A FUTURA ESTRADA LITORÂNEA ILHÉUS–CANAVIEIRAS-PORTO SEGURO

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa.

Por José Henrique Abobreira

Além de ser uma cidade privilegiada pela natureza, a nossa Ilhéus tem pinta de metrópole.  Aqui as tendências de moda e comportamento, além das informações de jornais, revistas e pessoas do mundo inteiro, chegam de jato ou transatlântico. Claro que por ser uma urbis dotada de aeroporto e porto internacional, que recebem visitantes globalizados, não tinha de ser diferente.

Dito isso, vamos à nossa história a respeito de um importante projeto surgido em 1995 e que beneficiou toda a infraestrutura das cidades turísticas do nordeste brasileiro, incluindo aí Ilhéus, Valença, Porto Seguro, Trancoso, Cairu e Morro de São Paulo.

No final de 1994, ao ler o Jornal do Brasil, do Rio de Janeiro, que chegava via Vasp ou Varig pontualmente às 9h da manhã aqui no aeroporto do Pontal, tomei conhecimento de que o presidente da República, Itamar Franco, embarcara para Washington, nos EUA, com a finalidade de assinar um convênio com o BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento.

O governo federal planejava implantar um programa denominado PRODETUR- Programa de Desenvolvimento do Turismo – no Nordeste Brasileiro. Ele financiaria projetos para a construção de estradas, obras de saneamento básico e revitalização e restauração de sítios históricos.

(mais…)

NIGÉRIA: ATENTADOS MATAM CERCA DE 2 MIL EM CINCO DIAS

Radicais do Boko Haram assumiram a autoria dos atentados. Imagem: G1.
Radicais do Boko Haram assumiram a autoria dos atentados. Imagem: G1.

A estimativa é da organização humanitária Anistia Internacional. Nessa sexta-feira, 9, a ONG se pronunciou sobre os ataques do grupo radical Boko Haram em várias partes da Nigéria. Nos últimos cinco dias, os atentados deixaram cerca de 2 mil mortos no país africano.

Segundo a organização Council on Foreign Relations, o Boko Haram matou mais de 10 mil pessoas em 2014 na Nigéria. Os seguidos ataques abalam profundamente a estabilidade política, cultural e socioeconômica do país. Conflitos econômicos e religiosos se confundem no caos gerado pelo terror.

Com informações do G1.

A CONSCIÊNCIA CIDADÃ DEVE SER CULTIVADA

Entulho jogado ao lado da Praça São João Batista,  que está em reforma.
Entulho ao lado da Praça São João Batista, que está em reforma.

O bairro Pontal, em Ilhéus, sofre com a falta de consciência cidadã de parte dos seus habitantes. Em reforma, a Praça São João Batista virou um dos alvos preferidos dos que usam qualquer espaço público como depósito de entulho e lixo.

José Henrique Abobreira, membro do Movimento Pontalense de Cidadania (MPC), lamenta o desrespeito ao patrimônio público. “Esse é um problema causado pela falta de conscientização social. Precisamos cultivar consciências. Esse é o caminho para transformar um bairro, uma cidade, o mundo. Não é à toa que a palavra cultura tem sua origem associada à agricultura. A consciência cidadã deve ser cultivada”.

Segundo Henrique Abobreira, parte da praça que já foi reformada tem sido usada de forma indevida por esqueitistas. “Sei que faltam lugares adequados para a prática do esporte na cidade. Os meninos se viram com o que tem, no entanto, aquele espaço não foi feito para isso”.

Conforme Abobreira, o MPC vai propor um plano de ações às Secretarias Municipais de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente. “Todos os esforços se voltarão para a abertura de canais de diálogo, reuniões públicas, com moradores, comerciantes, autoridades, técnicos e qualquer pessoa interessa em contribuir para a construção de um debate saudável. É bom deixar claro que o movimento não quer ‘dedurar’ ninguém nem impor punições ou coisas parecidas. Nosso propósito é ampliar os espaços de debates”. 

NOMEAÇÃO DE “ZERI” GERA POLÊMICA

Zerinaldo Sena. Imagem: Catucadas.
Zerinaldo Sena. Imagem: Catucadas.

O presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Tarcísio Paixão, nomeou o ex-vereador Zerinaldo Sena para o cargo de assessor de imprensa. A nomeação surpreendeu comunicadores locais, pois “Zeri” não tem experiência na área.

Segundo o blog Pimenta, o mais próximo que “Zeri” chegou da comunicação foi ter participado do controle de uma emissora de rádio.

Zeri” pode compensar a falta de traquejo profissional com a vivência política, estima analista ouvido por este blog. “Ele é jeitoso e muito educado, qualidades importantes para um assessor.”

Ainda assim, o novo assessor “deve evitar a compreensão errada de que imprensa boa é aquela que só fala bem e se curva servilmente aos poderes, perspectiva muito comum na região”, pondera o analista.