JABES NÃO CANSA DE SER VAIADO

Jabes Ribeiro.
Jabes Ribeiro.

O povo de Ilhéus vaia “Jabinho” da mesma forma que insiste em recolocá-lo no poder, ou seja, sempre.

Jabes e o povo dessa terra são incorrigíveis e nutrem amor e ódio um pelo outro. Leia o texto do Pimenta que detalha mais um vexame.

Não faça isso, Danese…

Citar políticos em grandes shows em tempos de Lava Jato é algo arriscado. E se o político está em baixa, então…

Ontem à noite, o homenageado pelo grande público na abertura do Festival Aleluia Ilhéus, na Avenida Soares Lopes, foi o prefeito Jabes Ribeiro.

O cantor gospel Régis Danese gravava o DVD dos seus 10 anos de ministério e deu a famosa paradinha para agradecer. E, desavisado, colocou na listinha o nome de Jabes.

A plateia, formada majoritariamente por evangélicos, não perdoou. Vaias. Apesar da força, há quem arrisque dizer que o movimento contra o gestor teve o DNA de partidários de uma certa irmã.

Em tempo: o festival tem sequência hoje e contará com show de Adriana Arydes. Amanhã (25), as grandes atrações são o show de Jorge Vercillo e a encenação da Paixão de Cristo. O evento encerra-se no sábado (26) com Os Paralamas do Sucesso.



2 responses to “JABES NÃO CANSA DE SER VAIADO

  1. Esse prefeito já era, não fez nada pela cidade nesses 4 anos só chorou pelo desastre de Newton, no demais é uhhhhhhhhhhhhhhhhhh

  2. RECOLOCÁ-LO NÃO PQ QUEM TINHA CONSCIÊNCIA NÃO O COLOCOU MAIS O POBRE E IGNORANTE SIM ACREDITANDO NAS SUAS FALSAS PROMESSAS……AFF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *