NANA FEST ILHÉUS: JUSTIÇA DETERMINA VENDA DE MEIA-ENTRADA

Lu Cerqueira e Ricardo Hafner (de óculos).
Lu Cerqueira e Ricardo Hafner (ao fundo).

A advogada Lu Cerqueira conseguiu liminar judicial, para obrigar os realizadores do evento Nana Fest Ilhéus a cumprir a lei que determina a venda de meia-entrada para estudantes e idosos.

Segundo Lu Cerqueira, apesar da determinação judicial, o produtor Edishow se recusou a cumprir a lei e afirmou que, ao invés disso, pagaria uma multa de R$ 10 mil.

Diante da recusa, a advogada juntou documentos para provar a falta de venda da meia-entrada e pediu o revigoramento da liminar.

Nesta sexta-feira (27), o juiz Cleber Roriz Ferreira determinou o cumprimento imediato da decisão aos responsáveis pelo Nana Fest Ilhéus  (Ricardo Hafner, Edmilson ou Neto). Caso descumpram a determinação, eles pagarão multa de R$ 50.000,00, o evento será cancelado e podem ser presos por crime de desobediência.

O mandado judicial está disponível aqui.



3 responses to “NANA FEST ILHÉUS: JUSTIÇA DETERMINA VENDA DE MEIA-ENTRADA

  1. AI GALERA VAMOS DENUNCIAR A PRODUÇÃO DO NANA FESTA DO SHOW DE CHICLETE COM BANANA POIS FUI COMPRA O INGRESSO MEIA COM A CARTEIRA ESTUDANTIL DA FACULDADE E ELES NÃO ACEITARAM POIS INFORMARÃO QUE A CARTEIRA DE UNIVERSITÁRIO NÃO TEM VALIDADE FIQUEI CHOCADA POIS ACABEI DE COMPRA NO BATUBA BEACH COM A MESMA CARTEIRA DE ESTUDANTE O INGRESSO DO RAPPA E DO REVEILLON GOSTARIA DE SABER SE UNIVERSITÁRIO NÃO E ESTUDANTE VAMOS COMPARTILHAR POIS ISSO E UM ROUBO COM A SOCIEDADE JÁ FUI NO MINISTÉRIO PUBLICO E ELES ME FALARAM QUE ISSO E UMA COISA INLEGAL

  2. Olá Jaqueline, a medida provisória nº 2.208 de 17 de agosto de 2001 prevê que qualquer documentação de identificação estudantil emitido pela faculdade (matriculas), associação ou agremiação (carteirinhas) são validas para comprovação na compra de meia-entrada, com isso, imprima o art. e vá até o local de venda, caso não queira lhe vender, entre com uma ação de danos morais….

    http://www.ambito-juridico.com.br/site/?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=11951

  3. Olá Jacqueline, boa tarde e um melhor Ano Novo (que brevemente vai entrar), é o que mais lhe desejo, mas você (melhor dizendo, a sua forma de escrever, na sua Língua Materna e para uma estudante universitária), é uma lástima e deixa muito a… desejar. Será que vai melhorar a sua forma de escrever, no próximo ano?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *