PRESIDENTE DO PC DO B COBRA NEWTON LIMA: “APRESENTE A GRAVAÇÃO”

Rodrigo Cardoso.
Rodrigo Cardoso.

Nesta segunda-feira 7, o radialista Vila Nova, do programa O Tabuleiro (Conquista FM), entrevistou Rodrigo Cardoso, presidente do PC do B em Ilhéus. A acusação do ex-prefeito Newton Lima contra cinco vereadores ilheenses foi o tema central da conversa. 

Conforme Rodrigo Cardoso, a mesa-diretora da Câmara não deve abrir processo de investigação enquanto o ex-prefeito não apresentar as provas que disse ter. Newton Lima agiu para desviar o foco do seu problema e não comprovou nada.

O presidente do PC do B chegou a cobrar Newton Lima: “apresente a gravação”

Porém, caso a procuradoria jurídica da Casa interprete que já há elementos para iniciar o processo, Rodrigo defende a abertura do inquérito. Escute abaixo. 



2 responses to “PRESIDENTE DO PC DO B COBRA NEWTON LIMA: “APRESENTE A GRAVAÇÃO”

  1. Ao nosso entendimento, só existe uma forma de provar à população e aos eleitores, que os vereadores e a própria Câmara não estão com as mãos e a idoneidade moral sujas pelo achaque, extorsão, chantagem e tentativa de furto a que lhes atribuiu o ex-prefeito Newton Lima, na condição de vítima. Que todas as supostas “vítimas” ingressem individualmente com ações de reposição por danos morais e injúria, contra as supostas denúncias,”inverdades”, gritadas na Tribuna da Câmara pelo ex-prefeito cara à cara com os vereadores e presidente da Casa em exercício!
    Quem não deve, não teme. A passiva aquiescência silenciosa dos vereadores citados, nesse caso, é uma prova de confissão tácita e a admissão pública das inculpabilidades pela tentativa de extorsão cometidas contra o ex-prefeito denunciante. A materialidade do crime fica assim definitivamente configurada.
    Noutro extremo, o acusador em sendo a vítima, pode e deve ajuizar ação criminal contra os citados vereadores que passam a réus confessos.
    Sei não. Acho que não foi fezes que o Newton jogou no ventilador, foi coisa muito pior, tipo Césio 157; estrôncio 90; cepas de antraz; dioxina; etc… Coisa que em Ilhéus, em se lavando, tá novo! Entre mortos e feridos, salvaram-se todos! Só o povo sissifo!

  2. Será que os Partidos tomaram as devidas providências Estatutárias no sentido de que os supostos “envolvidos” sejam ouvidos no Conselho de ética? Acho que faltou ao presidente do PCdoB, informar se o partido abriu processo interno, se houve reunião da executiva municipal para deliberar sobre o assunto. Caso contrário, não faz sentido “usar” a mídia com justificativas capengas. O que mais me surpreende, é o fato de saber que todos os vereadores supostamente envolvidos, fazem parte da base aliada do atual governo municipal. No mínimo, estranho e inédito. As eleições passam e a vergonha é dos inocentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *