WAGNER DEFENDE DEMARCAÇÃO DO TERRITÓRIO TUPINAMBÁ

Wagner se posicionou como novo titular do Ministério da Defesa.
Wagner defendeu a demarcação como novo titular do Ministério da Defesa.

Da Agência Brasil

Ex-governador da Bahia, cargo que ocupou até essa quarta-feira (31), o novo ministro da Defesa, Jaques Wagner, defendeu no dia 2 de janeiro a demarcação da Terra Indígena Tupinambá de Olivença como forma de amenizar a tensão entre não índios do sul da Bahia e as comunidades indígenas que exigem a demarcação do território que dizem ter pertencido a seus antepassados.

“No sul da Bahia, o caso ganhou transtornos complicados porque o Ministério da Justiça ainda não registrou sua posição. Não quero dizer que fulano ou sicrano tem culpa – até porque, tenho sempre trabalhado em sinergia com o ministro José Eduardo Cardozo e com a Funai [Fundação Nacional do Índio]. Mas, em política, a pior decisão é a que não se toma”, declarou Wagner durante a cerimônia de transmissão de cargo, realizada em Brasília.

(mais…)

PREFEITO DE CANAVIEIRAS CHAMA “IRMÃ ÂNGELA” DE DESGRAÇA

Ângela Sousa e Almir Melo.
Ângela Sousa e Almir Melo.

A informação é do Blog Pimenta. O episódio aconteceu ontem, 19, durante a inauguração do SAC de Itabuna, quando a presença da deputada estadual Ângela Sousa (PSD) foi anunciada.

Segundo o Pimenta, um colega do prefeito disse a ele que Ângela é a “deputada de Canavieiras. Almir Melo desaprovou a associação entre a cidade que administra e o nome da parlamentar: “Deus me livre dessa desgraça”.

Ângela é acostumada a “dar olé” em aliados. Fez isso com Felix Mendonça Junior, Geraldo Simões e Josias Gomes. Apesar da fama de “traíra”, consegue se manter no poder.

Atento aos sinais, Almir não “quer meia” com a deputada. Contudo, não precisava exagerar tanto no adjetivo.

A CRISE DO NEODESENVOLVIMENTISMO

Presidente Dilma Rousseff.
Presidente Dilma Rousseff.

Por Tatiana Berringer /Especial Integração Regional do GRRI e CartaCapital

Desde 2003 diversas iniciativas contribuíram para o “relançamento do Mercosul” e o início de uma fase de cooperação política regional para o desenvolvimento, dando fim a um período de incertezas que o bloco viveu entre 1999 e 2002 em função das crises econômicas no Brasil e na Argentina e à baixa institucionalidade que a iniciativa de integração regional do Cone Sul ainda apresentava.

O Mercosul inscrito no início dos anos 1990 no conceito de regionalismo aberto da Comissão Econômica para América Latina (Cepal), pensado, portanto, para servir de instrumento para a abertura comercial neoliberal, acabou, na verdade, se transformando em um importante ator geopolítico que deu impulso à criação dos novos mecanismos de integração regional sem a presença dos Estados Unidos. As incorporações de questões políticas e sociais deram um novo caráter para a aproximação entre os Estados sul-americanos. O processo de construção da Unasul, que primeiro contou com a formação da Comunidade dos Estados Sul-americanos (Casa), reforçou a luta contra o projeto imperialista da criação da Área de Livre-Comércio das Américas (Alca).

(mais…)

UESC VAI TER MESTRADO EM NEUROLOGIA

A CAPES aprovou o novo mestrado em dezembro de 2014.
A CAPES aprovou o novo mestrado em dezembro de 2014.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) aprovou o curso de mestrado em neurologia da Universidade Estadual de Santa Cruz, no dia 22 de dezembro, informa a assessoria de comunicação da UESC.

 A reitora Adélia Pinheiro exaltou a conquista. “A implantação do primeiro mestrado da UESC na área da saúde é resultado da política de qualificação de docentes e apoio à pesquisa, bem como a busca de alcance da meta institucional de oferta de oportunidade de formação em mestrado em todas as grandes áreas de conhecimento.”

Segundo a reitora, o novo mestrado responde a “antigo anseio da comunidade externa”.

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 36 VAGAS DE EMPREGO NESSA QUARTA-FEIRA

Confira abaixo as trinta e seis vagas disponíveis amanhã, quarta-feira 21, na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Garçom

  • Formação: Ensino Médio Incompleto

  • 6 meses de experiência

  • 2 Vagas

Pintor de automóveis

  • Formação: Ensino Fundamental Incompleto

  • 6 meses de experiência

  • 1 Vaga

Chapista de automóveis

  • Formação: Ensino Fundamental Incompleto

  • 6 meses de experiência

  • 1 Vaga

(mais…)

O DESRESPEITO AOS MÚSICOS REGIONAIS

Imagem: Agência O Globo.
Imagem: Agência O Globo.

A opinião é de um advogado respeitado da região que prefere não se identificar. Ele trabalha com músicos regionais, lida diretamente com esse mercado e acredita que tanto os poderes públicos quanto os empresários do sul da Bahia menosprezam os artistas grapiúnas.

Segundo ele, músicos de Ilhéus e região costumam receber cachês menores que os preços praticados em regiões similares, como o sudoeste baiano.

Além disso, enquanto os contratantes pagam cachês de forma antecipada para músicos de fora, o pagamento de artistas locais muitas vezes é parcelado “a perder de vista”.

Para piorar, alguns proprietários de casas de shows e restaurantes não repassam o couvert artístico para os artistas. Muitos clientes (que até gostam das músicas apresentadas) também não colaboram com o pagamento da pequena taxa.

Por outro lado, o advogado explica que falta união entre os músicos regionais para fortalecer a causa da categoria. Ele planeja uma campanha em torno do assunto, com objetivo de ampliar o debate na região.

FISCAL COBIÇADA

Elisângela Almeida. Imagem: Facebook/Reprodução.
Elisângela Almeida. Imagem: Facebook/Reprodução.

Elisângela Almeida é voluntária do Observatório Social de Ilhéus (OSI) e se dedica a acompanhar e divulgar os pregões presenciais realizados pela prefeitura. Seu trabalho torna mais transparente os negócios realizados com o dinheiro público. Pessoas que comentam suas publicações no Facebook reconhecem o valor dessa dedicação para o município.

O trabalho da fiscal social chamou a atenção de muita gente. A Prefeitura de Ilhéus e uma empresa que costuma participar de pregões municipais tentaram contratá-la.

Ela recusou os dois convites e prefere preservar a identidade da pessoa que a convidou para ingressar no governo municipal. Também não quis revelar o nome da empresa, pois quer evitar represálias.

Elisângela foi irônica ao comentar o episódio: “Jabes jamais me convidaria para trabalhar ao lado dele”.

JABES JUNIOR ASSUME NOVO CARGO NO GOVERNO ESTADUAL

Jabes Junior. Imagem: Facebook/Reprodução.
Jabes Junior. Imagem: Facebook/Reprodução.

Jabes Souza Ribeiro Junior, filho do prefeito Jabes Ribeiro, deixou o cargo de coordenador II da Diretoria Geral da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura. Desde o dia 1 de janeiro, Junior atua como assessor técnico da Assessoria de Planejamento e Gestão da mesma pasta. A mudança foi publicada na edição de 17 de janeiro do Diário Oficial do Estado – confira aqui.

PORTO SUL SÓ TERÁ UM TERMINAL E GOVERNO TENTA SALVAR O PROJETO

Ilustração do projeto Porto Sul/Governo da Bahia.
Ilustração do projeto Porto Sul/Governo da Bahia.

A afirmação é do Bahia Econômica, site de Salvador. Só agora, em 2015, a imprensa da capital reconhece a inviabilidade econômica do projeto Porto Sul, algo que este blog aponta há quase três anos.

Em 9 de julho de 2013, falamos sobre o cenário internacional adverso para a indústria do minério de ferro – confira aqui. Quase um ano antes, em setembro de 2012, a retração do setor também foi noticiada pela Blog do Gusmão – leia aqui.

Em setembro de 2014, escrevemos na introdução de um artigo do pesquisador Roger Moody: a grande oferta internacional de minério de ferro ameaça a viabilidade econômica do Porto Sul. As três maiores exportadoras do mundo, entre elas a Vale, adotaram a mesma tática para lidar com a baixa cotação: produzir mais e diminuir, com o preço baixo, o espaço das empresas menores no mercado. Enquanto isso, a China, que compra 70% do ferro transportado por embarcações, adota políticas de controle do crescimento econômico e planeja a redução de importações dessa commodity. Diante dessa conjuntura desfavorável, a BAMIN ainda precisa considerar o alto custo do processamento do seu produto (inferior ao oferecido em larga escala pelos concorrentes). 

No dia 19 de setembro de 2014, o IBAMA publicou a Licença de Instalação (LI) do Porto Sul. O primeiro turno das eleições foi realizado dezessete dias depois (6 de outubro). Especialista afirmou a este blog que a liberação da obra atendeu exigências eleitoreiras – veja aqui

No dia 31 de outubro de 2014, informamos que o IBAMA publicou a licença 48 horas antes de encerrar  o prazo de um contrato de compra e venda entre as sócias da Bahia Mineração, Zamin (Ardila) e ENRC. Se o documento não fosse publicado naquela sexta-feira, o grupo do Cazaquistão não seria obrigado a pagar uma parcela de 220 milhões de dólares aos empresários indianos que aguardavam a LI com ansiedade – leia aqui.

ILHÉUS: TERRENO VAI SER DESAPROPRIADO PARA OBRA DE SANEAMENTO

Ponto vermelho mostra localização do terreno. Imagem: Google Earth/Reprodução.
Ponto vermelho mostra área do terreno. Clique para ampliar. Imagem: Google Earth/Reprodução.

Ontem, segunda-feira (19), o governador da Bahia, Rui Costa, declarou de utilidade pública uma área de 722,60m² localizada na BA-251, na zona sul de Ilhéus.

O governo vai desapropriar o terreno para implantar a Estação Elevatória EEB-Final do Sistema de Esgotamento Sanitário de Ilhéus, obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (EMBASA) promoverá os atos administrativos e judiciais para concluir a desapropriação, “se necessário em caráter de urgência”, determina o decreto do governo estadual.

José Nazal colaborou com a localização do terreno por meio do Google Earth.