APÓS COMENTÁRIO CONTRA JABES, CONQUISTA FM TIRA LUK REI DO AR

Luk Rei criticou Jabes e foi demitido.
Luk Rei foi cortado da programação. Quem mandou tirar do ar?

Na última quinta-feira 10, ao chegar na rádio Conquista FM para apresentar o Força Livre, o radialista Luk Rei foi informado que o programa “está suspenso”. Segundo a recepcionista, a ordem partiu do pastor Adilson Neves, diretor da empresa.

No dia anterior, o radialista havia criticado a administração do prefeito Jabes Ribeiro, especialmente a situação precária do Estádio Mário Pessoa. Luk Rei não descarta a possibilidade de JR ter interferido neste episódio.

Neste sábado 12, o Blog do Gusmão entrevistou o radialista por telefone. Ouça. 



19 responses to “APÓS COMENTÁRIO CONTRA JABES, CONQUISTA FM TIRA LUK REI DO AR

  1. Uma vergonha para uma pessoa que se diz Pastor kkkkk
    A ditadura ainda existe neste pais gente!

  2. Luk fazia um programa com fortes criticas à atual gestão da prefeitura ilheense, e dava espaço para os ouvintes entrar no ar, denunciando os desmandos administrativos do Paranaguá.
    Moral da história: Ilhéus retorna aos tempos dos coroneis, onde quem tem a coragem e a audácia de criticar os poderosos, corre o risco de ser perseguido, demitido do trabalho e ter sua moral colocada em xeque. Triste é perceber tal tática intimidatória, ante a omissão da sociedade ilheense. Uma realidade repugnante, e que reflete os tristes rumos que Ilhéus trilha. Ou seja, como uma capitania que tem dono, e cujos incontentes são intimidados, seja com facadas nas costas, perseguições, ou com demissões sem a menor justificativa aparente. Até quando?

  3. Esse pastor come nas mãos do ditador pelo menos desde a campanha eleitoral, lembro-me do programa Tropa de Elite que saiu do ar e os apresentadores que forma demitidos por citarem o nome do ditador em tom de critica no inicio da campanha.

  4. Mas todo mundo tá cansado de saber que o pastor só faz o que o prefeito manda desde a campanha, até que ele guentou o Luk por muito tempo falando as verdade que acontecem nessa administração jabista que tá uma merda, agora cabe a população sair as ruas e gritar já que nas rádios é proibido.

  5. Sinceramente??? preciso primeiro conversar com o companheiro Elias Reis Presidente do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus. Depois me pronuncio.

  6. A nossa cidade está necessitando de ações do povo, chega de horror. Estamos reféns desses ………., e precisamos de atitudes.

  7. Não podemos esquecer que Jesus foi traido por causa do dinheiro,como diz na Biblia,o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males e nessa cobiça alguns se desviaram na fé,e se transpassaram a si mesmos com muitas dores,I Timóteo-6:10.Devemos confiar só em Deus,esse sim é fiel e verdadeiro.

  8. A LIBERDADE DE IMPRENSA QUE EXISTE NO BRASIL É ESTA, É A QUE O PT E OS QUE O APOIAM DEFENDEM, O BRASIL AINDA TEM MUITO QUE CAMINHAR , MAS NÃO NO SENTIDO CONTRARIO COMO ANDA AGORA…………….
    AS RADIOS DEPENDEM DO DINHEIRO DA PUBLICIDADE DOS ORGÃOS PUBLICOS, E ISSO ACABA SENDO UMA MOEDA DE TROCA, E DE CHANTAGEM PARA OS POLITICOS, TA MANJADO DEMAIS ISSO……………..

  9. Isso de dizer que éum pais democratico é so balela é pura mentira quem manda é quem tem o poder na mão e quem tá com a caneta e pronto . Agora esse pastor Adilson Neve que se diz empresario deveria rever os seus conceito será que ele não e mandado por JR ?? fica a pergunta no ar isso ~´e uma vergonha

  10. é uma vergonha mesmo, uma cidade como a nossa tem um estádio que não tem iluminação nos postes os jogos do campeão baiano tem quer começar mais cedo por falta de iluminação nos postes do estádio, agora quer reprimir o radialista por ele fazer comentários verdadeiros contra essa administração ruim esse prefeito JR não vale nada a cidade ta entregue nada se faz vai trabalhar

  11. Isso é um crime contra a liberdade de imprensa cade o sindicato dos radialistas ou sera que o sindicato dos radialistas tambem anda no bolso do alcaide da provincia de Ilhéus sera q voltamos aos tempos dos coroneis onde quem é contra o prefeito é esfaqueado é demitido das radios etc.

  12. JR É UM DITADOR GENTE,AS PESSOAS TEM QUE ENTENDER QUE INFELISMENTE MUITA GENTE DA IMPRENSA ILHEENSE SE CORROMPE MESMO,E CHAMADO OS JABAZEIROS,MAS TEM UMA COISA MUITO ME ADMIRA ESSE PASTOR AI FAZENDO ISSO,NA VERDADE ELE TAMBEM FEZ ISSO COM LAUDICEIA,FABIO ROBERTO,TROPA DE ELITE E TANTOS OUTROS QUE QUANDO ESTÃO ENCOMODANDO E FALANDO A VERDADE,AI JR MANDA TIRAR DO AR NÉ..AGORA FICO BOBA COMO ISSO NUNCA ACONTECE COM RADIALISTAS DA RADIO SANTA CRUZ,AXO QUE É PQ ELES TAMBEM BABAM PELO EXCELENTISSIMO CORONEL JABES RIBEIRO!!!!

  13. Muito triste pelo retrocesso da nossa cidade !!!, programa bom, locutor excelente e a rádio no seu contexto estava crescendo muito. Só falta agora tirar do ar o da manha e do meio dia !!!!

  14. O profissional suspenso, sempre foi de atitude e determinação com o que diz respeitosamente em favor do povo! Mas o Sr do voto que conseguiu colocar dinheiro no bolso do então seu vice, para desistir da candidatura a prefeito pq achava o senhor Jabes que o então vice-prefeito seria a maior ameaça nas urnas; agora está cantando de galo para os profissionais de imprensa que trabalham com respeito! O Aleluia Fest Faturado, que só atrapalha o transito e rende contratos superfaturados para o prefeito não tem auditoria. E a câmara de vereadores de bico calado pq tb estão comendo para não fazer pratica de suspensão de gastos na prefeitura!!! Esse coronel das urnas disfarçado de prefeito tem que se retirar da Cidade! Povo, vamos mobilizar para a retirada deste ditador “JABES RUSSEM” e os ladrões da câmara de vereadores que estão comendo de boca calada deste canalha!!!

  15. Rachel Sheherazade, em âmbito nacional. Luk Rei, local. Viva a democracia e o respeito à liberdade de expressão!

  16. Caro Sérgio, o caso da Rachel é bem distinto. Ela transgrediu regras da comunicação social, previstas na constituição, como incitar a violência. Luk Rei criticou a administração de um governo que, sinceramente, merece todas as críticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *