ELIANA CALMON ELOGIA MUDANÇAS NO TJ-BA E DEFENDE A LIBERDADE DE IMPRENSA

Eliana Calmon durante entrevista ao BG.
Eliana Calmon durante entrevista ao BG. Imagem: Juliana Rocha.

Durante entrevista ao Blog do Gusmão na última sexta-feira 02, a ex-corregedora do Conselho Nacional de Justiça, Ministra Eliana Calmon, comentou as interferências do CNJ no Tribunal de Justiça da Bahia.

Ministra aposentada do Superior Tribunal de Justiça, Eliana Calmon elogiou a gestão do Desembargador Eserval Rocha na presidência do TJ, principalmente em relação ao corte de despesas.

Pré-candidata ao senado pelo PSB, a magistrada discorreu sobre o hábito de alguns juízes de 1ª instância, useiros e vezeiros na aplicação de “censura prévia” em veículos e profissionais de imprensa.

Ela manifestou posição contrária à prática da mordaça judicial e expôs as ações que desenvolveu no CNJ para instruir os seus colegas de toga.

Eliana Calmon disse que a magistratura nacional desconhece a importância da imprensa como ferramenta de trabalho.

Ouça a entrevista gravada na Faculdade de Ilhéus durante o encontro regional do PSB.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *