JACOBINA E COLO-COLO EMPATAM

colo-coloJacobina e Colo-Colo não saíram do zero na primeira partida da final da “Segundona”, realizada neste sábado 17, no Estádio José Rocha, em Jacobina. A volta está marcada para o dia 25 (domingo), às 15h, no Estádio Mario Pessoa, em Ilhéus. O Tigrão terá a vantagem do empate, porque foi melhor na primeira fase. 

Tentativa de sabotagem. Segundo o repórter Thiago Rapôso, um dirigente do Jacobina, identificado como Delfi, tentou “colocar um produto” na comida dos jogadores do Colo-Colo. O dono do restaurante onde a equipe almoçava percebeu a ação e alertou o técnico do Tigre, Fernando Dourado. 

Ainda de acordo com Rapôso, o mesmo dirigente ofereceu dinheiro a jogadores do Colo-Colo. Fernando Dourado repudiou a ação. 

FÃ TATUA “LUAN SANTANA” NA BUNDA

Imagem publicada no Instagran.
Imagem publicada no Instagran.

Escrever sobre a imagem acima não é fácil. O corpo é “o lugar” dos tabus. Para a tradição greco-cristã, ele é o veículo da alma, e a idolatria quase sempre envolveu a relação da humanidade com o sagrado. Talvez esse seja o pano de fundo de todos os debates sobre os limites morais, estéticos e científicos da humanidade. Regulamentar o aborto, o uso da maconha, as intervenções genéticas ou o trabalho das prostitutas são desafios políticos relacionados diretamente com o que sabemos e inventamos sobre nossos corpos.

Mesmo isolada, essa bunda tem sentimentos, integra um ser. Ainda que anônima e diluída no estereótipo da “fã apaixonada”, uma pessoa decidiu tatuar o nome de Luan Santana na nádega. Fazer isso foi uma escolha – exercício da sua liberdade. Não faltarão críticos para alertá-la sobre a efemeridade dos ídolos. Porém, basta ler os comentários a respeito da imagem na internet para pensar que, se fosse “Chico Buarque”, ficaria melhor.

Não identificamos a fã, mas, a tatuagem é real. A imagem foi publicada no Instangran e reproduzida pelo site SimCurti

ATENÇÃO! CUIDADO COM AS PRAIAS DO MARCIANO, SÃO MIGUEL, MALHADO E OPABA

Praia do Opaba. Foto: Blog do Gusmão/Thiago Dias.
Praia do Opaba. Foto: Blog do Gusmão/Thiago Dias.

Segundo análises do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), quatro praias ilheenses estão impróprias para banho. São elas: a Barra do São Miguel (em frente à rua de acesso à praia), Praia do Marciano (próxima ao Bar Litrão), Praia do Malhado (próxima à escultura da sereia) e a Opaba (próxima à barraca Brilho do Luau). 

O instituto recolheu amostras da água do mar durante cinco semanas. A praia é considerada imprópria para humanos quando os índices de coliformes fecais são altos. 

O Inema também recomenda evitar o mar nos dias de chuva, pois o arraste de detritos através das galerias pluviais aumenta os índices de poluição.

Independente do clima, “é desaconselhável o banho próximo à saída de esgotos, desembocadura dos rios urbanos, córregos e canais de drenagem”, disse o Inema. 

PRINCESA ISABEL: EXPLOSÃO NA REDE ELÉTRICA ASSUSTA MORADORES

Apagão de energia na Princesa Isabel.
Apagão elétrico na Princesa Isabel.

Por volta das 2 horas da madrugada desse sábado, 17, uma explosão muito forte na rede elétrica acordou moradores da Avenida Princesa Isabel, em Ilhéus, nas imediações do Supermercado Meira.

Desde o forte estrondo, a comunidade aguarda o retorno da energia elétrica. No serviço 0800, atendentes da Coelba não informam quando o serviço será restabelecido.

Segundo moradores ouvidos por este blog, a Coelba esteve no local e não fez o reparo.

Tentamos contato com Adriana Tenório, coordenadora da empresa na cidade, mas não tivemos sucesso.

Atualizado às 19h40.

Adriana Tenório, coordenadora regional da Coelba, nos informou que o fornecimento de energia elétrica foi normalizado na Av. Princesa Isabel a partir das 18 horas.

ILHÉUS: GAME OF BMX REÚNE INICIANTES E “FERAS DA BIKE”

As bikes vão invadir o espaço aéreo da Av. Soares Lopes. Atleta: Carlos Augusto. Foto: Blog do Gusmão/Thiago Dias.
Atleta: Carlos Augusto. Foto: Blog do Gusmão/Thiago Dias.

A Associação Ilheense de Esportes Radicais e a equipe Conceito Forte BMX vão realizar o Game of BMX 2014, a partir das 9h30 do dia 25 (domingo), na Avenida Soares Lopes, em Ilhéus.

A inscrição custa R$ 15 para atletas iniciantes e R$ 20, para os da categoria open. Pilotos (bikers) de Porto Seguro, João Pessoa, Aracajú, Eunápolis, Itabuna, Ilhéus, Vitória da Conquista, Itapetinga e Feira de Santana já confirmaram presença.

Neste sábado 17, conversamos com Carlos Augusto Santos, um dos organizadores da 3º edição do Game of BMX.  Ele explicou que a competição será no formato Line Contest, 1vs1. Na disputa, os dois atletas têm 5 minutos para executar as manobras. Quatro pilotos disputarão a final de cada categoria.

Carlos agradeceu a todos os apoiadores – veja a lista no cartaz , e destacou o apoio do Centro Educacional Fé e Alegria, que cedeu o espaço da escola, no bairro Nossa Senhora da Vitória, para alojar os atletas. Também convidou a população ilheense para prestigiar o evento.

Clique em “leia mais” para  assistir a chamada do Game of BMX 2014 e o filme “A rua é meu lugar”.

(mais…)

POUCOS ACREDITAM NA PUREZA DE ESPÍRITO DA “MADAME SUSTENTABILIDADE”

Poucos acreditam na pureza de espírito da"madame sustentabilidade".
“Madame sustentabilidade”: exemplo negativo para a democracia.

A democracia sai fortalecida quando o Ministério Público, seja ele estadual ou federal, fiscaliza as ações dos governantes, visita postos de saúde e escolas, e denuncia irregularidades à justiça.

Da mesma forma, ganha o país e o estado democrático de direito quando conselheiros municipais vasculham prefeitos e desaprovam políticas que beneficiam apenas um setor empresarial, fazendo valer a vontade da maioria da população, carente de serviços públicos de melhor qualidade.

Outro exemplo de grande importância ocorre quando entidades da sociedade civil mapeiam indicadores sociais de municípios para, posteriormente, fazerem ampla divulgação. Dessa forma, o chamado terceiro setor torna público os principais problemas das cidades e auxilia os alcaides a fazerem as correções, e consequentemente, promoverem a diminuição dos índices da desigualdade.

Infelizmente, a democracia dá passos largos para trás quando vem à tona que uma ativista da sociedade civil não fiscaliza um governante, porque um secretário sabido empregou um ente querido da “madame sustentabilidade” numa empresa que presta serviços à prefeitura.

Quando descoberta, a figura cai na defensiva e passa a dar explicações tolas, do tipo: “Eu não sou babista, chapista ou carlista. O meu compromisso é fortalecer o poder constituído”. Quanta bogabem! Sendo o governante uma figura pública bastante impopular (dado à práticas questionáveis e ilegais) e percebendo a massa crítica que essa ativista lhe faz vistas grossas, é óbvio que perderá o respeito.

No final, ao lado do governante antidemocrático, adepto da não transparência e recordista em processos por improbidade administrativa, surge na penumbra a figura da ativista arrogante, prepotente, que só pensa no próprio umbigo, um arremedo da democracia. Essa “personalidade” utiliza do prestígio adquirido para manter a subsistência.

Como todo cidadão pode e deve buscar meios normais para quitar suas contas, seria mais digno que a “madame sustentabilidade” fosse honesta consigo mesma (e com a massa crítica), admitindo ser “babista, chapista ou carlista”. Afinal, ela também tem esse direito.

Só não é correto apelar para a ingenuidade de quem não é bobo e percebe o quanto ela é superficial e oportunista.