BCR RESPONDE DENÚNCIA SOBRE SUPERFATURAMENTO DE CADEIRAS DE RODAS

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa.

Segundo o Conselho Municipal de Saúde, há “forte indício” de superfaturamento em contrato firmado entre a Secretaria de Saúde de Ilhéus e a BCR EQUIPAMENTOS. Os conselheiros afirmaram que a empresa vendeu ao governo cadeiras de rodas que custavam R$ 1.500,00 por R$ 3.985,00 (veja aqui). A direção da BCR respondeu a denúncia. Conforme a resposta, cada unidade custou R$ 2.186,00 ao município.

Solicitamos a resposta num formato de arquivo cujo texto pudesse ser copiado, mas, a empresa BCR preferiu enviar nota escaneada. O documento está dividido em três partes. Clique nos links para acessá-los:  parte 1, 2 e 3.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *