ITABUNA: JUSTIÇA OUVE TESTEMUNHAS DO “CASO NADSON”

Protesto realizado após a morte de Nadson. Imagem: Plantão Itabuna.
Protesto realizado após a morte de Nadson. Imagem: Plantão Itabuna.

Às 13:30h dessa quinta-feira, 6, em Itabuna, o Fórum Rui Barbosa vai sediar audiência de instrução sobre a morte de Nadson Pereira de Almeida. O adolescente de 14 anos morreu ao cair da motocicleta que dirigia enquanto era perseguido por uma viatura policial, no dia 16 de fevereiro de 2014, no bairro itabunense Jorge Amado. Sete testemunhas e dois declarantes serão ouvidos amanhã pela justiça.

Em julho desse ano, quatro promotores do Ministério Público Estadual apresentaram denúncia contra o policial militar Wallace Feitosa da Silva. Conforme o MPE, a perícia técnica concluiu que a viatura dirigida pelo PM foi danificada pelo contato com a traseira da moto pilotada por Nadson. O choque provou a queda fatal.

De acordo com a denúncia do MPE, o PM “agiu com dolo eventual”. Ou seja, ele assumiu o risco de matar o jovem perseguido quando provocou o choque entre os veículos.

Os promotores observam, ainda, que a ação do policial “impossibilitou a defesa” da vítima, pois a viatura atingiu a moto por trás, de modo que Nadson “não poderia esboçar qualquer reação”. Se for aceita pela justiça, essa interpretação pode agravar a pena eventualmente imposta ao militar. 



3 responses to “ITABUNA: JUSTIÇA OUVE TESTEMUNHAS DO “CASO NADSON”

  1. Infelizmente o menino teve um fim trágico, mas tudo poderia ter sido evitado se ele não saísse pilotando (era menor de idade, não habilitado), sem capacete (exposto) e não fugisse de uma blitz. O policial também é vítima nessa história.
    Que os pais fiquem atentos para que seus filhos aprendam a obedecer e tenham limites. Assim poderemos viver numa sociedade justa onde a paz e a felicidade imperem.

  2. sem capacete???? ou vc nao sabe de nada rapaz e veem pra cá falar merda!
    vai me dizer que seu filho nunca te desobedeceu? acho que maria mae de jesus esse sim menino era perfeito ja se foi a muito tempo!
    o policial é vitima porra nenhuma. ele é treinado para lidar com essas situaçoes sabia? espero que eles fiquem soltos vai até seu bairro ai paass por cima de seu filho e ai voce vem aki e publica isso do mesmo jeito taH!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *