PREFEITA DE PORTO SEGURO PODE SER CASSADA

Cláudia Oliveira. Foto: Max   Haack.
Cláudia Oliveira. Foto: Max Haack.

Segundo o site Políticos do Sul da Bahia, em Porto Seguro, o Ministério Público  pediu que a prefeita Cláudia Oliveira (PSD) seja considerada inelegível e tenha seu mandato cassado.

De acordo com o parecer assinado pelo promotor Antonio Maurício Soares Magnavita, Cláudia é acusada por fraude na disputa eleitoral. A prefeita teria cometido diversas irregularidades durante a campanha de 2012. Entre elas, a distribuição de camisas com propaganda política, a utilização de veículos com telões (em que foram exibidos shows da banda Chiclete com Banana) e o uso de trio elétrico e  carros de som nos comícios.

A prefeita ainda teria feito a seguinte promessa de campanha ao povo de Porto Seguro: se eleita, sua vitória seria comemorada com um show do Chiclete com Banana. Como suposto pagamento de promessa ou não, a verdade é que a banda agitou uma festa na cidade (logo no começo do mandato de Cláudia Oliveira), afirma o site citado acima.

O parecer do MP informa que as acusações e possíveis sanções contra a prefeita também recaem sobre o vice-prefeito de Porto Seguro, Humberto Nascif – o Beto (PP). 

Com informações do site Políticos do Sul da Bahia.

CÂMARA DE ILHÉUS: FORÇAS OCULTAS AGEM CONTRA IDOSOS

idoso no ônibusEm Ilhéus, o vereador Luiz Carlos Escuta (PP) elaborou um projeto que concede gratuidade no transporte coletivo municipal para idosos a partir de 60 anos. Na câmara, a proposta foi aprovada e encaminhada ao Poder Executivo, mas, o prefeito Jabes Ribeiro (PP) preferiu vetar.

O projeto retornou à casa legislativa e os vereadores devem avaliar o veto do prefeito: derrubá-lo ou acatá-lo.

Resta pouco tempo para que o Poder Legislativo avalie o veto. Se os vereadores não fizerem isso até a próxima quarta-feira (16), a decisão de Jabes vai prevalecer e milhares de idosos ilheenses não terão acesso ao benefício.

Enquanto isso, nos bastidores da Câmara, forças ocultas agem para sufocar a proposta.

Para inviabilizá-la, alguns vereadores alegam que, apesar de ter passado pela comissão de constituição e justiça, a proposta não foi estudada pela comissão de finanças. O estranho é que o motivo alegado pelos parlamentares em nenhum momento foi mencionado no veto do prefeito JR (confira aqui).

Por fim, o vereador Escuta, autor do projeto, não pode defendê-lo na Câmara. Vale lembrar que ele é correligionário de Jabes, no Partido Progressista. Além disso, Escuta ocupa o cargo como suplente. Ele substitui Jamil Ocké, que deixou sua vaga no legislativo e assumiu a Secretaria de Desenvolvimento Social de Ilhéus. Se acirrar contra o prefeito, pode perder a cadeira. 

ITABUNA PODE GANHAR MAIS DE 2 MIL CASAS POPULARES

minha casanNessa terça-feira (15), em Brasília, o prefeito Claudevane Leite (PRB) vai apresentar ao Ministério das Cidades as condições elaboradas pela Prefeitura de Itabuna, para que a cidade ganhe o Condomínio Jorge Amado.

A ideia é garantir a construção de 2.012 moradias no bairro de Ferradas, para famílias com renda de até três salários mínimos, por meio do programa Minha Casa, Minha Vida (do Governo Federal).

O projeto do novo conjunto habitacional prevê a construção de escola, creche, quadra esportiva e um Centro de Referência de Assistência social. Além disso, segundo Claudevane Leite, a Prefeitura de Itabuna precisa garantir que os futuros moradores do Condomínio Jorge Amado tenham acesso à água tratada, rede coletora de esgoto, vias de acesso, pavimentação e transporte coletivo adequado.  

HOMENAGEM AOS FUNDADORES DO PONTAL

Pescadores no Morro de Pernambuco. Foto do Facebook de Rezende.
Pescadores no Morro de Pernambuco. Foto do Facebook de Rezende.

Os amigos José Henrique Abobreira e José Rezende Mendonça estão empenhados numa missão: homenagear os antigos pescadores do Pontal. Abobreira e Rezende se preocupam com o resgate e a conservação da memória popular. 

Segundo eles, é preciso reverenciar a memória das famílias que fundaram o Pontal do São João da Barra. Além dos pescadores, lembram também dos primeiros comerciantes que se instalaram no bairro. Ao redor e para suprir as demandas da economia pesqueira, nasceu o comércio pontalense. 

Rezende e Abobreira sugeriram uma singela homenagem aos fundadores do bairro. Através de pesquisa, eles pretendem relembrar os nomes dos primeiros pescadores que se instalaram no Pontal, vindos do litoral norte de Sauípe. Feito isso, sugerem que esses homens sejam lembrados em algum lugar da Praça São João, o que seria contemplado pelo projeto de reestruturação do espaço.

Além dessa homenagem, Abobreira e Rezende pensaram na construção de uma réplica dos antigos saveiros de vela – usados pelos pescadores daquela época. O monumento seria instalado na Baía do Pontal e aberto para visitantes, como um museu flutuante, com informações sobre a história do bairro. A viabilização do projeto ficaria por conta da Prefeitura de Ilhéus, numa parceria com empresários locais, sugeriram os amigos. 

O DEPUTADO, A CABINE DUPLA ZERADA E A ASSOCIAÇÃO

LucianoPor Luciano Sanjuan Portela

Quando o deputado parou sua cabine dupla Zerada na porta da associação, os humildes agricultores pensaram – “Tudo bem, ele precisa desse carrão, para visitar lugares de difícil acesso como esse”.

E tudo bem mesmo: foram fotos, sorrisos e a “quase” promessa de melhorar o difícil acesso da estrada de chão que liga a esquecida comunidade ao centro da cidade (“o humilde deputado”, diferenciado por princípios, não quis se comprometer, preferia primeiro fazer…) Bonito isso!

Telefones trocados e, na hora de resolver mesmo a questão, de apertar a cela pra montar no cavalo, ou seja, de cobrar do secretário de obras a realização do pequeno trecho, o Deputado já nem atendeu o celular, e os esforços do grupo de pequenos produtores foram por água abaixo.

A estrada continuou ruim e piorando a cada dia.

(mais…)

VÍDEO: POLICIAL ATIRA EM LADRÃO DE MOTO

No último sábado (12), um paulista trafegava com sua motocicleta e registrava o passeio com uma câmera instalada no capacete. Num cruzamento, quando ele diminuiu a velocidade, dois assaltantes lhe abordaram. Eles também usavam uma moto.

Diante da arma de fogo, a vítima não reagiu e entregou sua moto aos bandidos. Mas, antes do ladrão fugir com o veículo roubado, um policial entrou em cena e o acertou com dois tiros, ele ficou caído no chão, seu comparsa conseguiu fugir. Assista no vídeo abaixo. 

FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO NORDESTE MANTÉM GREVE

BNBNessa segunda-feira (14), em Ilhéus, os funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) decidiram manter a greve.  Eles rejeitaram a proposta de acordo coletivo feita pelo banco. 

Ainda hoje, segundo Nivaldo Trindade – representante sindical dos bancários no BNB, outra rodada de negociação será realizada entre o comando grevista e administração do Banco do Nordeste, em Fortaleza – CE. 

A base sindical de Ilhéus informou que a proposta foi rejeitada por ser considerada “insignificante em relação aos anseios dos trabalhadores, principalmente quanto aos aspectos de qualidade de vida, isonomia e jornada de trabalho”. 

Amanhã (terça-feira, 15), os funcionários ilheenses do BNB voltarão a se reunir em assembleia, a partir das 9h, na sede do sindicato.

ILUMINAÇÃO PÚBLICA: VITÓRIA DA CONQUISTA GASTA BEM MENOS QUE ILHÉUS

Ilhéus tem 15 mil postes. Conquista tem 28 mil.
Ilhéus tem 15 mil postes. Conquista tem 28 mil.

Na manhã de hoje, o Blog do Gusmão conversou com Elvio Dourado e Hamilton Santana.

O primeiro é secretário de serviços públicos de Vitória da Conquista, o segundo é coordenador de iluminação e serviços básicos.

Perguntamos quanto a prefeitura de Vitória da Conquista gasta com a manutenção da iluminação pública.

Segundo Hamilton Santana, em 2012, a maior cidade do sudoeste baiano gastou quase 800 mil. Em 2013, a projeção de custo atinge um milhão e duzentos mil reais.

A gestão do prefeito Guilherme Menezes (PT) não optou pela terceirização do serviço. Seis eletricistas, seis motoristas e seis ajudantes (todos servidores municipais) fazem a reposição das lâmpadas e equipamentos. A secretaria de serviços públicos disponibiliza 4 veículos para as equipes, sendo duas caminhonetes e dois caminhões.

Para esse ano, o IBGE estima que Vitória da Conquista terá 336 mil habitantes. A rede de iluminação pública da cidade possui, aproximadamente, 28 mil postes.

Os números de Ilhéus.

Por essas bandas, o prefeito Jabes Ribeiro (PP) optou pela terceirização. A Engelux, empresa que venceu o processo licitatório, vai receber, anualmente, cerca de um milhão e setecentos mil reais. O valor representa 900 mil reais acima do que Vitória da Conquista gastou no ano passado, e, 500 mil acima do que pode gastar esse ano.

Segundo o IBGE, em 2013, a população de Ilhéus pode chegar a 184.616 mil habitantes. O secretário Isaac Albagli informou que a cidade tem cerca de 15 mil postes, 13 mil a menos do que Vitória da Conquista.

TRABALHO: SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE VAGAS NESSA TERÇA-FEIRA

Confira abaixo as vagas que estarão disponíveis na próxima terça-feira (15), na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Cozinheiro

  • Formação: Ensino Médio Completo

  • 6 meses de experiência

  • 1 vaga

Garçom

  • Formação: Ensino Médio Completo

  • 6 meses de experiência

  • 4 vagas

Vendedor Porta a Porta

  • Formação: Ensino Fundamental Incompleto

  • 20 vagas

(mais…)

POR QUE JABES NÃO REDUZ O VALOR DA PASSAGEM? LEIA A RESPOSTA DE UM ANALISTA

Jabes Ribeiro e o deputado estadual Ronaldo Carletto (PP).
Jabes Ribeiro e o deputado estadual Ronaldo Carletto (PP).

A resposta vem de um analista político que viu de perto as dificuldades enfrentadas por Jabes Ribeiro após as eleições de 2006, quando ele foi abandonado pelo grupo do ex-governador Paulo Souto (DEM). O observador prefere não se identificar.

“Hoje, as principais relações de amizade que Jabes possui estão em Salvador, sobretudo no PP. Após as eleições de 2006, ele deixou o DEM chateadíssimo com o ex-governador Paulo Souto. Foi abandonado no meio do caminho, e perdeu as eleições para deputado estadual. Souto nunca confiou nele, por isso, cuidou de fritá-lo ciente de que o eliminaria da política.

Arrasado politicamente, Jabes entrou no PP com um capital eleitoral irrisório que somava pouco mais de 14 mil votos conquistados em Ilhéus (em 2006) por meio do seu eleitorado cativo. Disciplinado e emocionalmente equilibrado, conseguiu a confiança dos caciques e assumiu a secretaria geral do PP na Bahia. Passou a ganhar R$ 8 mil reais por mês. A família Carletto tinha uma desavença com o então prefeito de Ilhéus, Valderico Reis. Isso ajudou Jabes a se aproximar do deputado estadual Ronaldo Carletto (PP).

Jabes fortaleceu o partido no estado, sobretudo no Sul da Bahia, onde arregimentou novos filiados de peso em vários municípios. Nunca esqueceu Ilhéus, mantendo-se presente na discussão política local, por meio de inúmeras entrevistas à Rádio Santa Cruz, por telefone. Entre 2007  a 2009, poucas vezes esteve na cidade. A partir de 2010, passou a visitá-la com mais frequência, já que pretendia ser novamente candidato a deputado estadual. Mais uma vez fracassou, já que a direção do PP tinha outras prioridades: Ronaldo Carletto, Mario Negromonte Filho e João Leão Filho.

Para recuperar seu prestígio, Jabes percebeu que deveria retornar à prefeitura de Ilhéus. A partir de 2011, focou as eleições municipais do ano posterior. Como secretário geral do PP, negociou alianças com outros partidos em cidades importantes, desde que as legendas ficassem livres para apoiá-lo em Ilhéus. Conseguiu 17 partidos e saiu vitorioso. Tudo foi avalizado pelos caciques do PP, incluindo obviamente, Ronaldo Carletto, que além de lhe conceder apoio político, também lhe forneceu apoio financeiro na medida certa.

Dessa forma, se Jabes reduzir o valor da tarifa do transporte coletivo, em Ilhéus, será uma imensa ingratidão com a família Carletto (proprietária da Viametro). Essa família tem uma pegada empresarial muito forte no setor, e, como todo empresariado, encara como grande ofensa qualquer risco ao lucro”.

VIOLÊNCIA CONTRA IMPRENSA CRESCE 166% NO PAÍS

violencia-contra-jornalistas

De O Globo

A menos de três meses para o fim do ano, 2013 já é considerado um dos mais violentos para o exercício da profissão de jornalista no Brasil. A informação é do Relatório de Liberdade de Imprensa da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), que será divulgado nesta segunda-feira, na 43ª Assembleia Geral da Associação Internacional de Radiodifusão (AIR), no Rio. O relatório aponta que cinco jornalistas já foram assassinados no Brasil este ano. Em 2012, houve seis casos. Só este ano, já foram registrados 136 casos de violência a profissionais da imprensa, contra 51 no ano passado — um salto de 166%.

— O ano de 2013 ficará marcado como um ano negro para a liberdade de expressão e imprensa no nosso país. Primeiro, pelo salto exponencial no número de violações contra jornalistas e veículos de comunicação. Segundo, porque, mesmo num país com democracia avançada e num ano em que comemoramos 25 anos da Constituição, a liberdade de expressão é uma garantia que não está plenamente consolidada — disse Daniel Slaviero, presidente da Abert.

Outro dado preocupante trata do número de veículos de comunicação que sofreram censura: subiu de três para quatro. Para Slaviero, a censura judicial é um dos problemas mais graves apontados pelo relatório:

— É uma fonte grave de preocupação, uma censura proveniente da Justiça, um dos poderes que mais deveriam zelar pelo exercício da profissão, é a fonte de decisões que proíbem os veículos de tratar de determinados assuntos — afirmou.

(mais…)