VALDERICO É CONDENADO À PRISÃO

Valderico saiu da vida pública, mas a justiça não o esqueceu.
Valderico Reis.

Valderico Reis foi condenado a dois anos de prisão. Mas deve cumprir pena alternativa e evitar o cárcere. O ex-prefeito de Ilhéus é acusado de transgredir as regulamentações devidas para nomear ou admitir funcionários.  

O juiz Antônio Carlos Maldonado também julgou procedente a acusação de que, durante seu mandato, Valderico fez aplicações não autorizadas do dinheiro público. “Os crimes foram praticados em concurso formal, já que, ao admitir empregados públicos contra disposição da lei, o então gestor também autorizou o pagamento de despesas vedadas pela legislação”, informou o magistrado. 

Segundo a promotora do Ministério Público, Karina Gomes Cherubini, a pena imposta ao ex-prefeito foi “benevolente”. A decisão judicial ainda pode ser recorrida. 

Valderico Reis assumiu a Prefeitura de Ilhéus em 2005. Mas, em agosto de 2007, teve seu mandato cassado pela Câmara de Vereadores de Ilhéus (para assistir o vídeo do episódio histórico, clique aqui). 

Com informações do site Ilhéus 24horas

VANE PRETENDE ENXUGAR A FOLHA DE PAGAMENTO DA PREFEITURA, DIZ SITE

Prefeito Claudevane.
Prefeito Claudevane.

De acordo com o site Políticos do Sul da Bahia, o prefeito Claudevane Leite convocou os funcionários que ocupam cargos comissionados para uma reunião. Em pauta, a necessidade de enxugar a folha de pagamento da Prefeitura de Itabuna. O encontro estava marcado para esta sexta (13), às 15 horas, na sede da União dos Servidores Municipais de Itabuna – Usemi. 

O mesmo veículo informou que, no sábado (14),  Claudevane se reunirá com os seus secretários municipais, na Ceplac. O prefeito teme ter que demitir vários funcionários e pretende discutir essa possibilidade amanhã. 

 Com informações do Políticos do Sul da Bahia.

AULA INAUGURAL DA PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DA FACULDADE DE ILHÉUS FOI CONCORRIDA

aula inaugural

A aula inaugural da pós-graduação em Direito da Faculdade de Ilhéus ocorreu na noite desta sexta-feira (13 de setembro) e foi ministrada pelo Doutor em Direito Helvécio Argolo, que também é juiz de Direito e professor da Universidade Estadual de Santa Cruz.

Coordenada pelo professor Luiz Carlos Souza Vasconcelos (Lula, como é chamado pelos alunos), o curso tem como como objeto “Temas Atuais de Direito Público e Privado” e terá a duração de 16 meses.

Os alunos serão certificados pela CESUPI – Centro de Ensino Superior de Ilhéus LTDA de acordo com as exigências descritas no projeto pedagógico do curso e nas normas de Resolução do Conselho Nacional de Educação, que dispõe sobre o funcionamento de cursos de pós-graduação Lato Senso, em nível de especialização.

O investimento mensal é de R$ 300,00 (trezentos reais). Para se inscrever, é necessário acessar o site da Faculdade de Ilhéus (www.faculdadedeilheus.com.br).

A REFORMA DA AVENIDA ITABUNA CONTINUA

Avenida ItabunaA Avenida Itabuna é uma das principais vias de Ilhéus, mas seu asfalto está desgastado e cheio de buracos.

Agentes da Coelba estão trabalhando na Avenida Itabuna. Na pista em obra, as presenças de máquinas e homens produzem um efeito colateral: o congestionamento. Mas esse é o tipo de transtorno necessário que o cidadão deve tolerar, com a consciência de que o trabalho está sendo feito para ele. 

Além das reformas implementadas pela Coelba na Av. Itabuna, a Prefeitura de Ilhéus reformou ruas no Pontal e agora trabalha na Avenida Princesa Isabel. Entretanto, na zona sul da cidade, muitas vias estão esburacadas e, em alguns casos, imersas sob a água acumulada com as chuvas dos últimos dias. 

O ÔNIBUS SEM COBRADOR

O motorista acumula a função de cobrador.
O motorista acumula a função de cobrador.

Por Thiago Dias

Algumas ideias surgem movidas pela noção de progresso. O pensamento positivista que sustenta muitas ideias desse tipo está estampado em nossa bandeira: ordem e progresso. Contudo, corre, entre os ditos populares, uma paráfrase dessa máxima ideológica: “ordem para o povo, progresso para a burguesia”.

Nesta sexta-feira (13), precisei usar o transporte coletivo de Ilhéus. Depois daquela espera tradicional (sob a chuva que ignora o teto em ruína do ponto), entro no ônibus e não encontro o cobrador. Com o veículo em movimento, pago a passagem ao motorista. Enquanto dirige, ele conta o dinheiro e me entrega o troco.

Desço do ônibus, mas a imagem do motorista segue comigo. Posso vê-lo agora, como um prestidigitador, a mão esquerda no volante, a mão direita com o dinheiro e o seu olhar dividido entre a atenção na pista e as moedas.

O malabarista do trânsito não é aquele cidadão jogando coisas para cima diante do sinal vermelho. O verdadeiro malabarismo, no tráfego, é praticado pelo motorista de ônibus sem cobrador.

Aos olhos do empresariado, extinguir o cobrador é uma daquelas ideias progressistas: “reduz custos”. Mas esse grande progresso do lucro empresarial parece deixar em segundo plano a segurança dos passageiros. Além de aumentar o risco de acidentes, obriga o motorista a assumir uma responsabilidade absurda: dirigir um veículo carregado de vidas humanas enquanto conta o dinheiro que vai engordar as contas do patrão. 

TRIBUNAL RECONHECE VÍNCULO EMPREGATÍCIO ENTRE DIVULGADOR E TELEXFREE

TELEXFREEDo G1

O Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Norte reconheceu vínculo trabalhista entre um divulgador e a empresa Telexfree, nome fantasia da empresa  Ympactus Comercial Ltda. A decisão é do juiz George Falcão e foi publicada na tarde desta quinta-feira (12). A Telexfree foi condenada a pagar R$ 7.628,67 ao divulgador Breno Rocha Barbosa a título de indenização trabalhista.

O advogado da Telexfree, Horst Fuchs, disse ao G1 que ainda não havia sido informado da decisão. Mas ele antecipou que a empresa irá recorrer. “É a primeira vez que temos uma decisão desta no país. Todas as outras em processos similares foram favoráveis à nossa empresa. Ainda não fomos intimados da decisão, mas adianto que iremos recorrer”, disse.

Na decisão o juiz George Falcão determina que a Ympactus proceda “às devidas anotações do contrato de trabalho na CTPS obreira, com os seguintes dados: cargo de promotor de publicidade, salário de R$ 2.568,00, admissão em 05.02.2013 e demissão em 24.06.2013”. O juiz diz ainda que, caso a empresa não assine a carteira de trabalho de Breno Rocha, ele deverá comunicar a Delegacia Regional do Trabalho, em Natal, para “aplicação das sanções cabíveis”.

ILHEENSES CRITICAM O SERVIÇO DE ATENDIMENTO DO 190

190Em Itabuna, o 5º Centro Integrado de Comunicação foi inaugurado para centralizar os serviços de atendimento emergencial da região. A unidade concentra o recebimento das ligações de urgência de mais 32 duas localidades vizinhas, incluindo Ilhéus. 

Entretanto, em Ilhéus, muitos habitantes reclamam que não conseguem registrar ocorrências e solicitar socorro através do 190 (Polícia Militar). Muitas queixas relatam a demora do atendimento. Outras questionam o motivo que leva o serviço de atendimento a excluir telefonemas realizados a partir da operadora Oi. O acesso aos números da Polícia Civil (197) e dos Bombeiros (193) também é difícil. 

Diante das reclamações recorrentes, o vereador Raimundo do Basílio, na última terça-feira (10), requereu uma sessão especial para discutir o problema. O pedido do edil foi aceito pelos seus pares. Para participar do debate, serão convidados representantes do governo estadual, da PM, sociedade civil e imprensa. 

Com informações do www.agustojunior.com.

OS HOMENS DA HISTÓRIA BRASILEIRA

Ontem (12), o Supremo Tribunal Federal conduziu a votação sobre os embargos infringentes do julgamento do caso conhecido como “mensalão”. A contagem dos votos está empatada. Na próxima quarta-feira (18), o ministro Celso de Mello, com seu voto, definirá se os embargos serão ou não aceitos pela corte suprema. 

A fotojornalista Marlene Bergamo conseguiu um registro significativo desse episódio. Veja a fotografia abaixo. 

Na TV, o ministro Celso de Mello. Diante da tela, o ex-ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu. Foto: Marlene Bergamo / Folha.
Na TV, o ministro Celso de Mello. Diante da tela, o ex-ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu. Foto: Marlene Bergamo / Folha.

NOTA DE RETRATAÇÃO

Publicamente serão feitos esclarecimentos sobre a Nota de Repúdio dos Professores de Inema e Pimenteira, publicada no dia 06/09/2013, neste blog, para que não sejam feitas interpretações errôneas sobre os pontos de vistas expostos na mesma. Busca-se, por meio desta Nota, uma retratação à Secretária Municipal de Educação (Dra. Marlúcia Rocha), pelas críticas vinculadas.  O comunicado em momento algum teve como objetivo intenções diferentes destas. Vale salientar o pedido de perdão e desculpa pública.   Se o erro foi pelos excessos, os mesmos foram por amor e zelo à Ilhéus. Se por falta, foi por esquecer o fato de que nem todos estão a par do contexto da realidade vivida. Humildemente, pede-se desculpas a todos.

Toda e qualquer família tende a conviver com problemas de ordens estruturais – e estar à frente de uma secretaria não se constitui uma simples tarefa. Sabe-se das dificuldades, das rotinas e demandas diárias, afinal de contas, administrar nossa própria casa às vezes torna-se uma difícil missão, imaginemo-nos comandar toda uma rede de ensino, com problemas de naturezas diversas – realmente não é fácil. Mas não se pode perder de vista que ao assumir esse tipo de responsabilidade torna-se suscetível receber elogios e críticas.

Prossegue interpretações daquela nota:

A ideia contida no primeiro parágrafo foi sinalizar à falta de solução para a ausência de aulas naquelas localidades por conta do vale transporte, uma vez que, documentos tinham sido encaminhados a vários setores da prefeitura.

(mais…)

MORADORES DO SÃO FRANCISCO VÃO INTERDITAR A RODOVIA ILHÉUS-OLIVENÇA

Cansados de esperar, moradores decidiram agir contra a Prefeitura de Ilhéus.
Cansados de esperar, moradores decidiram agir contra a Prefeitura de Ilhéus.

Na manhã da última quinta-feira (12), moradores das ruas Portugal, Santa Felicidade e Jacarandá (bairro São Francisco) decidiram interditar a qualquer momento o Km zero da Rodovia Ilhéus-Olivença. A decisão foi comunicada ao Vereador Fabio Magal (PSC) durante reunião.

O ato vai significar um sinal de protesto contra a Prefeitura de Ilhéus que há mais de 8 anos condena os moradores a constantes alagamentos em dias de chuvas.

O problema já deveria ter sido resolvido com as obras do Projeto Orla, financiadas pela União via Ministério do Turismo e Caixa Econômica Federal. Entretanto, várias paralisações no serviço prolongam ainda mais o sofrimento da comunidade.

Em janeiro, ao assumir o governo, o prefeito Jabes Ribeiro e o secretário Isaac Albagli anunciaram a conclusão dessa obra no bairro São Francisco (zona sul de Ilhéus). Passados seis meses, a obra foi novamente paralisada. A enorme vala que estava aberta foi aterrada, mas a rua continua sem calçamento. A rede de escoamento pluvial não funciona e os moradores continuam a lamentar as inundações. Quanto já foi gasto e mais quanto será necessário para concluir essa obra?
Em janeiro, ao assumirem o governo, o prefeito Jabes Ribeiro e o secretário Isaac Albagli anunciaram a conclusão dessa obra no bairro São Francisco (zona sul de Ilhéus). Passados nove meses, a obra ainda não foi concluída. A enorme vala que estava aberta foi aterrada, mas a rua continua sem calçamento. A rede de escoamento pluvial não funciona e os moradores continuam a lamentar as inundações. Quanto já foi gasto e mais quanto será necessário para concluir essa obra?

Os alagamentos causam prejuízos aos comerciantes e colocam em risco a saúde dos moradores. Uma senhora, ao andar na água empoçada, furou um dos pés num prego afixado numa estaca de madeira.

Um proprietário de restaurante, para não amargar prejuízos maiores, é obrigado a transportar seus clientes no próprio carro, já que o seu estabelecimento fica rodeado de água em tempos chuvosos.

Caos após as chuvas. Como sair de casa?
Caos após as chuvas. Como sair de casa?

Fabio Magal ofereceu assessoria jurídica para que a comunidade ingresse com uma ação civil contra o município e se dispôs a ajudar nos atos de protesto.

Na próxima terça-feira, 17, o vereador vai apresentar um requerimento para que três moradores possam expor o problema na tribuna da câmara.

Se os trabalhos legislativos ocorrerem normalmente, na sessão posterior (quarta-feira, 18) os representantes da comunidade farão o “uso da palavra”.

VOCÊ PRECISA DE UM TRABALHO? ENTÃO CONFIRA AS VAGAS DO SINEBAHIA ILHÉUS

Confira abaixo as vagas disponíveis na próxima segunda-feira (16), na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Caldeireiro Montador

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 1 vaga

Representante Comercial

  • Formação: Ensino Médio Completo

  • 6 meses de experiência

  • 1 vaga

Cozinheiro Geral

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 2 vagas

(mais…)

ELEIÇÃO DO SINSEPI OCORRE NORMALMENTE

SINSEPI LOGApesar da suspensão determinada pela justiça do trabalho (leia abaixo), a votação para a escolha da nova diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos de Ilhéus ocorre normalmente.

Na manhã de hoje, um oficial de justiça esteve na sede do Sinsepi para notificar três diretores inelegíveis que fazem parte da chapa da situação. O trio não estava no local. Como não houve recebimento, a comissão eleitoral decidiu manter o pleito.

O atual presidente Lu Machado, candidato à reeleição, tenta ganhar tempo para reverter o quadro desfavorável no Tribunal Regional do Trabalho (TRT 05), em Salvador.

ILHÉUS: JUÍZA SUSPENDE ELEIÇÃO DO SINSEPI

16112012132956O agente de trânsito Valério Bomfim, que pleitea a presidência do Sinsepi, moveu ação contra Luiz Cláudio Viana Machado, Edvaldo Xavier dos Santos, Geraldino Nascimento Rocha, Jorge Lourenço Vieira Jácome, Márcio da Silva Santos, Silvan Silva Oliveira e Deraldino Messias Damasceno, integrantes da chapa ligada ao atual presidente, Lu, que tenta a reeleição.

Valério buscou impedir a eleição do Sinsepi de Ilhéus, marcada para hoje (13).

Ele alegou que a inscrição das duas chapas existentes foi intempestiva e que eles não se afastaram da diretoria do SINSEPI, nem prestaram contas da gestão ao Ministério Público do Trabalho, conforme obriga o acórdão.

Para melhor avaliação e análise do mérito, a juíza do trabalho Cristiane Menezes Borges Lima determinou ontem (12), a suspensão do processo eleitoral, mas, como há urgência nas eleições, ela determinou imediata audiência para o primeiro dia útil seguinte à suspensão do processo eleitoral.

A audiência está designada para a próxima segunda-feira (16), às 14h30min. O autor e réus serão intimados com as penalidades legais.

CAVALOS SOLTOS NA AVENIDA ITAJUÍPE

Cavalos circulando entre os carros na Avenida Itajuípe. Imagem: Gabriela Caldas/Blog do Gusmão.
Cavalos circulando entre os carros na Avenida Itajuípe.
Imagem: Gabriela Caldas/Blog do Gusmão.

A quantidade de animais soltos nas ruas de Itabuna, além de atrapalhar o trânsito, põe em risco a vida de muita gente.

Este blog flagrou o fato na Avenida Itajuípe, bairro Santo Antônio, onde dois cavalos caminhavam livremente em meio aos veículos. Um motorista chegou a frear o carro bruscamente para não bater em um dos animais.

Segundo informações de moradores, esse problema é constante nas ruas mais movimentadas do bairro e ninguém sabe a quem recorrer, pois o telefone do Centro de Zoonoses de Itabuna nunca responde.

Esse problema é comum em outros bairros da cidade e na saída para Ilhéus. Enquanto a prefeitura não toma providências, a população espera a conscientização dos proprietários para prender seus animais antes que provoquem graves acidentes.

BANCÁRIOS DECIDEM ENTRAR EM GREVE A PARTIR DO DIA 19 NA BAHIA

Trabalhadores_em_educao_votam_pela_manuteno_da_GreveNessa quinta-feira (12), os bancários que participaram da assembleia da categoria em Salvador, votaram pela greve por tempo indeterminado, com início no dia 19 de setembro.

A categoria requisitou reajuste de 11,93%, mas foram oferecidos 6,1%, por isso, optaram pela greve. Se a decisão for mantida, todo o estado será mobilizado.

Na pauta de reivindicação, o sindicato pede ainda, maior participação nos lucros e resultados, fim das metas e do assédio moral, investimentos em saúde e segurança e melhores de condições de trabalho.