ILHÉUS: EX-VEREADOR ZÉ NEGUINHO DEIXA O PPS

Zé Neguinho.
Zé Neguinho.

Na última terça-feira (1º de outubro), Zé neguinho, o ex-vereador Reinaldo Oliveira dos Santos, deixou o Partido Popular Socialista. Ele já homologou sua saída do PPS no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia – 25ª zona.

Durante seus 14 anos no PPS, Zé Neguinho exerceu três mandatos como vereador de Ilhéus. Antes de entrar na vida pública, ele foi pescador. Por isso, Neguinho se identifica muito com a realidade dos pescadores e marisqueiras da cidade. 

Segundo Reinaldo Oliveira, seu compromisso especial com a comunidade pesqueira nunca lhe impediu de trabalhar pelo bem  de toda população ilheense. Por isso, ele sempre esteve atento às questões que envolvem os sistemas de educação e saúde do município. 

Atualmente, Zé Neguinho preside a Colônia de Pescadores e Aquicultores Z-34 de Ilhéus. 

PORTO SUL: O AJUSTAMENTO DE CONDUTA

Litoral norte de Ilhéus.
Litoral norte de Ilhéus.

O Termo de Ajustamento de Conduta opõe dois lados sobre a construção do Porto Sul.

O Ministério Público Federal e o Ministério Público do Estado da Bahia integram a parte autora da Ação Civil Pública (ACP) nº 000369-50.2012.401-3301, que requisitou a suspensão da Licença Prévia – 447/12. Os Ministérios alegam que os responsáveis pelo Porto Sul (governo da Bahia e BAMIN) descumpriram procedimentos legais previstos para a construção de uma obra desse porte, cujo impacto socioambiental deve ser analisado, divulgado e discutido com rigor. 

Na ACP, consta que o processo de licenciamento ambiental do Porto Sul foi marcado por falhas e não atendeu o conteúdo mínimo exigido no Termo de Referência e Resoluções (CONAMA 01/86 e 237/97). Isso comprometeu o Princípio da Publicidade e Participação Popular. As entidades responsáveis pela obra não realizaram as audiências públicas necessárias para o esclarecimento profundo do projeto, que poderia interferir de modo incisivo nas realidades social e ecológica da região.

Diante do impasse, o TAC foi o instrumento escolhido para que o governo (representado pelo Departamento de Infraestrutura e Transportes da Bahia), o IBAMA e a BAMIN possam submeter o processo de licenciamento do Porto Sul às ordens vigentes.

A princípio, o MPF e o MPF-BA exigiram que novas audiências públicas fossem realizadas em Itacaré, Uruçuca, Ilhéus, Itabuna, Itajuípe, Coaraci e Barro Preto. Como alternativa, foi acertado que as reuniões acontecerão apenas em Ilhéus e Itabuna. No entanto, sob a condição de que o transporte adequado será disponibilizado a todos os habitantes interessados daquelas outras cidades, para facilitar o acesso aos eventos. 

Para ter acesso ao Termo de Ajustamento de Conduta, clique aqui

PREMIADO FILME BAIANO CHEGA AO CINE SANTA CLARA

O ator Vladimir Britcha é protagonista do filme A Coleção Invisível.
O ator Vladimir Britcha é protagonista do filme A Coleção Invisível.

Desde ontem (04) , o filme A Coleção Invisível está em cartaz no Cine Santa Clara, em Ilhéus. A película será exibida até a próxima quinta-feira (10), sempre às 20h30. A obra foi dirigida por Bernard Attal e filmada em Itajuípe, no sul da Bahia. 

O longa foi apresentado em diversos festivais e recebeu o Prêmio de Melhor Filme pelo Juri Popular no Festival de Cinema de Gramado. Walmor Chagas e Clarisse Abujamra receberam os prêmios de ator e atriz coadjuvante. No Fest-In de Lisboa, A Coleção Invisível foi escolhido como o Melhor Filme.

A produção narra a trajetória de Beto (Vladimir Brichta), que se aventura pelo interior da Bahia, em busca de uma coleção de gravuras raras, para resolver a crise financeira da loja de antiguidades da família. Na viagem, ele encontra Samir (Walmor Chagas), o colecionador, e a sua casa arruinada pela decadência da cultura cacaueira. O encontro faz com que Beto mergulhe na história da sua própria família.

A classificação indicativa do filme é de 14 anos. 

FUNCIONÁRIO DESMENTE CARTA DA DELTA

deltaNa sexta-feira (04), um funcionário da Empresa Delta Locação de Serviços e Empreendimentos Ltda. contactou este Blog, para reclamar sobre salários e benefícios atrasados. Segundo ele, a empresa, que presta serviços às escolas estaduais da Bahia, enviou uma carta com informações falsas ao secretário de educação do estado, Wilton Cunha. No documento, a Delta alega que “todos os contratos já estão regularizados”. De acordo com o empregado da empresa, isso “ainda não aconteceu”.

Confira abaixo a mensagem que o funcionário da Delta nos encaminhou e a carta enviada pela empresa ao governo da Bahia.

“Boa noite Emílio,

Ciente da popularidade do seu veículo de comunicação, resolvi encaminhar uma carta que a Empresa Delta Locação de Serviços (contratada do Estado), encaminhou ao senhor Secretário de Educação Wilton Cunha, alegando ter pago nossos salários,vale-alimentação e transporte em atraso (agosto e setembro), algo que ainda nãoo aconteceu e que está se tornando um calvário para nós, pais de família. Sou funcionário de uma escola aqui em Ilhéus e quando nos reportamos à Direc 06,coordenada pela Senhora ANA MARIA DE OLIVEIRA, somos tratados com descaso e, ainda por cima, temos um Sindicato – o SINDLIMP, que nada faz sobre o problema. Já estamos à beira de um Colapso. Nos Ajude!”  (Mensagem do funcionário da Delta).

(mais…)