MONSANTO VAI PAGAR MULTA DE US$ 80 MILHÕES AOS ESTADOS UNIDOS

A multinacional Monsanto é uma das interessadas na difusão de sementes estéreis.Do MST

A americana Monsanto, maior empresa de sementes do mundo, concordou nesta terça-feira (9) em pagar uma multa de US$ 80 milhões para encerrar as investigações nos Estados Unidos sobre violação de regras contábeis e distorção de informações financeiras referentes aos produtos de sua marca de herbicida, a Roundup.

Investigações da Securities and Exchange Comission (SEC, na sigla em inglês) — órgão equivalente à CVM no Brasil — descobriram que a Monsanto lançou em 2009 um programa de incentivos por meio de descontos que tinha o objetivo de promover sua marca Roundup em uma época que o produto estava perdendo espaço no mercado para outros concorrentes que vendiam a preços mais baratos.

Segundo o órgão americano, a Monsanto não tinha controles contábeis internos suficientes sobre os descontos dados a varejistas e distribuidores e não registrou os custos desses incentivos nas vendas da Roundup divulgadas nos balanços financeiros de três anos.

(mais…)

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 36 VAGAS DE EMPREGO E ESTÁGIO

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa quinta-feira (11) na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9

Manicure

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 3 meses de experiência

  • 03 vagas

Confeiteiro

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 01 vaga

Padeiro

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 01 vaga

(mais…)

PREFEITO DE CIDADE MINEIRA É EXECUTADO A TIROS

Prefeito Moisés Gumieri.
Prefeito Moisés Gumieri.

De acordo com o portal Vermelho, dois pistoleiros assinaram ontem (9) o prefeito de Chiador, Moisés Silva Gumiere (PC do B). O gestor estava acompanhado do filho de 9 anos e foi executado com cinco tiros ao chegar num clube da cidade mineira. Os assassinos usaram uma moto para fugir do local. A polícia investiga o caso.

O deputado federal e presidente do PC do B em Minas Gerais, Wadson Ribeiro, afirmou que todo o partido “se une nesse momento de grande tristeza para exigir a apuração de todos os fatos que culminaram neste inexplicável ato de violência”.

VITÓRIA E VITÓRIA DA CONQUISTA JOGAM HOJE EM ILHÉUS

Imagem: Gazeta Press.
Duelo entre xarás no Mário Pessoa. Imagem: Gazeta Press.

Com a reforma do Estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista, o time que leva o nome da cidade do sudoeste do estado trouxe para Ilhéus o mando de campo do seu jogo contra o xará da capital. O duelo entre Vitória da Conquista e Vitória vai ser as 20h45 dessa quarta-feira (10), no Estádio Mário Pessoa, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Baiano de 2016.

PROTESTO FECHA A AVENIDA UBAITABA

Imagem do protesto que os moradores realizaram em janeiro de 2015.
Imagem do protesto que os moradores realizaram em janeiro de 2015.

Moradores da Rua da Horta bloqueiam o trânsito da Avenida Ubaitaba, no bairro Malhado, em Ilhéus. Eles protestam contra o descaso da prefeitura em relação ao esgoto a céu aberto em que parte da rua se transformou. A lama já invadiu a casa de um senhor que tem dificuldades de locomoção. O programa A Hora da Verdade, apresentado pelo radialista Luck Rei na Rádio Bahiana, acompanha o desenrolar do protesto.

DUAS HISTÓRIAS DE DESTRUIÇÃO DE ALDEIAS INDÍGENAS POR JAGUNÇOS E PELO ESTADO

Imagem: CIMI.
Imagem: CIMI.

Por Alceu Luís Castilho/Outras Palavras

As histórias assustam pela similaridade. Duas aldeias indígenas são destruídas. Depois os povos voltam – já com terra arrasada, para reconstrução. Uma, no Mato Grosso do Sul. Outra, na Bahia. No caso sul-mato-grossense a destruição foi feita por jagunços, a mando de fazendeiros; no caso baiano, pela polícia (Federal, Militar), a mando da Justiça. Pergunta para a sociedade brasileira: qual dessas realidades é a pior? A institucional ou a paramilitar?

Em um dos casos a aldeia tinha posto de saúde e escola. E não foi naquela destruída pelos jagunços. Foi na Terra Indígena Comexatibá, no extremo Sul da Bahia. A Justiça suspendeu as liminares de reintegração de posse – mas somente três dias depois a destruição das casas pela Polícia Federal e pela Polícia Militar. Um juiz decidiu, em julho, pela destruição; um desembargador, pela retomada. A vítima foi o povo Pataxó.

(mais…)

UESC INSCREVE CANDIDATOS PARA GRUPO DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES

Universidade Estadual de Santa Cruz. Imagem: Rede Sul Bahia.
Universidade Estadual de Santa Cruz. Imagem: Rede Sul Bahia.

Vai até essa sexta-feira (12) o prazo para inscrições dos candidatos que pretendem compor a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) da Universidade Estadual de Santa Cruz. A escolha será feita entre os servidores efetivos da instituição. As inscrições devem ser realizadas no Protocolo Geral, entre as 8 e 20 horas. A eleição está marcada para o próximo dia 26. A universidade deu início ao processo de formação do grupo após reivindicações dos estudantes, professores e técnicos universitários. Veja mais informações no edital.

ROMPIMENTO DE BARRAGEM DEIXA 500 MIL PESSOAS SEM ÁGUA EM SP

Imagem: TV Vanguarda.
Imagem: TV Vanguarda.

Do G1

O rompimento de uma barragem de rejeitos, de uma empresa de extração de areia, atingiu o Rio Paraíba do Sul, no interior de São Paulo. Quinhentas mil pessoas estão sem água.

Nesse sábado (6), duas máquinas trabalhavam no local, tentando reconstruir a barragem, que fica em Jacareí, interior de São Paulo, mas a água com rejeitos de areia continua vazando para o Rio Paraíba do Sul.

A barragem pertence a uma mineradora que estava parada aguardando a liberação de uma licença ambiental, mas uma outra empresa, a Mineradora Rolando, passou a usar a área para despejar seus rejeitos de extração de areia.

Segundo a Cetesb,  a agência ambiental paulista, a operação foi irregular, ou seja, a Mineradora Rolando não tinha autorização para despejar rejeitos na área da empresa vizinha.

(mais…)

BAR DO LELECO, O BOTEQUIM DE TODAS AS TRIBOS

Time de frequentadores do Bar do Leleco.
Time de frequentadores do Bar do Leleco.

Por José Henrique Abobreira e José Carlos Júnior

Aos sábados, depois de supervisionar os postos de combustíveis de sua propriedade, Jairão, como era conhecido o inesquecível amigo Jairo Seixas, lá pelas 11h30min, adentrava o bar em frente à sua residência. Pedia uma cerveja, e, em pé mesmo, iniciava o ritual da sabadeira no boteco do Leleco.

Como um verdadeiro meio de campo de futebol, do alto dos seus quase dois metros de altura, ia distribuindo as “tarefas” do time de frequentadores do recinto, local onde todos exorcizavam e curavam o estresse da labuta, ao provar a gelosa e os acepipes de primeira ordem, como siris de mangue, robalinhos fritos, pastéis de camarão, caldinho de sururu, caranguejos, guaiamuns. As tarefas distribuídas por Jairão eram a formação da roda de dominó, com a participação de Brasinha, Raimundo Moreia, Faustinho Fontes, Zé Carlos Jr e este escriba, e as rodas de resenha e mesas para degustação não só dos tira-gostos da casa, como iguarias preparadas no bar, mas vindas de outras origens, pois triste do gabola que revelasse nas rodas do bar que tinha levado pra casa um peixe bom, ou uma caça comprada de um caçador do Mambape.

A turma escutava em silêncio a gabolice. Contratava um menino de recados e esse, devidamente instruído, ia até a casa do gabola e dizia à esposa do conversador: “seo Fausto Fontes pediu pra senhora mandar o tatu para seo Leleco preparar”. A esposa, coitada, incauta, caía na esparrela e entregava a iguaria que, de pronto, era preparada na cozinha do bar e degustada por todos, inclusive o gabola inocente do logro que lhe tinham pregado. Ao chegar em casa, com o apetite espicaçado pelo que tinha provado em pequena porção no bar e perguntar pelo objeto de desejo, a mulher respondia: “ué, você não mandou pegar pra comerem no bar do Leleco?”

(mais…)