ALBA REEMPOSSA DEPUTADOS CASSADOS PELA DITADURA

Deputados estaduais cassados pela ditadura civil-militar e familiares. Foto: Manu Dias.
Deputados estaduais cassados pela ditadura civil-militar e familiares. Foto: Manu Dias.

Nesta segunda-feira 31, o Brasil relembra o golpe de Estado que implantou a ditadura civil-militar, em 1964. Há cinquenta anos, agentes do sistema bancário, mídia corporativa, agronegócio e federações industriais insuflaram a alta cúpula militar a depor o presidente João Goulart. 

Além de depor um presidente eleito de forma legítima, a ditadura civil-militar cassou os mandatos de dezenas de parlamentares.

Deputados baianos também foram perseguidos. Por isso, em um ato simbólico realizado nesta segunda, a Assembleia Legislativa da Bahia reempossou os parlamentares cassados pela ditadura. 

A ALBA restituiu treze deputados. Alguns participaram da cerimônia e outros foram representados por familiares. O governador Jaques Wagner participou do ato solene. Segundo ele, a Bahia e o Brasil estão reescrevendo uma parte importante da história. 

Clique em Leia mais para ver a relação de deputados estaduais reempossados e a data em que cada um deles foi cassado. 

Diógenes Alves, cassado em 28/04/1964; Ênio Mendes de Carvalho, cassado em 28/04/1964; Sebastião Augusto de Souza Nery, cassado em 28/04/1964; Wilton Valença da Silva, cassado em 19/10/1966; Hamilton Saback Cohim, Arena, cassado em 13/03/1969; Luiz da Silva Sampaio, cassado em 01/07/1969; Marcelo Ferreira Duarte Guimarães, cassado em 13/03/1969; Osório Cardoso Villas Boas, cassado em 01/07/1969; Aristeu Nogueira, cassado em 19/10/1964; Luiz Leal, cassado em 01/07/1969; Octávio Rolim, cassado em 1964; Oldack Neves, cassado em março de 1969;Padre Palmeira, cassado em 1964.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *