URUÇUCA: DENÚNCIA DE SINDICALISTA ENVOLVE A PREFEITA FERNANDA SILVA

Testemunhas ouviram José Carlos acusar a prefeita Fernanda Silva. As provas não foram apresentadas.
Testemunhas ouviram José Carlos acusar a prefeita Fernanda Silva. As provas não foram apresentadas.

Na última terça-feira, 26, o radialista Edilson Silva, de Uruçuca, solicitou que a câmara de vereadores local investigue as denúncias do sindicalista José Carlos (do Sindlimp) contra a gestão da prefeita Fernanda Silva (PT).

No ofício enviado ao presidente da câmara, Erivaldo Guimarães, o radialista narra as acusações feitas pelo sindicalista no dia 18 de novembro, na galeria do legislativo. Várias testemunhas teriam ouvido José Carlos dizer que a empresa A&S Construtora pagava R$ 40 mil reais de propina ao governo.

Segundo Edilson Silva, o teor da denúncia envolveu diretamente a prefeita Fernanda Silva (PT). Até o presente momento, o sindicalista não apresentou provas.

O outro lado.

Segundo o secretário de planejamento de Uruçuca, José Nazal, a prefeita Fernanda Silva vai processar o sindicalista. Não conseguimos manter contato com o assessor de comunicação da prefeitura, Jean Macêdo.

Leia o ofício.

Páginas 1, 2 e 3.

Atualizado às 13h22min.

Conseguimos falar com Jean Macedo. O assessor de comunicação disse que a prefeita estava reunida com advogados para tomar providências. O sindicalista José Carlos será processado por ter feito acusações sem provas.

Segundo Macêdo, Edilson Silva trabalha numa rádio comunitária que pertence ao ex-prefeito Moacyr Leite (PP), adversário ferrenho do atual governo. O radialista também será processado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *