PASSAGEM INÓCUA. TRAMPOLIM EFICAZ?

Complexo Portuário de Suape, em Pernambuco.
Complexo Portuário de Suape, em Pernambuco.

Por Heitor Scalambrini Costa

No dicionário, uma das definições para a palavra inócua é “aquilo que não tem a força de produzir o efeito que se pretendia”. Inócua foi à passagem, tipo trampolim, do jornalista Sergio Xavier como Secretário de Meio Ambiente de Pernambuco e agora pré-candidato a deputado estadual. Recapitulemos brevemente essa passagem. E esse pretendido trampolim.

Sergio Xavier, ex-presidente do partido Verde e um dos mais enérgicos críticos do “modus operandi”, tipo predador, do governador do Estado com relação à implantação do Complexo de Suape, ao que chegou a chamar de “mangue brita”, acusava o governo de cobrir de concreto os manguezais do território do Complexo, o que estava coberto de razão.

Em 2010, esse crítico ferrenho do governo, usava o twitter e outras ferramentas das redes sociais para atacar o Complexo de Suape como “mito do crescimento a todo custo”, denunciando que o histórico de Suape mostrava que as prometidas compensações socioambientais nunca foram realizadas, e apontando a falta total de transparência do governo. “Indignado” com a aprovação de lei n° 1496/2010, que autorizava a supressão de vegetação nativa de Suape, tuitava: “Mangue não é moeda de barganha política! Deputados desconsideram parecer contrário da comissão de meio ambiente”, e “Governo que, de repente, muda o desmatamento de mangues de 893 para 508 hectares, sem estudos, não merece crédito”.

(mais…)

INTEGRANTE D’OQUADRO PARTICIPA DO “SAGACIDADE URBANA”

Amplie o cartaz do projeto Sagacidade Urbana.
Amplie o cartaz do projeto Sagacidade Urbana.

O projeto Sagacidade Urbana está de volta. A próxima edição será realizada nesse sábado 5, a partir das 19h30, no Point do Estudante, em frente ao Instituto Municipal de Ensino (IME), na Av. Canavieiras, em Ilhéus. A entrada é sempre gratuita.

O MC e professor de filosofia Jeff Rodriguez, integrante da banda OQuadro, marcará presença no evento. Como os demais integrantes do grupo (Ricô, Victor, Rans, Da Lua, Jax e Freeza), ele é uma referência para a nova geração do Hip Hop de Ilhéus.

O projeto abre o palco para rappers que querem apresentar seus trabalhos. Para se inscrever, entre em contato por meio dos telefones (73) 9167 0578 ou 8212 4997. O número de inscrições é limitado. 

Quer conhecer o projeto? Acesse a fanpage  do Sagacidade Urbana no Facebook. Se gostar, curta a página e dê aquela força ao movimento da dessa galera massa. 

POLÍCIA RODOVIÁRIA HOMENAGEIA MILITARES EM ITABUNA

Entrega de medalhas será o ponto alto da festa.
Entrega de medalhas será o ponto alto da solenidade

A Companhia Independente de Polícia Rodoviária Estadual de Itabuna realizará um ato solene, nessa sexta-feira 4, a partir das 8h30, no auditório do Sest Senat, em Itabuna.

Na solenidade, centenas de policiais militares serão homenageados por tempo de serviço prestado ao órgão. A medalha Marechal Argolo será entregue ao policial que mais se destacou no cumprimento da profissão. 

O Major Maoilzo, comandante da unidade, destacou a importância de reconhecimento do trabalho desenvolvido pelos policiais. Segundo ele, o ato solene serve para tornar público a valorização dos bons serviços prestados pelos agentes.

CACÁ COLCHÕES VISITA PEDRO TAVARES EM SALVADOR

Cacá Colchões e Pedro Tavares.
Cacá Colchões e Pedro Tavares.

Em visita a capital baiana para tratar de assuntos administrativos, o vice-prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões (PMDB), aproveitou uma folga na agenda para encontrar o deputado estadual Pedro Tavares (PMDB).

No encontro, discutiram assuntos de interesse da sociedade ilheense, como a cobrança da implantação da Caixa Econômica Federal na zona sul do município. Também analisaram as expectativas para as próximas eleições estaduais.  

“É um prazer receber mais uma vez a visita do vice-prefeito Cacá Colchões, que está em Salvador trabalhando pelo desenvolvimento de Ilhéus, e conta sempre com meu apoio”, destacou Tavares. 

SEGUNDO JABES, JUSTIÇA ERROU AO SUSPENDER SELEÇÃO DA SAÚDE

Jabes Ribeiro. Foto: Alfredo Filho.
Jabes Ribeiro. Foto: Alfredo Filho.

No dia 27 de março de 2014, o juiz titular da 3ª Vara do Trabalho de Ilhéus, José Cairo Júnior, acatou ação movida pelo Ministério Público Federal do Trabalho e suspendeu o processo seletivo realizado pela Secretaria de Saúde de Ilhéus, no final de 2013. 

Nesta quarta-feira 2, o prefeito Jabes Ribeiro criticou a decisão do juiz e a classificou como “equivocada”. O alcaide avaliou a escolha do magistrado durante o programa Linha Direta com  o Prefeito. 

De acordo com o prefeito, o município não tem condição de fazer concurso público porque as despesas com o funcionalismo já são altas, e é preciso respeitar a Lei de Responsabilidade Fiscal. Jabes Ribeiro também afirmou que postos de saúde continuarão fechados por falta de “material humano”.

Conforme JR, para realizar um concurso público, ele precisaria demitir centenas de servidores. A prefeitura vai recorrer contra a decisão da  3ª Vara do Trabalho de Ilhéus.

A 10º edição do programa Linha Direta com o Prefeito está disponível neste link

O SILÊNCIO DE JABES RIBEIRO EM RELAÇÃO À FACADA CONTRA O ESTUDANTE IGOR

o TERROR
Sangue derramado nas discussões sobre o transporte coletivo.

Até agora, o Prefeito Jabes Ribeiro não emitiu qualquer esclarecimento sobre o atentado sofrido pelo estudante Igor do Carmo, membro do Reúne Ilhéus.

No último sábado, o estudante foi esfaqueado quando saiu da Câmara de Vereadores de Ilhéus.  Fabio Barreto, comumente visto ao lado de Jabes (assim como de outros políticos) foi reconhecido pela vítima (e por várias testemunhas) como autor da facada. Na queixa prestada na 7ª Coorpin, Igor afirmou que o carro usado pelo Prefeito deu fuga a Barreto.

A acusação é muito grave e o silêncio de JR nos preocupa. Há muita animosidade entre o Reúne Ilhéus e o Prefeito. Além do mais, o governo sugere estar receoso de se desvincular de Fabio Barreto. Sequer uma nota de repúdio ao ato violento foi liberada pela secretaria de comunicação.

A história registra o “terror” como ferramenta clássica e útil ao poder. O atentado motivador deste texto levantou algumas mensagens subliminares. Mesmo que não tenha sido provado o envolvimento dos principais homens do palácio, algumas dúvidas persistem em nossa inquieta imaginação. Vamos a elas.

A facada desferida contra Igor serve de aviso para quem desafia o poder?

A facada que furou as costas de Igor pretende impor medo na juventude?

Até que ponto a companhia de Fabio Barreto, nos atos públicos, é útil ao Prefeito?

Se a companhia dele (sempre ao lado) não é conveniente, por que nunca o dispensaram?

ILHÉUS: CONFIRA AS VAGAS DO SINEBAHIA NESSA QUINTA

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa quinta-feira 3, na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Tosador de animais Domésticos – Pet Shop

  • Formação: Ensino Médio Completo

  • 6 meses de experiência

  • 2 vagas 

Cozinheiro

  • Formação: Ensino Fundamental Incompleto

  • 6 meses de experiência

  • 2 vagas 

(mais…)

TÉCNICOS DA UESC PARALISAM ATIVIDADES

Paralisação se estenderá por toda esta quarta-feira.
Paralisação se estenderá por toda esta quarta-feira.

Nesta quarta-feira 2, servidores do setor técnico-administrativo da UESC paralisaram suas atividades. A informação foi confirmada pelo site da ADUSC (Associação dos Docentes da UESC). Segundo a entidade, os professores apoiam a paralisação, mas, não puderam avaliar em assembleia se participariam do ato. 

Servidores de diversas instituições estaduais também aderiram à paralisação desta quarta. Em Salvador, na Assembléia Legislativa da Bahia, eles protestarão por uma extensa pauta de reivindicações, como a regulamentação da carreira e o aumento de vale-alimentação. 

De acordo com a ADUSC, o protesto é contra o índice de reajuste linear proposto pelo governo nos projetos de lei 20.767 e 20.768/14. A revisão não vai alcançar  a taxa inflacionária, apontam os trabalhadores. 

EDUARDO ROCHA RESPONDE EDITORIAL DO BLOG DO GUSMÃO

Ontem (terça-feira 1º), este blog publicou um editorial sobre a participação do odontólogo Eduardo Rocha na Marcha da Família, em sua versão ilheense. Leia aqui. Eduardo nos enviou uma resposta. Leia abaixo.

“Caro Gusmão,

Acho que este tipo de abordagem de assuntos polêmicos não é sadio para mudar esta política nefasta que esta acontecendo em nossa cidade e no nosso país. Isto só afasta as pessoas bem intencionadas de participarem da política partidária.

A quem interessa esta desconstrução da minha pessoa? Será que, quem tem valor neste universo político de Ilhéus, com algumas exceções, são os medíocres que aí estão?

Minha participação neste movimento tem outra leitura: a confirmação de que eu luto pelo que é correto, o que é bom para todos nós.

Vivemos um pouco daquela época, pois tenho 45 anos e nunca fomos importunados ou presos. Eu não acredito que neste momento tenhamos uma participação militar com as mesmas características antidemocráticas de 1964. Participei de uma manifestação democrática que acontece desde aquela época. E desde então o Brasil já passou por inúmeras etapas e conquistas sociais políticas que jamais poderão ser esquecidas.

Vivíamos naquela época um momento crítico, uma dicotomia entre o Capitalismo e o Comunismo mundial. Hoje já temos implementada a reforma agraria, por exemplo. Que era um dos motivos que desencadeou o golpe. Não queremos a volta da ditadura e sim intervenção militar para redirecionar o nosso país. Será que neste momento temos quantidade e qualidade de homens na nossa política que sejam capazes de recolocar nosso país nos trilhos? Como passaremos nosso país a limpo? E isto inclui abrir as entranhas, os malfeitos de todos os partidos políticos. Ainda no sentido da intervenção, entendo que as forças militares têm como uma de suas funções a mediação dos grandes conflitos, defesa da moral e ainda da ordem Nacional.

As Forças Armadas do Brasil sabem que as tecnologias das comunicações atuais não podem nem devem ser abafadas. Eles também querem a DEMOCRACIA, mas uma democracia realmente democrata, honesta e justa.

Posso até esta errado, mas percebo uma balburdia tão grande na gestão de nosso pais, que só uma intervenção militar para sufocar de vez, dar um basta. Vejam o poder do tráfico de drogas, os casos enriquecimento ilícito de políticos e todos os outros tipos de crimes que estão travando nossa evolução.

Enfim, acho precipitado e injusto você me julgar e já aplicar minha sentença de morte.
Os nossos verdadeiros inimigos querem causar sempre as divisões, pois só assim eles podem se perpetuar no poder e continuar trabalhando para próprio benefício.

Ilhéus, neste momento não tem como gastar mais energia com problemas pequenos e sim na solução dos grandes desafios que temos, como exemplo, a Educação, a Saúde, Economia e a Segurança.
Entendo que o que precisamos fazer é conclamar e unir todas as pessoas, partidos, instituições que querem o bem de nossa cidade para tentar resolver os problemas e questões urgentes e úteis. Que vão ajudar a resgatar a dignidade e bem estar de toda a nossa sofrida população.”

Comentário do Blog.

Este Blog não decretou sua sentença de morte, caro Eduardo (sua metáfora foi mal aplicada).

Sobre a pergunta “A quem interessa esta desconstrução da minha pessoa?”, acreditamos que a crítica à sua postura equivocada interessa à democracia. Para nós, o governo Jabes Ribeiro é tão reacionário quanto aqueles que desejam o retorno dos militares ao topo do poder.

JUSTIÇA DO TRABALHO EXPÕE A FRAGILIDADE DO JABISMO

Professores ilheenses conquistaram uma vitória importante. A justiça obrigou o prefeito Jabes Ribeiro a pagar o piso nacional.
Professores ilheenses conquistaram uma vitória importante. A justiça obrigou o prefeito Jabes Ribeiro a pagar o piso nacional.

Por Thiago Dias

No âmbito do discurso, o governo Jabes Ribeiro tenta convencer o interlocutor/eleitor sobre seu compromisso com a educação pública. Na prática, não perde a oportunidade de tirar dos professores os direitos que a Constituição Federal lhes garante.

A Lei 11.738/2008 garantiu o piso salarial para profissionais do magistério, em instituições federais, estaduais e municipais. Em agosto de 2011, o Supremo Tribunal Federal reconheceu a constitucionalidade da lei. Conforme o ministro Joaquim Barbosa, ao não garantir a remuneração mínima, o gestor público contribui para a “exploração desumana da mão de obra”.

Segundo a juíza Alice Catarina Pires, titular da 1ª Vara do Trabalho de Ilhéus, a prefeitura pagou o piso até 2012 e deixou de fazê-lo assim que o prefeito Jabes Ribeiro reassumiu o Palácio Paranaguá, em 2013.

(mais…)

POLICIAIS FEDERAIS PROTESTAM NO AEROPORTO DE ILHÉUS

No último protesto realizado no Aeroporto Jorge Amado, os federais distribuíram pedaços de pizza.
No último protesto realizado no Aeroporto Jorge Amado, os federais distribuíram pedaços de pizza. Foto: Blog Agravo.

Nesta quarta-feira 2, agentes federais de todo país vão protestar contra o governo Dilma. Segundo eles, a Polícia Federal está sucateada e os profissionais deste órgão não são reconhecidos e valorizados.

Em Ilhéus, os federais escolheram o Aeroporto Jorge Amado como palco do protesto. Entre 15 e 17 horas, eles paralisarão suas atividades para entregar panfletos à população. O objetivo é conscientizar a sociedade sobre os problemas enfrentados pelos servidores da Polícia Federal.

Na última manifestação realizada no aeroporto, os agentes federais distribuíram pizzas como forma de protesto.