CONDENADO PELA JUSTIÇA, ABANDONADO POR JORGE BAHIA

O martelo da justiça e a indiferença.
O martelo da justiça e a indiferença.

Empresário conhecido em todo o estado afirma que Jorge Bahia abandonou o ex-prefeito de Ilhéus, Newton Lima. A fonte teve forte relação com o governo passado, venceu licitações e tem amizade antiga com o ex-gestor.

O mesmo afirma que Newton e Bahia fizeram uma poupança para pagar advogados (a origem do dinheiro não foi explicada). A dupla sabia dos muitos problemas que teriam pela frente com dezenas de processos no judiciário.

Outra fonte (dessa vez um advogado) que prestou serviços ao ex-prefeito, contou que Jorge Bahia sequer atende as ligações do homem que lhe entregou o poder com prerrogativas nunca constatadas na história da cidade.

Segundo o Blog de Ilhéus, “a juíza Sandra Magali Brito Silva Mendonça, da 1ª Vara da Infância e da Juventude, cassou os direitos políticos e aplicou multa de 300 mil reais ao ex-prefeito Newton Lima. A decisão atende pedido do Ministério Público da Bahia e foi tomada após o então prefeito descumprir determinação para aumentar a oferta de vagas na rede municipal de ensino.

Segundo a decisão, Newton e a ex-secretária de educação da cidade, Lidiney Campos firmaram acordo com o MP para aumentar a oferta de vagas na rede municipal, por meio da construção de oito escolas e creches. Mesmo havendo verbas de cerca de 5 milhões de reais em caixa, frisa a decisão, a dupla não executou as obras, mantendo o número de vagas na rede insuficiente à demanda.

O pedido do MP em relação à ex-secretária foi negado e ela foi excluída do processo. Para o ex-prefeito, que deixou o comando da cidade em 2012 com rejeição popular recorde, a juíza, além da multa e da suspensão dos diretos políticos, o proibiu de contratar com o poder público. Contra a decisão de primeiro grau, ainda cabe recurso”.

Newton Lima já iniciou seu martírio pelo judiciário, à merce da sorte e dos advogados. Exímio professor de direito ouvido por este blog afirma que o ex-prefeito responderá processos pelo resto da vida.

São 137 ações movidas pelo Ministério Público Estadual, 6 contas reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, 2 indiciamentos por formação de quadrilha em operações da Policia Federal (vassoura-de-bruxa e Pelargós), 1 conta rejeitada pela Câmara de Vereadores (e outra à espera de apreciação) e dezenas de ações movidas pelo Ministério Público Federal.

Enquanto isso, Jorge Bahia toca a sua vida em Ipiaú, numa fazenda comprada por um parente.



2 responses to “CONDENADO PELA JUSTIÇA, ABANDONADO POR JORGE BAHIA

  1. O COSTUME DO CACHIMBO E QUE ENTORTA A BOCA, MAIS TEM OS OUTROS EXEMPLO DOS SECRETÁRIOS; O BICHO JÁ PEGOU E A SABIA MUDOU DE CANTO.

  2. Mero engano meu caro blogueiro, o Jorge Bahia é sempre visto subindo o outeiro e se dirigindo pra casa do ex-prefeito Newton!!!!!! Hoje são pecuaristas fortes!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *