ASPRA DESCARTA PARALISAÇÃO DA PM-BA

aspra logoA coordenação da ASPRA-BA esclareceu que os policiais militares da Bahia não vão participar da paralisação que envolverá agentes de segurança pública de vários estados brasileiros. 

Augusto Júnior, coordenador da ASPRA em Ilhéus, afirmou que a associação manterá o diálogo aberto com o Governo da Bahia. 

Leia a nota de esclarecimento divulgada pela ASPRA-BA nesta quinta-feira (22).

“O coordenador-geral em exercício da Aspra/Bahia, Fábio Brito, divulgou nota, na manhã desta quinta-feira (22/05), esclarecendo aos seus associados que a Entidade não integra mobilizações envolvendo policiais federais e civis no território nacional. “Nossos objetivos, neste momento, são a soltura do vereador soldado Prisco, honrar nosso compromisso de não deixar a sociedade refém da criminalidade e o desbloqueio definitivo das contas da Associação”, afirmou Brito. 

Conforme informações da Entidade, apesar de vários estados do Brasil apoiarem, esta semana, uma paralisação reivindicando nivelamento do salário dos policiais e melhores condições de segurança e infraestrutura para a categoria, as seis Entidades baianas de defesa dos direitos dos militares não quebrarão o acordo com Estado que garantiu conquistas para a categoria, finalizado no mês de abril.

“Nós manteremos o diálogo com o Governo aberto no sentido de alcançarmos mais e mais garantias futuras para os militares baianos. Por isso, estamos orientando os militares a continuarem trabalhando normalmente”,afirmou Augusto Júnior, coordenador da regional da Aspra/Ilhéus.”



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *