PREFEITURA DE CANAVIEIRAS INICIA ONDA DE CALOTES

Almir Melo.
Almir Melo.

De acordo com o site TabuOnline, em Canavieiras, a população está perguntando ao prefeito Almir Melo (PMDB): “onde está o dinheiro?”.

A lista de credores insatisfeitos com as dívidas da Prefeitura de Canavieiras é grande. O governo municipal deve ao fornecedor de combustíveis; às empresas da construção civil; à locadora de carros, aos consultores de informática e aos servidores públicos. 

Até o dia 26 de outubro, ainda havia funcionários da Prefeitura que não receberam o salário de setembro. Há rumores de que os garis não receberão seus vencimentos amanhã (quarta-feira, 30).

Em relação aos servidores da Educação, o pagamento de outubro só será efetuado no dia 11 de novembro. Quanto aos demais funcionários do município não há previsão para o recebimento do salário deste mês. 

Para piorar, em Canavieiras, não se tem notícia de nenhuma obra da Prefeitura, nem a famigerada operação tapa buracos funciona. No entanto, de acordo com informações do Governo Federal, de janeiro até outubro, o município já recebeu quase R$ 45 milhões em verbas da União.

CONSTRUÇÕES IRREGULARES NA LAGOA ENCANTADA

Alvenaria armada na beira da lagoa.
Alvenaria armada na beira da lagoa.

A Lagoa Encantada (Área de Preservação Ambiental – APA) está sendo agredida por construções irregulares em suas margens.

As construções ilegais põem em risco importantes remanescentes da Mata Atlântica, sem que a Prefeitura de Ilhéus ou outras autoridades façam qualquer coisa a respeito.

A Lagoa Encantada, um dos lugares mais bonitos de Ilhéus, é reconhecida pela Unesco como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Ainda assim, está largada à própria sorte, sem que o município crie no local as bases necessárias para a exploração turística. 

Com um volume de água ocupando área superior a 20 km², a lagoa (alimentada pelo rio Almada) concentra manguezais e restingas, sendo um espaço da mais alta significação para a biodiversidade, e de grande importância parta a proteção de espécies ameaçadas na região Sul da Bahia.

CANTOR CLEITON FRACK MORRE EM ILHÉUS

Cleiton Frack. foto: Guto Nunes.
Cleiton Frack. Foto: Guto Nunes.

Segundo informações enviadas ao Blog do Gusmão, o cantor Cleiton Frack morreu afogado em Ilhéus. Ele fez algumas apresentações em igrejas locais e iria viajar para São Paulo, mas, o músico perdeu o voo e prolongou sua estadia na cidade.

Nesta terça-feira (29), Cleiton teria morrido afogado na praia do São Miguel. No Facebook, uma pessoa ligada ao músico comentou a tragédia: “inacreditável! Falei com Cleiton hoje às 12h. Ele me dizia que estava voltando para SP”.

Em outubro de 2008, Cleiton Oliveira Francisco se destacou em rede nacional ao participar do programa Astros (SBT), com o grupo Artpella. 

VISITA SOLIDÁRIA À SERRA DO PADEIRO

Serra do Padeiro.
Serra do Padeiro.

No último sábado (26), representantes de instituições regionais, estaduais e nacionais visitaram a Aldeia Serra do Padeiro. Eles foram conversar com o povo Tupinambá sobre a luta pela terra.

O cacique Rosivaldo Ferreira falou sobre a criminalização que os latifundiários tentam impor às ações do povo Tupinambá. Segundo ele, um fato histórico, desde a época do Caboclo Marcelino. Marcelino José Alves é lembrado pelos tupinambás como herói da resistência nativa. Mas, ele foi perseguido e massacrado como um criminoso na década de 1920.

De acordo com cacique Rosivaldo, a história se repete e os tupinambás continuam perseguidos. Ele afirma que, além da violência armada, os latifundiários exercem um controle ideológico na região, resultado de uma aliança entre o poder econômico e os meios de comunicação de massa, como o rádio.

O cacique Babau também falou às representações institucionais. Segundo ele, a culpa de toda violência deve ser atribuída ao Governo Federal. O cacique afirma que o Ministro da Justiça não está cumprindo seu papel. “O que precisamos é que ele [o ministro] assine a Portaria Declaratória e dê continuidade ao processo de demarcação, devolvendo nossa terra e garantindo os direitos dos pequenos agricultores”, declarou o cacique Babau. 

A lista de instituições representadas no encontro segue abaixo.

(mais…)

O “CALÇAMENTO” DA LAGOA ENCANTADA

Lagoa Encantada.
A Lagoa Encantada correu o risco de ser aterrada.

No dia 04 de março desse ano, o vereador Luiz Carlos (Escuta – PP) fez uma indicação curiosa. Ele pediu a viabilização do “calçamento da Lagoa Encantada”. Claro que tudo não passou de uma confusão no texto.

Já pensou se a indicação do vereador fosse acatada? Seria uma imensa tragédia ambiental.

Para abrir os trabalhos, precisaríamos de um monumental serviço de aterramento. Naturalmente, caminhões da Prefeitura fariam milhões de viagens para buscar areia na praia da avenida, ou barro, e despejar tudo na Lagoa Encantada.

O verdadeiro dilema chegaria com o avanço da obra, na hora de escolher o tipo de calçamento. Os mais tradicionais logo tomariam partido das pedras portuguesas (nostalgia colonial). Os progressistas, avessos ao conservadorismo, apostariam na “vanguarda do calçadão de Ipanema, para lembrar as belezas do Rio e o convívio sublime da arquitetura urbana com as paisagens naturais”. 

A indicação do vereador foi divulgada na página 94 do Relatório de desempenho dos vereadores no 1º semestre, documento elaborado pelo Instituto Nossa Ilhéus. Para ver a imagem com a indicação de Luiz Carlos, clique aqui.

CONFIRA AS VAGAS DO SINEBAHIA ILHÉUS NESSA QUARTA-FEIRA

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa quarta-feira (30), na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9 (quanto mais cedo melhor). 

Garçom

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  •  2 vagas

Pizzaiolo

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 1 vaga

(mais…)

CÂMARA DEBATE DÍVIDAS DE CACAUICULTORES

Logo Frente ParlamentarNesta tarde (terça-feira,29), em Brasília, a Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados realizará uma audiência pública para debater as dívidas dos cacauicultores brasileiros e os cortes no orçamento de 2013 da Ceplac. O encontro é resultado de requerimentos apresentados pelos deputados federais Félix Mendonça Júnior (PDT-BA), Josias Gomes (PT-BA) e Márcio Marinho (PRP-BA).

“Nossa expectativa é de que nesta audiência sejam encontradas soluções para o endividamento dos cacauicultores e cortes orçamentários da Ceplac, até porque as autoridades convidadas tem nas mãos o poder de tomar decisões”, destacou Félix Júnior.

Estão convidados os ministros Antônio Andrade (Agricultura) e Pepe Vargas (Desenvolvimento Agrário); o secretário do Tesouro Nacional, Arno Hugo Augustin Filho; o secretário de Comércio Exterior, Daniel Marteleto Godinho; o secretário de Orçamento Federal, José Roberto Fernandes Júnior; o presidente do Banco do Brasil, Aldemir Bendine; o presidente da Embrapa, Maurício Antônio Lopes; o secretário de Agricultura do Estado da Bahia, Eduardo Salles; o presidente da Câmara Setorial do Cacau, Guilherme de Castro Moura; e o superintendente da Ceplac na Bahia, Juvenal Maynart.

O PC DO B DE ILHÉUS FAZ JOGO DUPLO?

Na câmara o PC do B mantém Jabes vivo politicamente. Nas ruas, carrega o caixão simbólico do prefeito.
Na câmara o PC do B mantém Jabes politicamente vivo. Nas ruas, carrega o caixão simbólico do prefeito.

Passaria despercebido se não fosse o atento olhar deste blogueiro.

No legislativo ilheense, os dois vereadores do PC do B andam de braços dados com o prefeito Jabes Ribeiro e apóiam seus projetos impopulares.

Em março desse ano, o presidente da câmara, o “comunista” Josevaldo Machado, inverteu a pauta de uma sessão para impedir o debate de um projeto ruim para os servidores municipais (lembre aqui).

No último dia 15, outra manobra planejada por “Jó” ajudou a inviabilizar a gratuidade no transporte coletivo para idosos a partir dos 60 anos. O vereador Nerival, também neo-comunista, votou contra a ideia, em total apoio ao prefeito (veja aqui e aqui).

Em contraposição, nas ruas alguns comunistas apóiam os movimentos populares.

Em artigo publicado neste blog, Rodrigo Cardozo, presidente do partido em Ilhéus, discordou dos métodos antidemocráticos do prefeito Jabes Ribeiro (veja aqui).

Luiz Fernandez, presidente do Sindicacau e notória liderança comunista do movimento sindical, apoiou o Reúne Ilhéus e chegou a dormir no acampamento em frente ao Palácio Paranaguá.

Onde está o centralismo democrático do PC do B de Ilhéus? Nas ruas, com os movimentos sociais. Na câmara, preso ao magnetismo fisiológico do prefeito.

Trata-se de uma estratégia combinada ou cada militante, enfim, conquistou o direito de externar suas preferências independente da vontade do partido?

CONCURSO DA PM DE SANTA CATARINA OFERECE 29 VAGAS DE NÍVEL SUPERIOR

brasão SCA Polícia Militar de Santa Catarina abriu concurso para 29 vagas de nível superior. A corporação necessita de professores, psicopedagogo, psicólogo, assistente técnico pedagógico e Bibliotecário, a serem admitidos em caráter temporário, para preenchimento de vagas no Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires. O valor do salário não foi informado.

As inscrições devem ser feitas até o dia 14 de novembro e a taxa é de R$50. O edital pode ser conferido no site da Polícia Militar.

A seleção dos candidatos será feita pela Comissão de avaliação e pontuação através de Prova de Títulos e terá caráter classificatório. A relação com o resultado final do concurso e a data para admissão do candidato será publicada no Diário Oficial do Estado após homologação pelo Diretor de Instrução e Ensino da Polícia Militar, no dia 20 de dezembro de 2013.

Com informações do G1.

SINDICATOS X JABES: PRIMEIRA AUDIÊNCIA SERÁ NO DIA 12

Greve 1

A primeira audiência das seis ações movidas pelos sindicatos de todas as categorias de servidores públicos municipais na Justiça do Trabalho contra a Prefeitura de Ilhéus será realizada no próximo dia 12 de novembro.

Os trabalhadores solicitam o cumprimento da lei que garante a revisão salarial anual dos trabalhadores e o piso nacional dos professores.

Depois de mais de 80 dias de greve, sem que o prefeito Jabes Ribeiro apresentasse uma proposta concreta de reposição salarial, os trabalhadores decidiram protocolar, no último dia 07 de outubro, as ações na Justiça do Trabalho para reivindicar seus direitos. 

Os trabalhadores reivindicam a reposição anual de 5,84% para todas as categorias, e 7,97% para os professores, como manda a Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Fiscal. Mas ao invés de conceder a revisão, o governo municipal apresentou a proposta de reduzir em 20% a jornada de trabalho e, consequentemente os salários. Na avaliação dos trabalhadores, a proposta, além de imoral, ainda representou um desrespeito aos servidores. Os trabalhadores aguardam agora a decisão da justiça.

BELO MONTE VAI PARAR, DIZ MPF

belo_monte

Do Correio Braziliense

O Ministério Público Federal confirmou ontem que as obras da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, deverão ser paralisadas por ilegalidade no licenciamento, conforme o Correio noticiou no último sábado. A decisão de suspender a obra partiu do desembargador Antônio Souza Prudente, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ªRegião.

A ordem judicial acatou ação do MPF do Pará ajuizada em 2011, que questiona a emissão de licença ambiental parcial para os canteiros de obras da usina, mesmo com pareceres técnicos contrários do próprio Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). “A licença foi concedida sem que as condicionantes da fase anterior, da Licença Prévia, fossem cumpridas”, disse o órgão em nota.

Condicionantes
Prudente determinou na sexta-feira a imediata suspensão do licenciamento ambiental e das obras de Belo Monte, “até o efetivo e integral cumprimento de todas as condicionantes estabelecidas na Licença Prévia, restando sem eficácia as Licenças de Instalação e as Autorizações de Supressão de Vegetação já emitidas ou que venham a ser emitidas antes do cumprimento de tais condicionantes”, setenciou. A multa em caso de descumprimento da decisão é de R$ 500 mil por dia.

No mesmo documento, Prudente ordenou que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) não repasse nenhum recurso para Belo Monte enquanto o consórcio Norte Energia não cumprir todas as condicionantes de um dos principais projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

A Norte Energia afirmou, em nota, que apenas ontem tomou conhecimento, por e-mail, do teor da decisão proferida pela Justiça: “A empresa informa que está tomando todas as providências legais cabíveis”, afirmou sem entrar em detalhes.