“LAVA JATO”: NOTA DO PARTIDO PROGRESSISTA

ppA executiva estadual do Partido Progressista (PP) divulgou hoje (10) uma nota de esclarecimento sobre a citação de membros da legenda na lista de políticos investigados pela operação Lava Jato, da Polícia Federal.

O vice-governador da Bahia, João Leão, e o conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Mario Negromonte, estão entre os correligionários do prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, que responderão a inquérito. Leia a íntegra.

NOTA DO PARTIDO PROGRESSISTA (PP)

O Partido Progressista (PP), através da sua Executiva Estadual, vem a público afirmar o seu compromisso com a apuração dos fatos divulgados pela Procuradoria Geral da Republica (PGR).

Para o PP é imprescindível uma investigação transparente, de forma a apontar culpados e excluir inocentes.

Em relação aos membros do Partido Progressista, na Bahia, citados na lista da PGR, a Executiva expressa sua confiança de que, no curso das investigações, restará provada a inexistência de quaisquer atos que desabonem os companheiros.

Qualquer julgamento precipitado vai contra o Estado Democrático de Direito e afronta a Constituição (Lei Magna), que assegura a todos a presunção de inocência até sentença transitada em julgado.

Por último, o PP não compactua com atos ilícitos e confia na apuração da Justiça, para que a Verdade prevaleça.”



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *