CONSELHO DENUNCIA GOVERNO JABES POR COMPRA SUPERFATURADA DE CADEIRAS DE RODAS

Comparação entre preços pagos pelo governo e os valores de mercado.
Imagem do relatório do conselho.

O Conselho Municipal de Saúde aprovou encaminhamento de denúncia aos Ministérios Públicos Federal e Estadual por “forte indício” de superfaturamento nas contas da Secretaria de Saúde de Ilhéus. Os conselheiros aprovaram o parecer da comissão de finanças de forma unânime, no dia 6 de outubro de 2014.

De acordo com o texto aprovado, a secretaria pagou R$ 3.985,00 por cada cadeira de rodas, enquanto o valor de mercado do mesmo produto não passava de R$ 1.500,00. A diferença chegou a R$ 2.485,00. 

A BCR EQUIPAMENTOS PARA ESCRITÓRIO LTDA – ME venceu o pregão presencial 27/2013, realizado no dia 9 de dezembro de 2013. Além das cadeiras de rodas,  a empresa também forneceu materiais de escritório ao Governo Jabes Ribeiro. O valor total do contrato foi de R$ 755.500,00. 

MORTE DE MANOEL DE BARROS ENLUTECE A LINGUAGEM

O poeta Manoel de Barros faleceu nessa quinta-feira, 13, aos 97 anos. A linguagem declarou luto oficial. Só a rebeldia do poema romperá o silêncio.

Manoel de Barro.
Morreu de manhã: gostava de amanhecer.

Os deslimites da palavra

Ando muito completo de vazios.
Meu órgão de morrer me predomina.
Estou sem eternidades.
Não posso mais saber quando amanheço ontem.
Está rengo de mim o amanhecer.
Ouço o tamanho oblíquo de uma folha.
Atrás do ocaso fervem os insetos.
Enfiei o que pude dentro de um grilo o meu
destino.
Essas coisas me mudam para cisco.
A minha independência tem algemas

Manoel de Barros. 

AFUNDOU O MANDATO DE CARANHA, PODE AFUNDAR O MANDATO DE MAGAL

A cor da farda poderia ser laranja.
A cor da farda poderia ser laranja.

Este é o guarda municipal Nascimento Junior, auxiliar do vereador Fabio Magal (PSC).

Entre 2005 e 2008, o guarda foi assessor parlamentar do ex-vereador Caranha, também de Ilhéus.

Moradores do bairro Hernani Sá comentam que ele foi um dos responsáveis pelo péssimo desempenho de Caranha.

Nascimento tem fama de incompetente, desleal e aprecia “suco de laranja”.

O vereador Fabio Magal deve ter cuidado com esse “vício” do guarda e com certas drogas vendidas numa farmácia do Nelson Costa.

Sua assessoria pode estar “quase” que inteiramente contaminada.

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 50 VAGAS DE EMPREGO NESSA SEXTA

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa sexta-feira (14), na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Atendente Central Telemarketing

  • Formação: Ensino Superior Incompleto

  • 10 vagas

Cobrador de Transporte Coletivo

(Vaga Exclusiva para PCD)

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 1 vaga

Auxiliar Administrativo

(Vaga Exclusiva para PCD)

  • Formação: Ensino Médio Completo

  • 1 vaga

(mais…)

HAJA PACIÊNCIA!

James e Jabes.
James e Jabes. Imagens: Agravo e Pimenta.

O vereador James Costa (PMN) integra a base do Governo Jabes Ribeiro na Câmara de Ilhéus. Segundo o Blog de Ilhéus, James protocolou requerimento para pedir explicações ao prefeito Jabes Ribeiro (PP) sobre o andamento das obras da creche do bairro Salobrinho.

O gesto protocolar do edil não passa de um sinal de rebeldia: um aceno para o eleitorado insatisfeito. Ou acabou a paciência e James vai romper com o governo? A votação para a Presidência da Câmara será no dia 17 de dezembro. Com essa data importante na agenda local, a política vira terreno fértil para o diálogo.

Este blog já imagina o que Jabes pode responder ao aliado rebelde. Ele chamará o vereador para dizer: “Tenha calma, James, a creche será construída”. E para arrematar o coração do edil, como de costume, JR recorrerá a Shakespeare: “Pobre do homem que não tem paciência”. 

NOVA PRAÇA À VISTA

Reforma da Praça São João Batista. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.
Reforma da Praça São João Batista. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

O grupo Cidadelle estima que a primeira parte da reforma da Praça São João Batista, do bairro Pontal, será concluída até o final de dezembro. Enquanto isso, por questão de segurança, o canteiro da obra continua cercado, o que aguça a curiosidade dos que estão ansiosos pela reinauguração desse espaço público. Registramos a imagem hoje, 13. A pequena arquibancada próxima à quadra já começa a ganhar forma. 

PALAVRA DE MINISTROS

janio de freitasPor Janio de Freitas/Folha de S. Paulo

Aos olhares simplificadores, as atitudes da ex-ministra Marta Suplicy e do Gilberto Carvalho pareceram críticas de igual intenção. E até de igual importância. Muitos precisam alegrar-se com o que apareça, para reconstruir-se depois de lançarem a desconstrução como programa eleitoral. E ruírem.

Se alguém esperasse que Marta Suplicy se demitisse com uma carta de agradecimento pela oportunidade recebida, poderia supor também algum significado maior na carta pontiaguda que cravou na presidente e, claro, divulgou na internet. Mas Marta Suplicy foi só a Marta Suplicy.

Gilberto Carvalho também foi Gilberto Carvalho. Calmo, delicado, com a franqueza de sempre, disse verdades sobre o governo, sobre a Presidência de que é o secretário-geral e sobre Dilma Rousseff. Suas constatações resultam em críticas que são inquestionáveis no fundamento e não ficam nas estreitezas temáticas dos economistas e dos jornalistas.

(mais…)

REUNIÃO DECISIVA DO CONSELHO DE SAÚDE DE ILHÉUS

A partir das 14:30h dessa quinta-feira, 13, membros do Conselho Municipal de Ilhéus vão se reunir na sede da entidade, no bairro Pontal. A pauta mais importante do encontro diz respeito ao Relatório Quadrimestral de Gestão do Fundo Municipal de Saúde. Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil e do Ministério Público Estadual devem acompanhar a discussão.

A sede do Conselho Municipal de Saúde fica na Rua Castro Alves – nº 270. 

ITABUNA: JUSTIÇA CONDENA MARMORARIA APÓS MORTES DE FUNCIONÁRIOS

Djalma Santana
Djalma Santana e Paulo Cerqueira foram esmagados por pedras de mármore.

A Marmoraria e Material de Construção Cardoso Ltda. foi condenada esta semana pela Justiça do Trabalho a pagar indenização de R$ 25 mil por descumprimento de normas de segurança e saúde do trabalho. A ação civil pública foi movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia, após as mortes de dois trabalhadores. A sentença foi proferida pela juíza Eloína Maria Barbosa Machado, da 2ª Vara do Trabalho de Itabuna.

O acidente ocorreu no pátio de estocagem da empresa, onde são armazenadas placas de rochas artesanais, mármore e granito, submetidas a beneficiamento e depois comercializadas. Segundo a auditoria fiscal realizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o terreno era acidentado e instável, o que dificultavam o acesso, o deslocamento de pessoas e materiais, portanto impróprio para execução de tarefas, sendo a marmoaria responsabilizada pelo acidente de trabalho ocorrido.

Dentre as irregularidades estavam a estocagem de materiais inadequada, insegura e perigosa, terreno irregular, modo operatório inadequado e perigoso à segurança, mão de obra sem treinamento adequado, falta de supervisão e monitoramento, não emissão de ordens de serviços obrigatórias, falha no transporte de materiais, tarefa mal concebida, entre outros. Os operários mortos no acidente foram Djalma Santana e Paulo Santos Cerqueira. Eles morreram esmagados por pedras de granito.