FERNANDO GOMES RECORRE AO CANDOMBLÉ PARA SE LIVRAR DA JUSTIÇA

O ex-prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (DEM), vai tentar o quinto mandato nas eleições municipais desse ano.

Populista ao extremo, Fernando “Cuma” tem causado impacto com sua pré-campanha e já preocupa adversários.

Embolado na justiça, responde a vários processos e tem condenações mantidas por tribunais. No meio político, Fernando é tido como ficha “sujíssima”.

Para tentar driblar a Lei da Ficha Limpa, o pré-candidato contratou bons advogados e já recorreu ao mundo sobrenatural.

Recentemente, Cuma foi visto num terreiro de candomblé. Imagens circulam no Whatsaap.

Este blog tem total respeito pelas religiões afro-brasileiras, por isso, buscamos os conhecimentos de um especialista. Leia a legenda.

Fernando Gomes
Segundo o especialista consultado, o chapéu usado por “Cuma” indica que ele recebe o Ogum Xoroquê (parecido com Logunedé), um orixá bifacial. “Até meia noite é Ogum, depois pode vestir saia”.


2 responses to “FERNANDO GOMES RECORRE AO CANDOMBLÉ PARA SE LIVRAR DA JUSTIÇA

  1. Essa relação entre politicos e instituições religiosas(que também são politicas) sempre existiu. Veja o Eduardo Cunha, por exemplo, se escondeu atrás de uma identidade, um marketing supostamente evangélico, para passar a perna numa nação inteira. Creio que a espiritualidade resiste, à revelia de personas non gratas como Cuma ou Cunha, porém no Brasil dos racistas e intolerantes os mais espertos preferem se camuflar atrás da bíblia sagrada e do “Ai Jesus” (não o Flamengo, o nazareno mesmo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *