CEMITÉRIO SÃO JOÃO BATISTA VIRA “CRIADOURO” DE MOSQUITO DA DENGUE

Túmulo aberto com água acumulada.
Túmulo aberto com água acumulada.

Leitora deste blog afirma que o Cemitério São João Batista foi abandonado. Ela registrou imagens do local, no bairro Nelson Costa, para provar o que diz. 

O mato toma conta da paisagem, e o pior: túmulos abertos acumulam água e viraram “criadouro” do mosquito da dengue, o Aedes aegypti.

Mato toma conta do Cemitério São João Batista.
Mato toma conta do Cemitério São João Batista.

No último dia 17, o Blog do Gusmão informou que Ilhéus ocupava o vergonhoso primeiro lugar no ranking baiano do número de casos de dengue – lembre aqui.

A Prefeitura de Ilhéus é responsável pela manutenção do cemitério.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *