KARINA CHERUBINI DEIXOU ILHÉUS DESILUDIDA COM O JUDICIÁRIO

Karina Cherubini: autora da ACP.
Karina Cherubini.

A transferência da combativa e discreta Promotora Karina Gomes Cherubini até hoje não foi devidamente explicada.

Membro do Ministério Publico Estadual, Karina teve atuação destacada no combate à corrupção, antes de deixar Ilhéus em fevereiro de 2014.

Boatos dão conta de que o Prefeito Jabes Ribeiro teria “mexido os pauzinhos” para transferi-la.

Não é verdade. Por força da Constituição Federal,  os promotores são “inamovíveis”, ou seja, nem mesmo o chefe do Ministério Público da Bahia, Marcio Cordeiro Fahel, pode mudá-los de acordo com a sua vontade. As mudanças acontecem por meio de editais, onde os promotores concorrem pela disputa das vagas disponíveis.

Karina Cherubini, hoje em Vitória da Conquista, tentava deixar Ilhéus há muito tempo. Ela e maioria dos promotores sofrem com a desilusão causada pelo judiciário. Muitas ações são registradas, mas, devido à lentidão, ficam paradas nas prateleiras ou computadores dos fóruns. Por outro lado, ao reconhecer a função do Ministério Público, a comunidade cobra cada vez mais.

A promotora apresentou um artigo com muitos questionamentos à morosidade da justiça, no último Congresso Nacional do Ministério Público realizado em Natal-RN (2013). Setores da magistratura não gostaram e a representação dos MPs preferiu recuar.

Tudo isso levou Karina a deixar Ilhéus. Ela moveu várias ações contra ex-prefeitos.  Newton Lima foi alvo de 137,  Jabes Ribeiro 37.

Contra o atual prefeito não há sequer uma decisão.



3 responses to “KARINA CHERUBINI DEIXOU ILHÉUS DESILUDIDA COM O JUDICIÁRIO

  1. Nossa…ela já trabalhou em Itamaraju, minha Comarca de origem. Trabalhamos juntas. Gente muito boa e muito correta com seu profissionalísmo . Que saudades dessa grande criatura, Dra. Karina !

  2. Conheço a Promotora Karina Cherubini. E em diálogo com a mesma certa feita, numa das pelejas pela efetividade dos serviços públicos me foi dito que este problema da lentidão, da leniência, da morosidade…mutilava em muito a IMAGEM dos outros Poderes [Defensoria, MP] do Sistema de Justiça. Sei bem que Promotora do quilate dela eleva a nossa confiança de que é possível ter ESPERANÇA. Mas sozinha, COMPLICA.
    Pela competência, comprometimento e responsabilidade, em qualquer lugar será bem sucedida.
    Quanto à inamobilidade, já sabia, inclusive isto está na Lei Orgânica do MP.

  3. Não a conheci e nem a conheço sequer de nome. No entanto gostaria de conhecer de perto seu trabalho no Parquet em nome da sociedade e da Justiça deste vetusto Estado e Tribunal.
    Faço votos a bela e competente e corajosa profissional, no sentido de fazer que esses prefeitos e exs., sejam execrados da política da Bahia. Pena que não esteja atuando em Cipó-Ba; Ribeira do Amparo-Ba., casos vergonhosos, não apurados, não condenados, protelados em 1º e 2º graus., que não respeitam sequer determinações do CNJ.m, em julgar ao menos as improbidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *