CORONEL DE SAIAS

abobreira artigoPor José Henrique Abobreira/Coluna “Folclore político”

O rio só corre pro mar. Da mesma forma um mandato eletivo bem exercido. Nele deságuam os pedidos de providências e pronta intervenção do político nos casos de injustiça, atos arbitrários e maus tratos à população cometidos por autoridades sem temperança e alheias à postura democrática. Em 1992 a região colheu uma boa safra de vereadores eleitos e que tinham o desiderato verdadeiro de servir à sociedade.

Em Ilhéus Bebeto Galvão e Abobreira, em Itabuna Davidson Magalhães, éramos parlamentares afeitos à luta popular, cujos mandatos transcendiam as fronteiras desses municípios. Todas as frentes de batalha surgidas na região… lá estávamos nós na trincheira do combate, pela reforma agrária, em defesa das minorias indígenas, movimentos dos trabalhadores rurais e urbanos, dos estudantes e pela quebra do monopólio do transporte coletivo. Numa cidade próxima, aqui na região, houve uma agressão descabida a um vereador combativo, o colega Itatelino, de oposição à prefeita local.

Fora desacatado e agredido, na via pública, por prepostos e correligionários da prefeita local.

Fomos chamados a participar de uma sessão especial no legislativo daquela cidade. Seria um ato de desagravo e solidariedade ao vereador atacado pelas forças governistas.

No dia e hora aprazados comparecemos à sessão histórica na sede do legislativo municipal, situado num casarão e cujo plenário funcionava no andar térreo, cercado de janelas.

(mais…)

CONCURSO DA EBSERH ABRE 1.232 VAGAS DE NÍVEIS MÉDIO E SUPERIOR

Acesse abaixo os editais do concurso público.
Acesse abaixo os editais do concurso público.

O Instituo AOCP divulgou os três editais do concurso público da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). O certame oferece 1.232 vagas para o Hospital da Universidade Federal de Juiz de Fora, em Minas Gerais. As oportunidades são para médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, pedagogos, administradores, analista de telecomunicações, advogados, biomédicos, engenheiros (especialidades diversas), entre outros profissionais, além de cargos de nível médio que exigem formação técnica.

O prazo para inscrição começou hoje (9) e terminará no dia 29 de abril, no site do AOCP. A taxa custa R$ 60, R$ 80 ou R$ 120, conforme o cargo em disputa. Os salários variam de R$ 1.730 a R$ 8.252. 

Clique nos links para acessar os editais: área médica, assistencial e administrativa. Os documentos trazem a relação completa de profissões contempladas pelo certame e explicam os procedimentos que envolvem a reserva de vagas para candidatos negros.

MADRE THAÍS OFERECEU SERVIÇOS MÉDICOS NO DIA DA MULHER

Faculdade Madre Thaís homenageou mulheres com uma série de serviços gratuitos prestados por estudantes e professores da instituição.
Faculdade Madre Thaís homenageou mulheres com uma série de serviços gratuitos prestados por estudantes e professores da instituição.

Alunos e professores dos cursos de Enfermagem, Biomedicina e Fisioterapia da Faculdade Madre Thaís (FMT) promoveram atividades voltadas à saúde e bem-estar do público feminino, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher (8). O evento ocorreu no último sábado (7).

As mulheres que visitaram os pontos de atendimento tiveram acesso a serviços de aferição de pressão, tipagem sanguínea, glicemia, massagem, prescrição de exercícios, avaliação postural, aula de zumba, manicure, cabeleireiro, central de homenagens com sorteio de brindes, voz e violão.

“Com as atividades de prestação de serviço à comunidade, comum a todos os cursos da Faculdade Madre Thaís, os estudantes ganham experiência para o mercado de trabalho, enquanto a população se beneficia, nesse caso, para ficar em forma e usar outros serviços sem gastar nada,” frisa a diretora pedagógica Taitiana Barcelos.

GOVERNO JABES ABANDONA RUA DE OLIVENÇA

Rua E, em Olivença. Imagens enviada via WhatsApp por um leitor do Blog do Gusmão.
Rua E, em Olivença. Imagens enviada via WhatsApp por um leitor do Blog do Gusmão.

Um leitor nos enviou imagens da Rua E, no loteamento Água de Milagres, em Olivença – Ilhéus. A via foi abandonada pelo governo Jabes Ribeiro.

O terreno da rua é irregular e cheio de buracos. Para facilitar o acesso à garagem da sua casa, o leitor jogou cimento na parte da via que fica em frente à residência.

Segundo ele, além dos buracos que dificultam o trânsito em Olivença, a comunidade não tem acesso aos serviços médicos do município “há muito tempo”. 

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 28 VAGAS DE EMPREGO NESSA TERÇA-FEIRA

Confira abaixo as vagas disponíveis amanhã, terça-feira (10), na agência  do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Serviços gerais

(Exclusiva para PCD)

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 1 Vaga

Cobrador de ônibus

(Exclusiva para PCD)

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 2 Vagas

Recepcionista Bilíngue

  • Formação: Ensino Médio Completo

  • 2 Vagas

Motorista de Ônibus Urbano

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 5 Vagas

(mais…)

PORTO SUL: OBRAS PODEM DEIXAR ASSENTAMENTO SEM ÁGUA

Agricultores do Assentamento Bom Gosto temem que construção de rodovia soterre as nascentes de água que abastecem a região de itariri, na zona norte de Ilhéus. Imagens: Thiago Dias/Blog do Gusmão.
Agricultores temem que construção de rodovia soterre nascentes que abastecem a região de itariri, na zona norte de Ilhéus. Imagens: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Reportagem: Thiago Dias

O Blog do Gusmão visitou o Assentamento Bom Gosto, em Itariri, zona rural de Ilhéus, na última sexta-feira (6). Conversamos com os assentados sobre os impactos dos projetos da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL) e do Porto Sul. O primeiro impacto é psicológico. A preocupação domina os semblantes dos nossos anfitriões. Eles afirmam que o governo estadual autorizou a construção de uma estrada sobre nascentes de água da região.

Elizeu Teles afirma que mais de seiscentas famílias serão prejudicas, se a rodovia for construída sobre as nascentes.
Elizeu Teles afirma que mais de seiscentas famílias serão prejudicas, se a rodovia for construída sobre as nascentes.

Segundo Elizeu Teles, se a rodovia for construída, todo o distrito pode ficar sem água. “São seiscentas e tantas famílias só em Itariri. Tiramos nosso sustento da terra. Se não tiver água, como é que a gente vai produzir?”

A agricultora Maria
A agricultora Maria Izaudete vive com os dois filhos no assentamento desde 2006.

Dona Maria Izaudete tem dois filhos e vive no assentamento desde 2006. Todos trabalham no pequeno lote da família. Produzem diversas frutas, inclusive cacau. Ela nos mostrou a barcaça que usa para secar as amêndoas do fruto que deu nome à região cacaueira. Eles também não poderão mais produzir, se as nascentes de água forem soterradas pela construção da estrada.

Adeílson
Adeílson Ribeiro.

Na semana passada os assentados participaram de um intercâmbio com outras comunidades atingidas por Bahia Mineração e  FIOL. A Comissão Pastoral da Terra (CPT) organizou o encontro. A Bamin pretende construir uma barragem de rejeito de minério no vale onde estão as nascentes que abastecem três mil famílias do município de Pindaí, oeste baiano. “O problema lá passou até no Jornal Nacional”, comenta Adeílson Ribeiro, que mora no Assentamento Bom Gosto desde 1999, data de sua fundação.

No intercâmbio, Adeílson ficou  impressionado com a repetição dos problemas enfrentados pelos povoados que estão no caminho de FIOL e Bamin. Quase todas as comunidades sofrem com a poluição gerada pelo minério de ferro ou com a falta de água potável. 

O Assentamento Bom Gosto está dentro da área que seria ocupada pela poligonal do projeto Porto Sul. A resistência dos assentados forçou os empreendedores a diminuir o terreno onde eles pretendem instalar os equipamentos de apoio do terminal portuário. Isso evitou a realocação da comunidade.

A família de João Ferreira não teve a mesma sorte. A propriedade da mãe dele fica fora do assentamento e dentro do território considerado “de utilidade pública para fins de desapropriação” pelo governo estadual. Eles ainda não receberam um centavo de indenização, no entanto, não podem mais produzir na terra. Até a casa de farinha foi desativada. “Estou fazendo minha farinha com a ajuda do vizinho. Se não fosse o pessoal do assentamento, eu não teria como sustentar meus nove filhos”, explica o agricultor.

João não aceitou os dez mil reais que o governo estadual ofereceu pela desapropriação da sua terra.
João não aceitou os dez mil reais que o governo estadual ofereceu pela desapropriação da sua terra.

João se alterou ao falar sobre o encontro que teve com representantes da Casa Civil na véspera da nossa conversa. Segundo ele, o governo quer pagar apenas dez mil reais pela desapropriação da terra. A família acredita que a propriedade vale R$ 100 mil. 

Em setembro de 2011, João Ferreira concedeu entrevista marcante ao comunicólogo Emílio Gusmão, editor deste blog. Naquela época o agricultor já se posicionava de forma veemente contra o projeto Porto Sul. Vale a pena assistir (veja aqui).

Jorge Luiz conversa com moradores do Assentamento Bom Gosto.
Jorge Luiz conversa com moradores do Assentamento Bom Gosto.

Marrom de Ilhéus, Osvaldo e Jorge Luiz, militantes do PSOL, nos acompanharam na visita ao assentamento. Jorge refletiu sobre a contradição exposta pelo impasse entre os assentados e o governo. “Vivemos uma crise hídrica, todo mundo está preocupado em conservar as nascentes e o governo apoia uma obra que vai soterrá-las. Não faz sentido”.

PROBLEMAS NO SEU CONDOMÍNIO? ESSE TEXTO PODE TE AJUDAR!

Rafael e logoPor Rafael Brito

Recebemos frequentemente perguntas que têm como pano de fundo o condomínio. Palco de inúmeras relações, por vezes, não tão amistosas, decidimos esclarecer alguns pontos básicos sobre o tema – e que também trataremos em nosso programa semanal na Rádio Clube de Vitória da Conquista/BA. Com autorização dos nossos leitores, reproduzimos algumas perguntas já encaminhadas. Vamos a elas:

1 – Li uma vez que a Convenção é a Lei do Condomínio. Ela é absoluta?

 Resposta: Sim. A Convenção é a Lei do condomínio. Porém, existem limites para ela. Digamos que ela trata das normas mais específicas do condomínio, e devem estar de acordo com as normas gerais do Código Civil brasileiro. Assim, a Convenção dita as principais regras, mas nunca pode contrariar o Código Civil.

2 – Meu vizinho tem um cachorro grande, que sempre me assusta, ele pode mantê-lo mesmo em um apartamento pequeno?

Resposta: Depende. O Código Civil nada trata a respeito, restando à Convenção Condominial o fazer. Ela é quem autoriza ou não a entrada (ou criação) de animais no imóvel, podendo limitar a criação no apartamento, por exemplo, a animais de pequeno porte.

3 – Deixei de pagar a taxa de condomínio, pois estou desempregado, e estão me cobrando juros mais multa de 5%, é legal?

(mais…)

ANS SUSPENDE VENDA DE PLANOS DE SAÚDE DE 4 OPERADORAS

Imagem: Rota do Sertão.
Imagem: Rota do Sertão.

Da Agência Brasil

A resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicada hoje (9) no Diário Oficial da União suspende a venda de planos de saúde e outros produtos de quatro operadoras:  Unimed de Paulo Afonso Cooperativa de Trabalho Médico; Uniodonto Teresópolis – Cooperativa Odontológica; Sociedade Operária Humanitária; e Irmandade Nossa Senhora das Graças.

De acordo com o texto, a decisão teve como base “o indeferimento da autorização de funcionamento e as anormalidades econômico-financeiras, assistenciais e administrativas graves das operadoras”.

A ANS determinou que as quatro operadoras promovam a alienação de suas carteiras (venda, de uma operadora para outra, do direito de prestar serviços a um grupo de consumidores), no prazo máximo de 30 dias contados da data do recebimento da intimação.

JOSIAS GOMES CERCA GERALDO SIMÕES

Geraldo Simões e Josias Gomes.
Geraldo Simões e Josias Gomes.

O prefeito Claudevane Leita (PRB) vai se reunir hoje com Josias Gomes (PT), secretário de Relações Institucionais da Bahia. Segundo o site Bahia 24 Horas, a pauta extraoficial do encontro inclui a possibilidade de o Partido dos Trabalhadores entrar no governo Vane. Se o acordo avançar, o ex-prefeito e ex-deputado Geraldo Simões (PT) receberá a notícia como um balde d’água fria.

Geraldo comanda o diretório itabunense do PT e sonha em voltar a ocupar a cadeira de prefeito em 2016. Tudo indica que a cúpula estadual tem outros planos para a próxima eleição.

Apesar do PRB ter apoiado a candidatura de Paulo Souto (DEM) em 2014, Claudevane contrariou a orientação do partido e manteve-se ao lado do então candidato Rui Costa. A lealdade do prefeito itabunense ao “escolhido” do ex-governador Jaques Wagner é um trunfo para garantir o apoio da cúpula estadual do PT à sua reeleição. 

Com a possibilidade de apoiar a reeleição de Vane, Josias encurrala Geraldo nas cordas e pode acessar espaços valiosos no governo municipal.

DERROTA COLOCA O VITÓRIA NO CAMINHO DO TIGRÃO

Primeiro jogo do confronto de ida e volta será no próximo domingo, 15, em Ilhéus.
Primeiro jogo da quarta de final será no domingo, 15, em Ilhéus.

O Colo-Colo perdeu de um a zero para o Vitória da Conquista no último domingo, 8, em jogo válido pela sexta rodada da fase de classificação do Campeonato Baiano 2015. Apesar da derrota em casa, o time ilheense ficou com a 6ª posição  e avançou para as quartas de final.

O Vitória da capital vai ser o adversário do Tigrão na próxima fase. A primeira partida será no Estádio Mario Pessoa, em Ilhéus, no domingo (15). A volta está marcada para o dia 22, no Barradão, em Salvador. Os outros confrontos dessa fase serão entre Vitória da Conquista e Bahia de Feira, Bahia e Galícia, e Jacuipense e Juazeirense.

Imagem da Federação Baiana de Futebol.
Imagem da Federação Baiana de Futebol.

O Vitória terá a vantagem de jogar por dois resultados iguais contra o Tigrão, porque foi o terceiro melhor colocado na primeira fase. O mesmo critério vai beneficiar Vitória da Conquista (1º), Bahia (2º) e Jacuipense (4º).

Os quatro últimos colocados da primeira fase (Catuense, Serrano, Jacobina e Feirense) jogarão entre si para escapar do rebaixamento.

UFSB ELEGE MEMBROS DO CONSELHO ESTRATÉGICO SOCIAL

Reitor (ao centro) conduz primeira reunião do Conselho Estratégico Social da UFSB.
Reitor (ao centro) conduz a primeira reunião do Conselho Estratégico Social da UFSB.

Realizada na última sexta, 6, a primeira reunião do Conselho Estratégico Social da Universidade Federal do Sul da Bahia contou com as presenças de autoridades regionais, representantes dos movimentos sociais e de  instituições e empresas parceiras.

A reunião teve como principal objetivo eleger o Conselho estratégico Social da UFSB. O reitor Naomar Filho falou sobre a importância do Conselho Estratégico Social, considerando-o um instrumento não apenas para que a sociedade opine e participe dos rumos da universidade, mas também uma forma da instituição contribuir com a comunidade e o desenvolvimento regional.

Foram eleitos os membros protempore do Conselho Estratégico Social, o representante do Conselho Estratégico Social no CONSUNI (Conselho Universitário), e ainda a composição das Comissões Temáticas do I Fórum Estratégico Social da UFSB, evento que acontecerá entre os dias 16 e 20 de Setembro, quando a Universidade completará 2 anos de criação.

O Fórum terá um papel essencial na construção do diálogo com a sociedade, pois será um espaço para reflexões, debates, formulações de propostas, troca de experiências e articulações entre a comunidade universitária, movimentos sociais, poder público, setores empresariais, entre outros.