FAZENDAS PRIMAVERA E MONTE ALTO ESTÃO NA ÁREA DESAPROPRIADA POR JABES

Réplica em miniatura da Fazenda Primavera.
Réplica em miniatura da Fazenda Primavera.

A informação é de uma fonte deste blog que prefere não ser identificada. As duas propriedades estão na área de 2,8 milhões de metros quadrados alvo do decreto de desapropriação assinado segunda-feira (11) pelo prefeito Jabes Ribeiro (PP). “São duas fazendas [Primavera e Monte Alto] atingidas em cheio pelo decreto. Se tem outras, não dá para saber imediatamente”, nos disse.

O governo disse que pretende transformar o terreno à margem da Ilhéus-Itabuna no novo Parque Industrial e Logístico do município.

A Fazenda Monte Alto pertence a Raimundo Fontes. Recentemente, a construção de uma ponte molhada sobre o Rio Cachoeira chamou a atenção da opinião pública para a propriedade, mas o empreendimento foi autorizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo de Ilhéus. 

Virgílio Amorim, proprietário da Fazenda Primavera, tem problemas cardíacos. A notícia da desapropriação lhe abalou. Dormiu a última noite sob o efeito de calmantes. 

Por volta das 11h30min dessa quarta (13), tentamos conversar por telefone com o genro de Amorim, o odontólogo Eduardo Rocha, candidato a vereador de Ilhéus pelo PDT em 2012. Sua secretária atendeu e disse que ele estava ocupado. Deixamos nosso número e aguardamos o retorno até o fechamento desta publicação.

BANDA ENTTROPIA LANÇA NOVO ÁLBUM

enttropiaA banda Enttropia nasceu há sete anos em Ilhéus, formada com a união dos músicos Gustavo Maru no baixo, Ariel Fernando na bateria, Danilo Briz na guitarra e o vocalista Thiago Rodrigues. 

Segundo Ariel, “o nome da banda deriva da palavra grega entropia, que significa ‘medida do caos’, uma grandeza matemática utilizada para medir estados de desordem”.

Com elementos do rock progressivo, blues e metal, a banda lançou seu primeiro álbum, Fora do Aquário, em 2013. O segundo, Vinte e Sete Invernos, acabou de sair do forno. Produzido de forma independente num homestudio na zona sul de Ilhéus, “o disco vai mostrar ao mundo que no interior da Bahia tem sim rock autêntico de qualidade”, afirma Ariel. Para ouvir ou baixar as músicas basta acessar neste link a página da banda no Soundcloud.

ILHEENSE DISPUTA SUL-AMERICANO DE JIU-JITSU

Cristiano Santana Santos.
Cristiano Santana Santos.

Cristiano Santana Santos, 23 anos, vai representar Ilhéus no Sul-Americano de Jiu-jitsu que será realizado nos próximos dias 23 e 24, em Vitória, no Espírito Santo.

Ele é faixa roxa e vai competir nas categorias peso-pena e absoluto. Tem no currículo o título de campeão baiano (absoluto), o terceiro lugar na categoria pena da mesma competição e a segunda posição no Campex de Itajuípe, resultado que também conquistou na Copa Fight.

O atleta da Guilherme Fubuia Team espera conquistar o título sul-americano para atrair mais patrocinadores. Para isso, Cristiano antecipou sua viagem para iniciar os treinos na cidade onde a competição será realizada.

Telefone para contato com Cristiano: (27) 99272‑4434‬.

“SITUAÇÃO DOS SERVIDORES DE ITABUNA É DRAMÁTICA”

Wilmaci (com o microfone) lidera protesto dos servidores de Itabuna.
Wilmaci (com o microfone) lidera protesto dos servidores de Itabuna.

A frase é da presidenta do Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna, Wilmaci Oliveira. Conforme o Sindserv, os servidores responsáveis pela limpeza urbana suspenderam suas atividades no início dessa quarta-feira (13) por causa do atraso dos salários de dezembro.

Além disso, o sindicato realizou um protesto em frente à Unidade de Saúde Jose Edites Leites, no bairro São Caetano. De acordo com o Sindserv, o posto médico é considerado unidade de referência pela administração municipal, porém, faltam medicamentos, como vacinas, e os trabalhadores sofrem com os constantes atrasos de salários, vale transportes e tíquetes.

Muitos trabalhadores sequer receberam a segunda parcela do 13º salário. Também continuam os problemas no desconto do crédito consignado. “Trocando em miúdos: a prefeitura desconta o pagamento do empréstimo na folha, não repassa para os bancos e o servidor fica com o nome negativado”, diz nota divulgada pelo Sindserv.

Além disso, revela o sindicato, trabalhadores que entraram de férias não receberam o 1/3 a mais no salário, conforme determina a Consolidação das Leis do Trabalho. Tem trabalhador que já voltou de férias e não recebeu o benefício. Nestes casos, o Sindserv orienta o servidor a procurar a sede da entidade para que autorize a abertura de ação judicial.

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 32 VAGAS DE EMPREGO NESSA QUINTA-FEIRA

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa quinta-feira (14) na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Trabalhador Rural

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 01 vaga

Cozinheiro Geral

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 3 meses de experiência

  • 01 vaga

Confeiteiro

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 01 vaga

(mais…)

NOVAS OPORTUNIDADES DE TRABALHO DO SINEBAHIA ITABUNA

Confira abaixo as novas oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas ficarão disponíveis até essa quinta-feira (14).

A agência funciona na unidade modelo da Avenida Inácio Tosta Filho, centro. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Borracheiro

Ensino Fundamental Incompleto

Experiência mínima de 4 meses na função

1 vaga

Cabeleireiro Masculino

Ensino Médio Incompleto

Experiência mínima de 6 meses na função

1 Vaga

Cozinheiro Geral

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses em carteira

1 vaga

(mais…)

MANISFESTO DO CÍRCULO CIDADANISTA DE ILHÉUS

Imagem: Facebook/Reprodução.
Imagem: Facebook/Reprodução.

Por José Henrique Abobreira e Mário Schneider

Em Ilhéus, o Movimento-Partido RAIZ CIDADANISTA vai lançar seu Círculo no próximo dia 22 de janeiro, numa sexta-feira à tardinha, na praça do Theatro Municipal de Ilheos. Venha participar dessa construção coletiva, em que será estimulada a participação popular, sem distinção partidária. O importante é nos juntarmos com a intenção grandiosa de construir um movimento solidário e fraterno capaz de tornar nossa sociedade mais justa e igualitária. O Brasil necessita urgentemente dessa energia positiva de todas as cidadãs e cidadãos de boa vontade, unidos numa grande corrente para enfrentarmos essa onda conservadora e fascitóide que varre o país.

Com esse movimento de ação política, pretendemos oferecer abrigo e militância generosas aos cidadãos e cidadãs que consideram o atual sistema político esgotado. Não dá para insistirmos em fazer política com esses mecanismos da velha política, esquema espúrio e viciado onde quem manda é o tubarão empresário que financia as campanhas dos candidatos. Assim, mandam no setor dos preços de passagem escorchando os trabalhadores.  Mandam nos governos, e o povo que exploda. 

Há que se procurar dotar o novo protagonismo sócio-econômico regional de novos instrumentos de luta e aprofundamento do debate democrático. Não podemos adotar a tática do avestruz, temos que encarar a nova realidade social e incorporar no debate democrático a temática dos índios Tupinambás de Olivença e a demarcação de seu território, a questão da reforma agrária, assentando na terra quem não a tem, a agricultura familiar, base da produção de alimentos para a mesa dos citadinos. Discutiremos também políticas públicas que devem ser implementadas no segmento da transformação do cacau em chocolate, conservando a Mata Atlântica (cabruca), além da formulação de propostas para o novo setor da Economia Criativa.

A crise da representatividade só pode ser superada com a participação popular

O poder emana do povo, certo? E o povo exerce esse poder elegendo alguns cidadãos para representá-lo, certo?

Não só assim. Estamos acostumados a participar da democracia apenas com o exercício do voto, mas a cidadania é muito mais ampla do que isso.

(mais…)

VITINHO E LOLA IMPÕEM “DIVISÃO DE CLASSES” ENTRE SERVIDORES

Victor Veiga e Carmem Dolores (Lola).
Victor Veiga e Carmem Dolores (Lola).

A informação é de uma fonte deste blog. Segundo ela, o chefe de gabinete da Prefeitura de Ilhéus, Victor Veiga (Vitinho), e a servidora Carmem Dolores (Lola) impuseram uma “divisão de classes” na nova sede do governo municipal. “O primeiro andar é só das elites e o térreo, da plebe. Até o estacionamento já foi dividido. Várias reclamações têm chegado”, revelou.

De acordo com a fonte, os servidores da procuradoria-geral e das secretarias de relações institucionais e de comunicação, que trabalham no térreo, não têm direito à água e ao cafezinho. Nem podem subir até o primeiro andar para pegar. “Só Vitinho, Lola e seus assessores e ajudantes têm direito a cafezinho e outros agrados”.

POETA RECEBE DECLARAÇÕES AGRESSIVAS APÓS DENUNCIAR VIOLÊNCIA POLICIAL

Livia publicou foto do outdoor com a tarja "censurado". Imagem: Facebook/Reprodução.
Livia publicou foto do outdoor com a tarja “censurado”. Imagem: Facebook/Reprodução.

A poeta e professora Lívia Natália é a autora do poema Quadrilha, que denuncia a violência policial de que a população negra tem sido a maior vítima. A obra exposta num outdoor em Ilhéus gerou revolta entre policiais e políticos. Eles questionaram o financiamento da campanha pelo Governo da Bahia, que emitiu nota para explicar que o conteúdo da mensagem não reflete sua posição institucional. 

Lívia publicou um texto no Facebook sobre a repercussão da sua obra. Denunciou que foi alvo de “declarações agressivas” desde que o poema ganhou destaque no espaço público baiano. Leia.

NOTA DE ESCURECIMENTO

“Se Palmares não vive mais
faremos Palmares de novo!”
(José Carlos Limeira)

Por Lívia Natália

Quando escrevi o poema “Quadrilha”, no extremo sentimento pelos mortos do Cabula, os meninos do Rio de Janeiro ainda não tinham sido alvejados por mais de cem tiros. Mas Amarildo já havia desaparecido e Joel, aquele menino, morto. Quando escrevi o poema, havia anos que o Carandiru com seus 111 mortos já estava quase esquecido. Eis o poema:

Quadrilha

Maria não amava João,
Apenas idolatrava seus pés escuros.
Quando João morreu,
assassinado pela PM,
Maria guardou todos os seus sapatos.
(Publicado no livro Correntezas e outros estudos Marinhos, Ed. Ogums Toques, 2015.)

Este poema, selecionado para publicação no projeto Poesias Nas Ruas, Ilhéus – BA, aprovado pela FUNCEB – Fundação Cultural da Bahia, setorial de Literatura, Fundo de Cultura, 2014, foi divulgado em busdoor e outdoor pela Cidade de Ilhéus.

Desde então, quando a foto do outdoor foi viralizada nas redes sociais, vi a minha poesia e a minha pessoa expostas em manifestações que nascem de uma polarização político-partidária mas que, no entanto, exortam à misoginia, racismo e outras violências.

Foram soltas notas de repúdio, inclusive por representações oficiais da Polícia Militar, sites de notícia deram notas, solicitaram a retirada do out-door, e alguns “formadores de opinião” foram falar contra o poema, contra a poeta e contra o governo.

Primeiramente, afirmo que, entre a esquerda e a direita político-partidária, eu continuo sendo uma mulher negra, portanto, a mim pouco importa a guerra político-partidária que se quer montar, mas não admito que o meu poema, a minha obra e a minha imagem sejam utilizadas para um fim tão mesquinho. Pede-se que respeite a Instituição, e eu, como cidadã, EXIJO RESPEITO.

Desde a década de oitenta do século passado não há censura oficial neste País, portanto, tentar silenciar a minha voz é um ato ILEGAL, que atenta contra os direitos do cidadão. Como se não bastasse a sistemática exposição do meu nome, imagem e obra, sem que em nenhum momento tenha-se me procurado para que eu pudesse me posicionar, tenho recebido uma enxurrada de mensagens, declarações, recados e e-mails que são profundamente agressivos e que buscam me inspirar medo, que buscam me fazer ter vergonha do que escrevi, e que tentam desmentir o que a poesia representou.

Gostar ou não de uma obra de arte assiste apenas a quem a recebe, mas a censura não cabe! O poema e o outdoor, como se registra no texto de autorização por mim assinado ao projeto Poesia nas Ruas, deve ser mantido por dois meses em exposição.

(mais…)

HOMEM É PRESO COM DINHEIRO FALSO EM ILHÉUS

Marco.
Marco.

Guarnição da 68ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIMP) prendeu ontem (12) à noite um homem com três cédulas falsas de cem reais.

As três cédulas de cem reais na parte de baixo da imagem são falsas, segundo a PM. Imagem: Polícia Militar.
As três cédulas na parte de baixo da imagem são falsas. Imagem: Polícia Militar.

De acordo com a PM, Marco Antonio Dias, 33 anos, foi acusado de tentar usar o dinheiro falso para em compras no centro de Ilhéus. Os policiais militares o apresentaram na unidade da Polícia Federal. 

COM RAIMUNDO BORGES, GOVERNO JABES MANDA NO COLO-COLO. O TIGRÃO CORRE PERIGO?

issa, borges
Qual é a missão do “Jabista” Raimundo Borges na presidência do Colo-Colo?

Editorial do Blog do Gusmão.

No dia 17 de dezembro de 2015, o contabilista Raimundo Borges foi eleito presidente do Colo-Colo de Futebol e Regatas.

A ascensão de Raimundo ao mais alto posto do clube tem levantado desconfiança em torcedores apaixonados. Este blog ouviu alguns.

O governo Jabes Ribeiro (principalmente o secretário de obras Isaac Albagli) sonha em transformar o Estádio Municipal Mário Pessoa num shopping center.

Para isso, a gestão estaria disposta a entregar a praça esportiva à iniciativa privada, sob condições ainda não esclarecidas.

O Colo-Colo entra nessa história como um empecilho, já que disputa a 1ª divisão do Campeonato Baiano de Futebol. Enquanto estiver na competição, o Mário Pessoa vai continuar sendo extremamente necessário. A população de Ilhéus deseja um shopping center, mas tornar o Colo-Colo um time desabrigado não seria admitido.

Uma queda do clube para a 2ª divisão e o seu consequente desaparecimento podem vir a calhar. Para dar cabo da empreitada, o jabismo necessita de mais um mandato. Uma medida polêmica como essa dificilmente será adotada em 2016, ano eleitoral.

O governo Jabes é especialista em aparelhamento de conselhos municipais. Costuma orientar os rumos de segmentos do controle social para que possam atender seus interesses. Decidir o futuro de um clube de futebol como o Colo-Colo, tão vulnerável financeiramente e quase amador, não geraria crise de consciência.

Raimundo Borges exerce cargo de extrema confiança na secretaria de desenvolvimento social. É diretor de divisão da pasta (espécie de gerente financeiro) com o salário base de R$ 3.800,00. Nos períodos eleitorais faz as prestações de contas dos partidos “jabistas” à justiça eleitoral. Como se diz coloquialmente, “é homem da cozinha”.

Por outro lado, Borges tem 24 anos de Colo-Colo, é conselheiro de colocar a mão na massa, torcedor fiel e conhece como ninguém o estatuto do clube. Contribui para a organização administrativa e anualmente faz as prestações de contas enviadas à Federação Baiana de Futebol e Receita Federal (não faz esse trabalho de maneira voluntária, pois recebe remuneração abaixo do que seria cobrado de um cliente comum).

Fica no ar a dúvida. O que é mais importante para Raimundo Borges? O Colo-Colo ou os interesses políticos e econômicos do governo Jabes Ribeiro?

O tempo está encarregado de responder a essas questões, contudo, a apaixonada torcida do Colo-Colo, sobretudo a organizada Mancha Azul, deve abrir os olhos e permanecer bem atenta.

ONG REALIZA FEIRA DE ADOÇÃO DE CÃES EM ILHÉUS

cachorroIlhéus vai sediar nesse domingo (17) a Feira de Adoção da ONG Planeta dos Bichos. Interessados em adotar um animal devem ir à sede da entidade, no bairro Santo Antônio de Pádua, na zona sul de Ilhéus, número 96. A casa fica atrás do Centro de Atenção Integral à Criança Darcy Ribeiro (CAIC).

As adoções serão realizadas entre as 10 e 16 horas. Os organizadores pedem que os visitantes levem produtos que possam ser usados na limpeza diária do lar dos cãezinhos.

COBRAS INVADEM CASAS NA RUA DO CANO

Imagem cedida ao Blog do Gusmão.
Imagem cedida ao Blog do Gusmão.

Na zona norte de Ilhéus, moradores da Rua do Cano estão assustados com a presença frequente de cobras na área urbana. “É muito perigoso, pois às vezes elas invadem casas”, nos disse um deles. Os animais também costumam aparecer numa praça onde muitas crianças brincam.

A população pede a ajuda do Centro de Zoonoses de Ilhéus e da Polícia Ambiental. Segundo os moradores, o programa “Ilhéus em Ação” (da prefeitura) passou pela Rua do Cano, mas ignorou o problema. Eles acreditam que as serpentes saem de um esgoto inativo.

DEM APRESENTA PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO DE ILHÉUS

ACM Neto e João Gomes. Imagem:
ACM Neto e João Gomes. Imagem: Daniele Rodrigues.

O prefeito de Salvador, ACM Neto, líder do DEM, aposta no empresário João Gomes para conduzir a consolidação do partido em Ilhéus. João assumiu o comando do diretório municipal em 2015 e é pré-candidato a prefeito.

Cláudio Cardoso e Nilton Ramos (pré-candidato a vereador pelo DEM) são os principais articuladores do grupo político liderado por João Gomes. 

João Gomes, Apóstolo Valdomiro Santiago e Cláudio Cardoso.
João Gomes, Apóstolo Valdomiro Santiago e Cláudio Cardoso.

O empresário também dialoga com lideranças evangélicas. Nesse verão, hospedou em sua casa o amigo Valdomiro Santiago, que passou parte das suas férias em Ilhéus. O apoio do líder da Igreja Mundial do Poder de Deus anima João Gomes para a disputa acirrada que se desenha no cenário político ilheense.

MORRE O CACAUICULTOR JOAQUIM CARVALHO

Joaquim Carvalho.
Joaquim Carvalho.

Joaquim Carvalho, um dos maiores produtores de cacau de Ilhéus, faleceu ontem (12) vítima de câncer. O deputado federal Bebeto Galvão (PSB-BA) lamentou a morte do cacauicultor.

Segundo Bebeto, Joaquim nutria profundo carinho por Ilhéus. Lembrou que o produtor doou ao município o terreno onde nasceu o bairro do Alto do Carvalho, que herdou o sobrenome do doador.

O parlamentar escreveu palavras de conforto para a esposa de Joaquim, a socialista Rúbia Carvalho, e os filhos do cacauicultor. “Ilhéus perde um grande homem, uma figura que muito contribuiu com o desenvolvimento da cidade. Quero registrar meus sentimentos a toda família, principalmente a minha amiga Rúbia e aos filhos Rita, Camilo e Joaquim Júnior”.