. O governo municipal pediu reintegração de posse à juíza Carine da Silva. 

O Reúne Ilhéus tem agora prazo de 15 dias para contestar a ação por vias oficiais. Caso contrário, o Acampamento W. Bastos padecerá diante dos Poderes Executivo e Judiciário. 

A informação é do Jornal Bahia Online.

 

SERVIDORES IMPEDEM CORTES NA FOLHA DE PAGAMENTO

Trabalhadores entram no Palácio Paranaguá.
Trabalhadores entram no Palácio Paranaguá.

O governo municipal pretendia fazer uma folha de pagamento excluindo os trabalhadores que estão em greve. Apenas os cargos comissionados e contratados não sofreriam com a ideia qualificada como “leviana e arbitrária”, segundo os servidores, pois “a greve não foi considerada ilegal”, completam. 

Na manhã desta quarta-feira (04), em visita ao setor de contabilidade da Prefeitura de Ilhéus, os trabalhadores evitaram a produção da folha de pagamento excludente. Eles também solicitaram que as portas do Palácio Paranaguá fiquem abertas. 

Na quinta-feira, os trabalhadores voltarão às portas do Paranaguá, para realizar nova assembleia, às 8 horas da manhã. 

BR 251 SOFRE COM DESCASO

Atoleiro na BR 251.
Atoleiro na BR 251.

Os protestos contra o descaso do Poder Público em relação à BR 251 são recorrentes. O trecho que liga a zona sul de Ilhéus à Buerarema é sempre tomado pela lama, o problema se agrava com as chuvas.

O acúmulo de lama inviabiliza o tráfego em vários trechos da BR 251. Os prejuízos recaem sobre a economia da agricultura familiar, que não consegue escoar sua produção. Milhares de estudantes são afetados, sem acesso às escolas. Os riscos de acidentes de trânsito também aumentam.

Em 16/06/2011, o Ministério Público Federal (MPF) acolheu ação proposta pelo então procurador da República Eduardo El Hage, determinando que o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) providenciasse, em até 30 dias, o início das  obras de recuperação superficial da rodovia 251/BA. Na época, o MPF reconheceu que a má conservação da pista é fruto da omissão do poder público.

TRABALHO: SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE VAGAS NESSA QUINTA-FEIRA

Confira abaixo as vagas disponíveis quinta-feira (05), na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro. 

Não se esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9h.

Observação: existem vagas para trabalhar em Una.

Caldeireiro Montador

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 1 vaga

Soldador

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 1 vaga

(mais…)

NOTA PÚBLICA DE APOIO AOS TUPINAMBÁ

Nós, docentes e membros do COLEGIADO da Licenciatura Intercultural Indígena – LINTER – e a Direção Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia – IFBA, campus Porto Seguro, tornamos público o nosso apoio aos Tupinambá do Sul da Bahia, em decorrência das ações violentas que vêm ocorrendo contra eles nos municípios de Buerarema e Ilhéus (Olivença).

Os conflitos ocorridos entre índios Tupinambá e fazendeiros têm se agravado em decorrência dos impasses e morosidade do Estado na definição quanto ao reconhecimento do território indígena. Tais indefinições têm desencadeado ações arbitrárias e opressoras que evoluem a cada dia para níveis intoleráveis de violência, medo e insegurança. Os fazendeiros estão utilizando ações violentas. Segundo os noticiários da imprensa local, casas indígenas são incendiadas por bandos armados e encapuzados, um ônibus escolar, que atende as crianças da Comunidade de Serra do Padeiro, foi alvejado, provocando a suspensão das aulas na escola indígena em todo o sul da Bahia, um carro da SESAI foi incendiado, além da queima de produtos comercializados pelos indígenas como meio de subsistência.

Essas arbitrariedades sofridas pelos Tupinambá da região representam uma violação aos direitos básicos referentes à dignidade humana e respeito à diversidade étnica assegurados pela Constituição Brasileira, além de ser um retrocesso na credibilidade das Instituições Democráticas.

Diante do exposto, solicitamos ampla divulgação deste documento por parte da imprensa e ações imediatas do poder público contra os atos de violência e arbitrariedades promovidas.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA/CAMPUS DE PORTO SEGURO/IFBA

COLEGIADO DA LICENCIATURA INTERCULTURAL INDÍGENA

COORDENAÇÃO DA LICENCIATURA INTERCULTURAL INDÍGENA     

BALANÇO DO PRIMEIRO ENCONTRO DA REDE SUSTENTABILIDADE

Plenária do Rede reuniu Militantes de toda a Bahia 2Representações de várias cidades da Bahia participaram da primeira plenária do Rede Sustentabilidade, partido que está sendo criado pela pré-candidata à Presidência da República, Marina Silva. A atividade realizada no sábado (31), em Salvador, teve como objetivo informar à militância a situação da legalização do partido pelo Tribunal Superior Eleitoral(TSE).

São necessárias 490 mil assinaturas para a legalização. No país já foram coletadas ao todo 867.543, das quais 330 mil foram validadas. Na Bahia houve um total de 50 mil, sendo que cerca de 16 mil foram validadas.

O sul da Bahia foi representado pela militante negra e enfermeira Solange de Oliveira, o professor Guilherme Santos, a educadora Maria Luzane e o empresário Delson Mesquita.

No dia 28 de setembro, será realizada a segunda plenária.

“CUÍCA DE SANTO AMARO” CHEGA A ITABUNA E ILHÉUS

cuicaO documentário Cuíca de Santo Amaro, chega a Itabuna nessa quinta-feira (05). A exibição será no Centro de Cultura Adonias Filho. E na sexta-feira (06), no Cine Santa Clara, em Ilhéus, onde ficará em cartaz até o próximo dia 12.

Jorge Amado considerava Cuíca de Santo Amaro o maior trovador popular da Bahia e o incluiu em várias de suas obras.

O documentário, que já foi exibido em festivais de cinema no Brasil e no exterior, foi sucesso nas críticas. Na Bahia, já passou por Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Camaçari, Cachoeira e Cruz das Almas.