CONSELHO DENUNCIA GOVERNO JABES POR COMPRA SUPERFATURADA DE CADEIRAS DE RODAS

Comparação entre preços pagos pelo governo e os valores de mercado.
Imagem do relatório do conselho.

O Conselho Municipal de Saúde aprovou encaminhamento de denúncia aos Ministérios Públicos Federal e Estadual por “forte indício” de superfaturamento nas contas da Secretaria de Saúde de Ilhéus. Os conselheiros aprovaram o parecer da comissão de finanças de forma unânime, no dia 6 de outubro de 2014.

De acordo com o texto aprovado, a secretaria pagou R$ 3.985,00 por cada cadeira de rodas, enquanto o valor de mercado do mesmo produto não passava de R$ 1.500,00. A diferença chegou a R$ 2.485,00. 

A BCR EQUIPAMENTOS PARA ESCRITÓRIO LTDA – ME venceu o pregão presencial 27/2013, realizado no dia 9 de dezembro de 2013. Além das cadeiras de rodas,  a empresa também forneceu materiais de escritório ao Governo Jabes Ribeiro. O valor total do contrato foi de R$ 755.500,00. 



2 responses to “CONSELHO DENUNCIA GOVERNO JABES POR COMPRA SUPERFATURADA DE CADEIRAS DE RODAS

  1. Sem sobra de dúvida, este pode ser um forte indicativo que aponta para a necessidade de que se submeta a acurada auditagem essas continhas não só da saúde, mas de outras secretarias que movimentam somas expressivas dos recursos do município.
    Consideremos um simples indicativo para tamanha distorção: a empresa Centersaude, tel. (11) 3360-2658, vende por R$325,50 parcelado em até 6 vezes sem juros, Cadeira de Rodas modelo 1009 da Jaguaribe, que é confeccionada em aço carbono, o que garante alta durabilidade da cadeira, possui sistema dobrável em X, apoio de braço removível, facilitando o armazenamento durante viagens. O encosto em nylon proporciona maior facilidade de higienização! Repito o valor R$325,58! Ou seja, o valor cotado está 700% acima do valor real para aquisição de equipamento semelhante. Um espanto! Seriam as tais cadeiras de rodas licitadas, banhadas a ouro? E esse governo ainda nem apontou o presidente da Câmara que deverá ser aclamado para o cargo!
    Talvez isso explique o porque de Ilhéus estar como vemos.

  2. Meu mordomo, seu Tibúrcio, tentou contemporizar os altíssimos valores cotados e adquiridos pela Secretaria de Saúde, com os seguinte argumentos, digam-se, até certo ponto convincentes:
    1) Cadeira de rodas automotivas equipadas com motor V8 5.0 BMW.
    2) Bombo sanfonado em seda em seda egípcia sobre estrutura de marfim.
    3) Armário em mogno e cedro do Líbano entalhado à mão, com arquivo com 7 gavetas.
    Conclui que a reflexão cautelosa do nosso mordomo, o Tibúrcio, nesses termos, está parcialmente correta. Ou não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *