CONSULTORIA VAI CUSTAR R$ 341MIL AOS COFRES DE ILHÉUS

dinheiroA Prefeitura de Ilhéus renovou por mais dez meses o contrato da Jurisdata Consultores Associados Ltda. O vínculo vai valer entre 7 de março e 31 de dezembro de 2016. Nesse período, os serviços da empresa vão custar R$ 341.440,02 aos cofres municipais. Os consultores atuarão junto ao setor de administração tributária. As informações estão no Diário Oficial de 4 de março – confira.

SERRA GRANDE SEDIA FESTIVAL DOS SAGRADOS SABERES FEMININOS

Imagem do festival sulamericano que inspirou a edição brasileira.
Imagem do festival sulamericano que inspirou a edição brasileira.

O I Festival Brasileiro dos Sagrados Saberes Femininos vai ocorrer entre os dias 18 e 20 desse mês, no espaço Asas e Raízes, em Serra Grande, vila litorânea do município de Uruçuca. Reunirá mulheres e homens de vários lugares do país.

O festival receberá anciãs, artistas, terapeutas, parteiras, curandeiras e lideranças indígenas para compartilhar saberes tradicionais. Serão vivências de conexão e cuidado com o planeta, os ciclos naturais, a medicina das plantas e os segredos dos partos.

Suely Carvalho, fundadora da ONG Cais do Parto, vai ser uma das participantes. Ela promove rodas de conversa com casais “grávidos” de Ilhéus, além de cursos de formação de doulas e parteiras. A riqueza e diversidade das cerimônias indígenas também marcarão presença, representadas por Nádia Akauã Tupinambá, conhecedora de medicinas tradicionais.

A edição brasileira deriva do Festival Sulamericano dos Sagrados Saberes Femininos, que teve a segunda edição em novembro de 2015, em Curitiba, no Paraná, e contou com mais de 200 participantes. Segundo as organizadoras dos festivais, “por muito tempo tudo foi muito masculinizado em nossa sociedade, a intenção é trazer os saberes femininos não para oprimir, mas somar ao masculino no resgate do equilíbrio dentro de todas as pessoas e nas formas de se relacionar com a vida”.

Para se inscrever, acesse o site do festival ou escreva para [email protected] Acompanhe atualizações no Facebook.

MALHADO: AGÊNCIA DOS CORREIOS PODE SER FECHADA

correios_logoA informação é do sindicato que representa os empregados dos Correios na Bahia, o Sincotelba. Conforme a edição de fevereiro do boletim informativo da entidade, a agência do Malhado está na lista das unidades que serão fechadas para que a estatal cumpra seu plano de redução de despesas. Acesse aqui.

Fonte deste blog afirma que o fechamento também pode ser efetivado como retaliação pelo processo em que o Ministério Público do Trabalho cobrou a contratação de uma empresa de segurança para proteger os funcionários da agência do Malhado, que tem sido alvo de assaltos.

A fonte nos encaminhou imagem do documento por meio do qual o MPT requisitou a contratação da empresa.  No dia 4 de fevereiro de 2016, a procuradora do Trabalho Sofia Vilela Moraes e Silva enviou a notificação para a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – veja aqui.

De acordo com a fonte, o eventual fechamento da agência prejudicaria comerciantes e moradores do Malhado e dos altos do Coqueiro, do Basílio e da Tapera.

INSTITUTO LULA RESPONDE SUPOSIÇÕES DO MPF

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O Instituto Lula divulgou nota em que responde as hipóteses levantadas pelos investigadores da Operação Lava Jato, segundo os quais o ex-presidente Lula pode ter sido beneficiado por recursos desviados da Petrobras, por meio de contratos com empresas investigadas e de doações ao instituto. Leia a íntegra.

Resposta à coletiva de imprensa da Lava Jato

São Paulo, 4 de março de 2016

Respostas às suposições levantadas na coletiva de imprensa da Operação Lava Jato, na manhã de hoje (4). 

1)  O financiamento do Instituto Lula é semelhante ao de instituições ligadas a outros ex-presidentes no Brasil e em outros países, exceto por jamais recebido doações de empresas públicas, diferentemente do que ocorre, por exemplo, com a Fundação FHC.

2)  Pessoas físicas e empresas fizeram doações legais e declaradas às autoridades desde que o Instituto Lula foi criado, em agosto de 2011, e não antes, como ocorreu, por exemplo, com a instituição vinculada ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que recolheu fundos em plena vigência de seu mandato, conforme reportagem da revista Época: 

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDR53647-6009,00.htm

3)  Os fundos do Instituto Lula são aplicados em suas finalidades – como projetos e ações de incentivo à integração latino-americana, à cooperação com países africanos e o combate à fome no mundo, além da promoção de debates, conferências, seminários, pesquisas e documentação sobre a democracia e as conquistas sociais no Brasil, e da preservação do acervo do ex-presidente Lula, conforme determina a Lei. 

4)  Lula é o presidente de honra e nada recebe por sua participação nas atividades do Instituto (mais informações no relatório de atividades: http://www.institutolula.org/historia)

5)  Pessoas físicas e empresas as mais diversas prestaram ou prestam serviços ao Instituto Lula, regularmente contratadas. A empresa G4, citada pelos procuradores da Operação Lava Jato, é responsável pela manutenção do site do Instituto Lula e trabalhou nos projetos Brasil da Mudança e Memorial da Democracia, presta serviços ao instituto desde 2011, ou seja ao longo de 5 anos,  e o faz rigorosamente dentro de sua capacitação técnica. Não há transferência indevida de recursos. Há, sim, ilações irresponsavelmente divulgadas pelo Ministério Público antes de qualquer procedimento investigatório sério.

6)  A empresa LILS Palestras e Eventos LTDA. foi criada em 2011, tendo como sócios o ex-presidente Lula e Paulo Okamotto, para gerenciar, dentro da lei, as atividades do ex-presidente Lula como palestrante. Mais uma vez, trata-se de algo em tudo semelhante ao que fazem outros ex-presidentes no Brasil e em outros países, bem como personalidades de reconhecimento público: artistas, cientistas, desportistas, escritores, jornalistas etc.

7)  Desde que deixou o governo, Lula fez 72 palestras para 40 empresas do Brasil e do exterior, dos mais diversos setores, como a Microsoft, Bank of America, Nestlé, Iberdrola, INFOGLOBO (que edita os jornais da Família Marinho) e grandes empresas brasileiras, algumas delas investigadas no âmbito da Operação Lava Jato. Leia a lista completa: http://www.institutolula.org/as-palestras-de-lula-a-violacao-de-sigilo-bancario-do-ex-presidente-foi-um-ato-criminoso

(mais…)

MINISTÉRIO PÚBLICO DA BAHIA SELECIONA ESTAGIÁRIOS

Inscrições abertas.
Inscrições abertas.

O Ministério Público do Estado da Bahia abriu processo seletivo para 64 vagas imediatas de nível médio e seu cadastro reserva de estudantes de direito.

Os selecionados vão atuar em Salvador e Região Metropolitana. As inscrições começaram ontem (4) e vão até o próximo dia 16, no site da Consultec – acesse aqui. A taxa é de R$ 15 ou R$ 30, a depender do nível.

Para concorrer, o candidato deve estudar em instituição conveniada ao Ministério Público, como os colégios estaduais, a Universidade do Estado da Bahia e o IFBA. Instituições privadas também estão na lista. Clique aqui para ver a relação completa.

O certame reserva vagas para candidatos negros e portadores de deficiência.

O edital está neste link.

FECIBA DIVULGA FILMES SELECIONADOS PARA MOSTRA COMPETITIVA

Imagem: Renata Sant'Ana
Imagem: Renata Sant’Ana

A Mostra competitiva de Curtas da sexta edição do Festival de Cinema Baiano terá dez filmes, que foram selecionados entre os 107 inscritos. Com produções de Cachoeira, Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista e Campo Grande (MT), a mostra itinerante vai ser exibida em Juazeiro, de 08 a 10 de abril; Feira de Santana, de 13 a 15 de maio; e Itabuna, de 09 a 11 de junho.

A curadoria foi composta pelos produtores Henrique Filho, Clarissa Rebouças e Victor Aziz. Eles destacaram obras com temas sociais e políticos. “Estamos em uma época de muita discussão sobre os direitos humanos e inclusão social, então tivemos bastante atenção com o discurso dos filmes. Selecionamos o que há de diverso e com qualidade, não só nas temáticas abordadas, quanto na técnica. Estamos satisfeitos em ver o documentário e o experimental terem espaço e a animação mostrando sua força”, relata o trio de curadores.

Os filmes vão concorrer na categoria Voto Popular, cujo vencedor será premiado com o valor de R$ 3 mil, além do troféu Feciba. A mostra também vai ter um júri especializado as categorias técnicas: Direção, Roteiro, Direção de Arte, Montagem, Desenho de Som, Trilha Sonora, Direção de Fotografia, Ator e Atriz. O prêmio para o melhor filme será de R$ 2 mil.

Confira a lista de selecionados:

“Ana”, de Camila Camila;

“Cordilheira de Amora II”, de Jamille Fortunato;

“Entroncamento”, de Maria Carolina e Igor Souza;

“IFÁ”, de Leonardo França;

“Neandertais”, de Marcus Curvelo;

“Órun Àiyé: A Criação do Mundo”, de Jamile Coelho e Cintia Maria;

“Retomada”, de Leon Sampaio;

“Sandrine”, de Elen Linth e Leandro Rodrigues;

“Salitre”, de Lara Belov;

“Sísifo do Vale”, de George Veronese.

Saiba mais sobre os filmes  no site oficial do VI FECIBA.

O FRADE DO MORRO DE PERNAMBUCO

Morro de Pernambuco.
Morro de Pernambuco.

Por José Rezende Mendonça

RezendeOs que passavam pelo vexame contavam que no Morro de Pernambuco aparecia um frade morto oferecendo um tesouro escondido no fundo do mar. As mulheres e as crianças que iam buscar água potável no morro, num local chamado de “bica” próximo ao mar na “boca da barra”, às vezes eram surpreendidas com o aparecimento da assombração.

Na época, o senhor Arquimedes Conceição de Amorim tinha 10 anos. Foi ao morro brincar e colher frutas num “pé de jambo” que se inclinava para o lado da praia. Ele e os amigos estavam jogando pedras nos frutos do jambeiro para facilitar-lhes a queda, quando viu um frade flutuando sobre a árvore e gritou apavorado: “parem de jogar pedras, que aqui tem um frade fazendo assombração!”.

Não deu outra. Correram desesperados do local, deixando para trás os vasilhames (latas, panelas, baldes, etc.).

José Rezende Mendonça é técnico aposentado da Ceplac e memorialista. Escreveu o livro de  “Pontal: ontem e hoje” (2014).