JABES ESTÁ ENTRE O BEM E O MAL

E agora, prefeito? Foto: Alfredo Filho.
E agora, prefeito? Foto: Alfredo Filho.

Por Thiago Dias

Na Grécia antiga, segundo Aristóteles, Sólon assumiu o controle do Estado ateniense quando o povo se revoltou contra as oligarquias. Ele se dirigiu assim aos oligarcas: “Contenham em seus peitos os seus corações poderosos; vocês já possuem muito das boas coisas da vida; satisfaçam seu orgulho com o que é moderado, pois não iremos tolerar excessos nem reviraremos tudo da maneira que vocês querem” (Política, pág. 258, na edição da coleção Os Pensadores).

O olhar maniqueísta é criticado por reduzir questões complexas à dicotomia entre o bem e o mal. Porém, alguns acontecimentos podem ser enquadrados sob essa perspectiva sem prejuízos à compreensão do observador. Afinal, determinadas escolhas opõem posições de modo claro. Esta é a circunstância que envolve o prefeito Jabes Ribeiro diante dos interesses das empresas de ônibus e da população ilheense.

Viametro e São Miguel acionaram a justiça para aumentar a tarifa de ônibus de R$ 2,40 para R$ 3,19. De tão fabulosa, a pedida parece fictícia e nosso imaginário até concebe o roteiro. As empresas pedem alto. Depois, como um herói do povo e com as planilhas da auditoria sob o braço, o prefeito entra em cena e convence os empresários que o justo é aumentar “só” para R$ 2,80.

Para trabalhadores e estudantes ilheenses, caso conceda o aumento da tarifa, a imagem de Jabes ficará marcada como a do prefeito que escolheu o lado do mal. Porque, se a política é a arte de governar em favor do bem comum, privilegiar interesses de empresários, em detrimento do povo, é uma escolha do político mal.

Uma tarifa de ônibus mais cara não fará bem para Ilhéus, pois prejudicará os ilheenses e beneficiará apenas os empresários. Não é uma simplificação ingênua pensar que, quando gasta menos com transporte, o cidadão investe em outras necessidades. A mesma lógica vale para os servidores municipais. Por exemplo, se o prefeito pagasse o piso nacional dos professores, eles gastariam esse dinheiro a mais no comércio ou com a contratação de serviços. Trata-se de circular o capital, ao invés de deixá-lo acumulado em poucos cofres.

Convém lembrar que, em Aracaju, a passagem custa R$ 2,35. As empresas de ônibus tentaram aumentar para R$ 2,70. Diante da pressão popular, o prefeito vetou o aumento. Como pode a tarifa da capital sergipana ser menor que a de Ilhéus?

Por isso, reafirmo que o olhar maniqueísta resume as duas escolhas do prefeito de forma precisa. Não há meio termo. Nós queremos saber, Jabes: em qual lado você está?

Se Jabes Ribeiro agir a favor das empresas, mostrará que não tem compromisso com o povo. Suas alianças, aquilo que ele chama de “pacto por Ilhéus”, se voltarão contra o bem comum. Assim, o amor que JR nutre por esta cidade se revelará ainda mais estranho. Por outro lado, se defender os interesses da pólis (e isso significa vetar qualquer aumento), dará um passo importante para restaurar sua imagem pública, que nunca esteve tão abalada. 

EMPRESA ATRASA PAGAMENTOS E FUNCIONÁRIOS NÃO DESCARTAM GREVE

Segundo uma leitora deste blog, em Salvador, a empresa Fácil Serviços presta serviços para o Hospital Universitário Professor Edgar Santos, da Universidade Federal da Bahia. Funcionários da  FS reclamam sobre o atraso do pagamento de salários e benefícios, como vale-transporte.

De acordo com a leitora, a Fácil Serviços alega que os atrasos são provocados pela UFBA, que não teria repassado os recursos para a empresa. Alguns funcionários receberam, enquanto a maioria está com o salário atrasado há quase um mês. Os trabalhadores não descartam a possibilidade de entrar em greve. 

Ainda de acordo com a funcionária, trabalhadores faltaram ao trabalho porque não tinham como pagar a condução. Mesmo diante dessa justificativa, a empresa descontou os dias não trabalhados. Os funcionários questionam se serão obrigados a percorrer distâncias enormes a pé para trabalhar. 

No fim da mensagem, a leitora relatou um drama pessoal. Com a volta às aulas, seu filho, que compreende as dificuldades financeiras da família, lamentou: “Mãe, não vou poder ir para a escola porque a senhora não tem dinheiro para comprar a farda”. “É duro, né?”, constatou a trabalhadora. 

TUPINAMBÁS REALIZAM ETNOMAPEAMENTO NO SUL DA BAHIA

Amplie o cartaz.
Amplie o cartaz.

O projeto “Espalha Semente – Etnomapeamento Tupinambá” vai realizar uma cartografia do território sul baiano, a partir de histórias e imagens do povo Tupinambá de Olivença, entre os dias 21 e 30 de março. 

Com oficinas de audiovisual, fotografia, cultura digital, etnojornalismo e georreferenciamento, a cartografia do território será povoada pela memória afetiva dos tupinambás e pela demarcação do espaço físico e simbólico das terras. Antropólogos, geógrafos, comunicadores e especialistas em tecnologias digitais contribuirão com o trabalho. 

Segundo o projeto, o aldeamento tupinambá foi criado em 1680. Jaborandy Tupinambá, articulador do projeto na aldeia, ressalta a importância do momento para a luta indígena e diz que a questão do território não pode ser tratada com a presença do exército – que hoje ocupa a aldeia, mas dialogando com os parentes tupinambás e suas histórias.

TRANSPORTE COLETIVO: PREFEITURA VAI DIVULGAR RESULTADO DE AUDITORIA

Viametro e São Miguel acionaram a Justiça para aumentar o preço da passagem em Ilhéus.
Viametro e São Miguel acionaram a Justiça para aumentar o preço da passagem em Ilhéus.

Nesta quinta-feira 20, no programa Alerta Geral, da Rádio Santa Cruz, Isaac Albagli, secretário de desenvolvimento urbano, informou que o resultado da auditoria do sistema de transporte coletivo será anunciado nessa sexta-feira 21, às 16 horas, na sede da Justiça Federal em Ilhéus.

No início da semana, a Prefeitura de Ilhéus divulgou que Viametro e São Miguel, empresas que exploram o transporte coletivo na cidade, acionaram a justiça para aumentar o preço da tarifa de R$ 2,40 para R$ 3,19. Segundo os empresários, o aumento seria justificado por um “desequilíbrio” econômico. O prefeito Jabes Ribeiro (PP) informou que só concederá o reajuste caso a auditoria verifique sua pertinência.

A auditoria foi feita pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas. No dia 10 de outubro de 2013, o prefeito afirmou que a FIPE concluiria o trabalho em, no máximo, 45 dias. O resultado será divulgado com quase quatro meses de atraso. O governo não explicou o motivo da demora.

Integrantes do Reúne Ilhéus encararam com desconfiança o atraso considerável da auditoria. Em contato com este Blog, afirmaram que os atos do governo JR merecem ser analisados de forma ampla, para evitar que a população ilheense seja surpreendida com um aumento absurdo da tarifa de ônibus. 

SEDUC CONVOCA PROFESSORES APROVADOS NO REDA

seducA Secretaria de Educação da Bahia divulgou convocação dos professores aprovados em seleção do REDA (edital nº 04/2013, de 11 de outubro de 2013). Clique aqui para acessar a lista de convocados. 

Os professores devem comparecer na sede da Direc a que pertence o município para o qual foram aprovados. O prazo começou nesta quinta-feira 20 e se estenderá até a próxima quarta-feira 26. O atendimento funciona das 8h30 às 12h e das 14 às 17 horas. 

Clique em leia mais para ver a documentação que deve ser apresentada pelos candidatos.

(mais…)

ILHÉUS: CONFIRA AS VAGAS DO SINEBAHIA NESSA SEXTA

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa sexta-feira 21, na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Tosador de animais Domésticos – Pet Shop

  • Formação: Ensino Médio Completo

  • 6 meses de experiência

  • 1 vaga 

Cozinheiro

  • Formação: Ensino Fundamental Incompleto

  • 6 meses de experiência

  • 1 vaga

(mais…)

AMBIENTALISTA É ASSASSINADO APÓS DENUNCIAR EMPRESA

Em Salvador, o ambientalista era conhecido com Ivo Bacana.
Em Salvador, o ambientalista era conhecido com Ivo Bacana.

Em Salvador, na tarde de quarta-feira 19, bandidos mataram Ivo Barreto do Couto Filho, ele era empresário, ambientalista e foi candidato a vereador em 2012.

Segundo o deputado  Leur Lomanto Júnior (PMDB), poucas horas antes de ser assassinado, Ivo se reuniu com a  Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa da Bahia, para denunciar a empresa Millenium.

De acordo com o parlamentar, na reunião, o ambientalista alegou ter imagens subaquáticas que comprovam a ação poluidora da Milenium em praias de Salvador. 

ILHÉUS: CHEFE DE FISCALIZAÇÃO ESTACIONA NA CALÇADA

Segundo leitor, este é o carro da chefe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente de Ilhéus.
Segundo leitor, este é o carro da chefe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente de Ilhéus.

Na manhã de ontem (quarta-feira 19), um leitor deste blog registrou um flagrante que, segundo ele, revela a suprema contradição no comportamento de uma funcionária pública. Regina Farias, chefe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente de Ilhéus, estacionou seu carro na calçada em frente à sede do órgão.

Conforme o leitor, esse é um comportamento recorrente da chefe de fiscalização. Curioso, ele encontrou, no Código de Posturas do Município, a Lei 1.175/74. O artigo 106 diz: “Não será permitido o estacionamento de automóveis, caminhões e outros veículos nos passeios das ruas”. 

Comentário do Blog.

Em instituições militares de ensino, os estudantes aprendem uma lição pragmática da pedagogia militar: “A palavra convence e o exemplo arrasta”. 

UM GARIMPEIRO DA IDENTIDADE GRAPIÚNA

Amplie o convite.
Amplie o convite.

“A palavra e o tempo de Euclides Neto: um garimpeiro da identidade cultural grapiúna”, da professora Rita Lírio de Oliveira, é o mais recente lançamento da Editus – Editora da UESC. O livro é um estudo crítico-literário sobre os processos de construção da identidade do homem da região cacaueira do sul da Bahia, na linguagem das obras do escritor Euclides Neto. 

O livro será lançado nessa sexta-feira 21, às 19h30min., na sede da FICC (Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania), em Itabuna – Praça Laura Conceição, centro.

(mais…)