ALUNOS DE BIOMEDICINA DA MADRE THAÍS APRESENTAM TRABALHOS EM CONGRESSOS

FMT LOGO

Alunos do curso de Biomedicina da Faculdade Madre Thaís (FMT) vão apresentar trabalhos no III Congresso Baiano de Biomedicina e no IV Congresso Baiano de Análises Clínicas, em Feira de Santana. Também apresentarão pesquisas no III Simpósio de Ensino, Extensão, Inovação, Pesquisa e Pós-graduação e no 22º Seminário de Iniciação Científica, ambos da UESC.

Ao todo foram sete trabalhos aprovados. Cinco pela comissão científica do III Congresso Baiano de Biomedicina e o IV Congresso Baiano de Análises Clínicas. O objetivo desses eventos é expor os novos olhares para a biomedicina, inovar conceitos e somar conhecimentos entre profissionais e estudantes da área da saúde, possibilitando a disseminação e a construção de novos saberes, bem como o aprimoramento das práticas existentes. Os encontros têm o apoio da Faculdade Nobre de Feira de Santana e da Unidade de Ensino Superior de Feira de Santana. As atividades ocorrerão de 11 a 13 de novembro.

(mais…)

ANALISTAS DESTACAM FRAGMENTAÇÃO DO SISTEMA PARTIDÁRIO APÓS 2º TURNO

eleicoesDa Agência Brasil

Além de consolidar tendência apontada no primeiro turno de crescimento do PSDB e enfraquecimento do PT, o segundo turno das eleições municipais revela a fragmentação do sistema partidário exemplificado na conquista de importantes cidades por legendas de pouca representatividade. Esta é a avaliação de analistas ouvidos pela Agência Brasil.

O cientista político e professor do curso de relações internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) Maurício Santoro acredita que, se por um lado as eleições municipais fortalecem a base do governo do presidente Michel Temer, o pleito também mostra um país mais fragmentado em termos partidários, com siglas sem grande representação elegendo prefeitos de capitais importantes.

“Essa fragmentação ficou como uma marca desse segundo turno. É um fenômeno dessa década de 2010. A gente pode inferir que isso é uma consequência da crise política, uma bagunça maior nos partidos políticos majoritários na mira da Operação Lava Jato, que estão sofrendo o impacto das investigações. Isso abre espaço para outras legendas”, disse Santoro.

(mais…)

MEC PODE CANCELAR PROVAS DO ENEM NA UESC

ocupa-uesc-destO Ministério da Educação ameaçou cancelar a aplicação do ENEM nas instituições ocupadas por estudantes. Cerca de 1.170 locais de prova estão ocupados no Brasil. A estimativa é da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES).

Segundo o MEC, os estudantes têm até essa segunda-feira (31) para desocupar as instituições. Caso contrário, cancelará o ENEM nesses locais.

Conforme nota da assessoria de imprensa do MEC, se as ocupações forem mantidas, as provas serão aplicadas “em outra data para aqueles estudantes que não conseguiram. Não há data definida porque o MEC ainda aguarda que o bom senso prevaleça”.

Na tarde dessa segunda-feira, o Blog do Gusmão conversou com o estudante Uigue Nunes, da comissão de comunicação do Movimento Ocupa UESC.

Segundo ele, os estudantes estão dispostos a liberar os espaços necessários para a realização do ENEM, desde que isso não implique na desocupação do campus, como exige o governo Temer.

Os manifestantes encaram a imposição do MEC como chantagem para jogar a opinião pública contra o movimento de resistência ao corte de investimentos nos serviços públicos de educação e saúde.

Na última quarta-feira (26), os estudantes se reuniram com a professora Adélia Carvalho, reitora da UESC.  Segundo Uigue Nunes, os manifestantes explicaram à gestora que são favoráveis à realização do ENEM no Campus Soane Nazaré.

A ameaça do MEC será um dos temas da assembleia dos estudantes marcada para a noite dessa segunda-feira. As provas do ENEM ocorrerão nos dias 5 (sábado) e 6 de novembro.

Tentamos ouvir a direção da UESC. Telefonamos para a reitoria por volta das 13h10min dessa tarde. As chamadas para os números terminados em 5311 e 5193 não foram atendidas. Este espaço está aberto caso a instituição queira se manifestar.

GESTÃO DE ACM NETO INSPIRA PREFEITO ELEITO DE CONQUISTA

Herzem Gusmão.
Herzem Gusmão.

Nesse domingo (30), a maioria dos eleitores elegeu o candidato Herzem Gusmão (PMDB) prefeito de Vitória da Conquista. No segundo turno, o peemedebista recebeu 57,58% dos 166.223 votos válidos, contra 42,42% do adversário, Zé Raimundo (PT).

O Blog Rodrigo Ferraz conversou com o prefeito eleito logo após a confirmação do resultado. Segundo Herzem Gusmão, o modelo administrativo do governo de ACM Neto de Salvador vai orientar a gestão da Prefeitura de Vitória da Conquista a partir de 2017.

Herzem Gusmão destacou que a gestão dos recursos hídricos será uma das prioridades do seu governo.

Também comentou sobre o fim da hegemonia de vinte anos do Partido dos Trabalhadores na cidade. Segundo ele, nas eleições anteriores, a população de Conquista já havia dado sinais de que queria a mudança. A vontade do eleitor local se casou com a tendência de todo o país. “O Brasil varreu o PT”, disse.

Nessa segunda-feira, às 17 horas, o prefeito eleito concederá entrevista coletiva no Livramento Hotel.

ÚLTIMO DIA PARA INSCRIÇÕES NA SELEÇÃO DA TRANSPETRO

Imagem: Transpetro.
Imagem: Transpetro.

O prazo para inscrições no processo seletivo da Petrobras Transportes S.A (Transpetro) vai até o final dessa segunda-feira (31). A inscrição deve ser realizada no site da Cesgranrio. A taxa é de 65 reais.

O certame oferece 141 vagas para os cargos de Segundo Oficial de Máquinas (53) e Segundo Oficial de Náutica (88). Os selecionados vão trabalhar em navios da Transpetro. A remuneração básica será de R$ 3.475,74, mas poderá chegar a R$ 10.868,28.

As provas estão previstas para o dia 27 de novembro. Veja as cidades onde os candidatos poderão realizá-las: Belém, Fortaleza, Rio de Janeiro, Salvador e São Sebastião (SP).

Acesse o edital.

O BAIXINHO OPORTUNISTA VIROU HOMEM DE REBANHO

Romário ao lado do prefeito eleito do Rio de Janeiro, Crivella, bispo (licenciado) da Igreja Universal. Imagem: Facebook.
Romário ao lado do prefeito eleito do Rio de Janeiro, Crivella, bispo (licenciado) da Igreja Universal. Imagem: Facebook.

Por Thiago Dias

Romário trocou muitas corridas em volta do campo por sessões de futevôlei. O treino alternativo certamente aprimorou sua técnica para arremates de primeira.

Na Copa de 94, a cabeçada certeira entre zagueiros suecos e o chute acrobático contra os holandeses foram frutos do seu tempo-de-bola fora de série.

O oportunismo do baixinho dentro da área talvez seja inigualável. Essa característica consagrou o ídolo de 1,67m como um dos maiores centroavantes da história do futebol.

Na política, o oportunismo de Romário ganha sentido negativo, porque o apequena. Não o diferencia, lança-o no lugar-comum. Como muitos, o ex-deputado e hoje senador se aproveitou da condição de ídolo para angariar votos.

(mais…)

OCUPAÇÃO DA UESC: ESTUDANTES REPUDIAM MATÉRIA DA TV SANTA CRUZ

Imagem da nota publicada na página do movimento Ocupa UESC no Facebook.
Imagem da nota publicada na página do movimento Ocupa UESC no Facebook.

Os estudantes que ocupam a UESC divulgaram na sexta-feira (28) nota de repúdio à matéria do telejornal BATV, da TV Santa Cruz, sobre a ocupação. Leia a íntegra.

Nota de Repúdio

O Movimento Ocupa UESC vem por meio desta nota declarar repúdio à matéria produzida pela TV Santa Cruz (filiada da TV Bahia/Rede Globo) e exibida no telejornal BATV, no dia 26 de Outubro de 2016. Entendemos que a matéria foi de cunho tendencioso, uma vez que não contextualizou o movimento, que é parte de uma mobilização nacional contra a PEC 241 (atual PEC 55), a MP 746 de reforma do Ensino Médio e por uma escola sem mordaça.

Além de reduzir a pauta do movimento ao atraso da bolsa permanência estudantil, a matéria faz uma abordagem que só reafirma a intenção da grande mídia em distorcer a luta e contribuir para que a população se oponha a mobilização.

Diante disso, o movimento decide por não mais conceder entrevistas que não sejam ao vivo, divulgar informações, ou estabelecer qualquer diálogo que possa ser editado pela emissora. Também fazemos um chamado para que os movimentos de ocupação de outras universidades, escolas e instituições federais promovam reflexões e debates acerca da abordagem da grande mídia diante das ocupações. Por fim, reiteramos nosso posicionamento a favor de uma mídia livre, democrática e popular!

REDUÇÃO DE VALOR SUGERE MUDANÇAS NAS OBRAS DA NOVA PONTE

José Rezende aponta recuou do mar após assoreamento. Com 533m, nova ponte será maior que a foz do rio Cachoeira (150m).
José Rezende aponta recuo do mar após assoreamento. Com 533m, nova ponte será maior que a foz do rio Cachoeira (150m).

O memorialista José Rezende Mendonça apontou diferenças entre os projetos da ponte em construção na Baía do Pontal, em Ilhéus.

Conforme o primeiro projeto, iniciado pela Constran, a ponte teria 497 metros. O segundo, tocado pela OAS, indica que a ponte terá 533m.  Sob o ponto de vista econômico, a mudança é contraditória. Isso porque a obra cresceu, enquanto o seu custo caiu de 180 para 96 milhões de reais.

Segundo Rezende, antes da construção do Porto do Malhado no década de 1960, a barra da Baía do Pontal tinha 575 metros de largura. Hoje tem apenas 150m. Como o projeto indica que a nova ponte terá 533m, ela será muito maior que a foz do rio Cachoeira.

Placa antiga incluía informações sobre as vias de acesso à ponte.
Placa antiga incluía informações sobre as vias de acesso à ponte.

A placa que anunciava o projeto inicial também citava as vias de acesso projetadas para ocupar a praia da Avenida Soares Lopes e a Avenida Litorânea do Pontal. Sem citá-las, a nova placa se restringe à obra da ponte.

Nova placa não cita vias de acesso.
Nova placa não cita vias de acesso.

A diferença entre os valores dos projetos sugere a possibilidade da licitação vencida pela OAS não ter incluído as vias de acesso à nova ponte, diferente do processo licitatório da Constran. A ausência de informação sobre as vias na nova placa reforça essa hipótese.

No último sábado (29), o Blog do Gusmão afirmou que falta transparência às decisões do Governo do Estado e da empreiteira sobre a obra. Sem os esclarecimentos necessários dos responsáveis, é natural que surjam novos questionamentos.

CONSTRUÇÃO DA NOVA PONTE ILHÉUS-PONTAL LEVANTA QUESTIONAMENTOS

nova-ponte
Suposto “espigão” levanta dúvidas em muitas pessoas. Transparência no trato com as informações pode dirimir questionamentos. Foto: José Rezende Mendonça.

A construção da nova ponte Ilhéus-Pontal, obra executada pela empreiteira OAS, tem despertado questionamentos.

Por falta de transparência do Governo do Estado e da construtora, muitas pessoas não sabem precisar se o projeto original da “ponte estaiada” foi ou não modificado. Em junho de 2013, o então governador Jaques Wagner assinou a ordem de serviço da obra e inseriu a palavra “estaiada” na expectativa e no vocabulário dos moradores de Ilhéus. Conforme anunciado, o novo elo mediria 497 metros de extensão.

Com todo o direito, cidadãos querem saber se o projeto anunciado em 2013 foi modificado. Imagem: SECOM/BA.
Com todo o direito, cidadãos querem saber se o projeto anunciado em 2013 foi modificado. Imagem: SECOM/BA.

A desconfiança também é alimentada pela redução no valor final da obra, antes avaliada em R$ 180 milhões, hoje em R$ 96 milhões. O senso comum relacionou a queda no custo à operação Lava Jato, do juiz Sergio Moro. A impressão foi reforçada pelo fato da Constran (a primeira empreiteira que construiria a ponte) ter sido flagrada como parte do grande esquema de corrupção.

O surgimento de um suposto “espigão” bem próximo da Praia do Cristo também merece esclarecimentos. Até hoje as autoridades e a empreiteira não explicaram por quais motivos foi erguido e por quanto tempo ficará no local.

De acordo com informações chegadas a este blog, o Ministério Público Estadual já pediu explicações aos órgãos responsáveis.

Comentário do blog.

Atenção turma que acredita no mito do progresso. Não somos contra a ponte. 

O governo estadual deve realizar uma audiência pública para explicar às pessoas interessadas como a obra vai acontecer. É óbvio que a nova ponte é mais do que necessária, mas, por acontecer num espaço público, diga-se de passagem, no local mais belo da cidade, merece sim transparência e explicações.

PREFEITO ELEITO QUER REFORÇO NA SEGURANÇA DE ITACARÉ

Rosemberg Pinto, Maurício Barbosa e Antônio de Anísio.
Rosemberg Pinto, Maurício Barbosa e Antônio de Anísio. Foto: ASCOM.

Antônio de Anísio, prefeito eleito de Itacaré, participou na tarde desta quinta-feira, 27, de uma audiência pública na Secretaria Estadual de Segurança Pública e no Centro de Operações e Inteligência (COI).

Durante a reunião, o futuro prefeito destacou alguns pontos sensíveis na segurança pública da cidade. O objetivo da audiência foi buscar parcerias e investimentos para o município, um dos principais polos turístico da Bahia.

Antônio solicitou ao secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, um reforço na Operação Verão 2017 e a implantação do sistema de videomonitoramento no município, que será integrado ao Centro de Operações e Inteligência (COI).

O gestor solicitou ainda a instalação do Distrito Integrado de Segurança Pública (DISEP – ITACARÉ), o aumento do efetivo policial integrando a Polícia Montada (cavalaria) e Polícia Ambiental e aproveitou a oportunidade para entregar ao secretário a documentação do Conselho Comunitário de Segurança de Itacaré.

Além do prefeito eleito e do secretário de segurança, a audiência contou com a presença do deputado estadual Rosemberg Pinto, do vice-prefeito eleito Genilson Souza, do futuro secretário municipal de turismo, Júlio Oliveira e do futuro secretário de desenvolvimento urbano, Ademar Sá.

ÂNGELA RESSALTA BOM DESEMPENHO DO PSD NAS ÚLTIMAS ELEIÇÕES

angela destaque
Ângela Sousa. Foto: ASCOM.

Da ASCOM de Ângela Sousa

Em sessão plenária da Alba, da última terça-feira (25), a deputada Ângela Sousa agradeceu o apoio e parabenizou os colegas deputados pelo resultado nas eleições municipais de 2016. Ainda na oportunidade, ressaltou a expressiva representatividade do PSD nos municípios baianos, a sigla foi a que mais elegeu prefeitos no Estado, saindo vitoriosa em 83 cidades.

Falando em vitória maiúscula, a parlamentar parabenizou o prefeito eleito de Ilhéus, doutor Mário Alexandre, que resgatou em Ilhéus o desejo de mudança, com muita humildade e determinação colocou seu nome à disposição para receber o voto de confiança dos ilheenses, e venceu com 36.019 votos, quase 21 mil votos de frente para o segundo colocado.

A deputada finalizou sua fala dizendo que o tamanho da vitória é o tamanho da responsabilidade do futuro gestor, e faz com que ele estejam juntos com os ilheenses para cuidar da cidade.

Ressaltou também a colaboração de toda a equipe e de muitos voluntários que se juntaram para fazer esta campanha vitoriosa. Agradeceu o prefeito eleito Mário Alexandre seu vice Nazal e seus familiares, que juntos se fortaleceram para este expressivo resultado.

A parlamentar finalizou seu discurso endossando as palavras do deputado Robinho (PP), que trouxe para o plenário a discussão do problema da demarcação de terras que envolvem cidades do sul da Bahia, luta que ela vem travando junto os governos estadual e federal para acabar com esses conflitos entre pequenos produtores e indígenas.

O MERCADO DE TRABALHO EM ILHÉUS E ITABUNA NO MÊS DE SETEMBRO DE 2016

Sérgio RicardoPor Sérgio Ricardo Ribeiro Lima

Os municípios de Ilhéus e Itabuna após sucessivos saldos negativos mensais de emprego (diferença entre admissões e desligamentos), no mês de setembro voltaram a apresentar saldos positivos. Itabuna já apresentou saldo positivo em agosto, mantendo agora em setembro.

Para Ilhéus, no mês de setembro, o saldo foi positivo em 117 empregos e, em Itabuna, com 214 empregos. O setor com maior saldo positivo em Ilhéus foi a construção civil e, em Itabuna, foi o setor de serviços. Quanto às admissões, para Ilhéus, os que mais empregaram foram, por ordem, serviços, construção civil e comércio e, para Itabuna, serviços e comércio. Quanto aos desligamentos, em Ilhéus, os mais fortes, por ordem maior, foram serviços e comércio e, em Itabuna, por ordem maior, comércio e serviços.

No ano, de janeiro a setembro, Ilhéus vem acumulando perda de 1.300 empregos e Itabuna com perda de 52 empregos. Comparativamente ao mesmo período do ano passado, Ilhéus teve saldo negativo entre janeiro e setembro de 2015 de 694 empregos e Itabuna de 1.287 empregos.

Em resumo, observa-se que para o mês de setembro de 2016, Ilhéus e Itabuna parecem entrar na rota de recuperação dos empregos perdidos desde o ano passado. Em relação ao ano (janeiro a setembro) a situação de Ilhéus está bem pior, quando quase dobrou o saldo negativo de empregos quando comparado ao mesmo período do ano passado, enquanto Itabuna passou de um saldo negativo, entre janeiro e setembro de 2015, de 1.217 empregos para um saldo negativo de 52 empregos para o mesmo período deste ano.

Esperamos que os dois municípios entrem na rota de recuperação de suas economias. Brevemente estaremos lançando o Boletim de Conjuntura Econômica e Social[1] dos dois municípios, quando traremos o comportamento do emprego para o 3º trimestre e no início de 2017 lançaremos os dados do 4º trimestre e do ano de 2016. A expectativa é que Ilhéus e Itabuna, com a proximidade do fim do ano e com o veraneio e carnaval (particularmente para Ilhéus) entrem em processo de recuperação do empregos e de suas economias.

[1] O Boletim de Conjuntura Econômica e Social é uma produção do Projeto de Extensão CACES (Centro de Análise de Conjuntura Econômica e Social) vinculado ao Departamento de Economia da UESC. O objetivo deste boletim é a divulgação trimestral de indicadores econômicos e sociais dos municípios de Ilhéus e Itabuna.

Sérgio Ricardo Ribeiro Lima é professor do Departamento de Economia da UESC.

MARÃO E NAZAL PARTICIPAM DE REUNIÃO NA ASSOCIAÇÃO DOS DEFICIENTES FÍSICOS

marao-e-nazal-com-os-cadeirantes
Imagem: ADEFI.

Durante a campanha, os então candidatos a prefeito e a vice-prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (Marão – PSD) e Nazal (Rede), firmaram compromisso com a Associação dos Deficientes Físicos de Ilhéus (ADEFI). Garantiram que o próximo governo vai se aproximar da entidade para conhecer melhor as demandas dos seus membros.

Na manhã dessa sexta-feira (28), a convite do presidente da ADEFI, José Cruz, Mário Alexandre e Nazal participaram novamente de uma reunião na sede da entidade, na Avenida Almirante Aurelino Linhares, no Centro da cidade.

O presidente apresentou as principais propostas da ADEFI. A entidade defende a criação do Conselho Municipal das Pessoas com Deficiência. Também quer um setor específico da prefeitura para o atendimento das solicitações das entidades que representam cadeirantes e outras pessoas com necessidades especiais.

Os associados aprovaram hoje o regimento da ADEFI. Segundo Nazal, a organização demonstra a força do grupo para lutar por seus direitos. “Essas pessoas querem o respeito que merecem. Apontaram problemas no atendimento da prefeitura e deram sugestões que vão nos ajudar a resolvê-los”.

Conforme Marão, um tema comum em reuniões com outros grupos também foi o destaque do encontro dessa sexta-feira. “Todos os setores cobram mais espaço para o diálogo com os gestores municipais. Dessa vez, reafirmamos o compromisso sob o peso da responsabilidade que a confiança do nosso povo trouxe. Chegou a hora de cuidar das pessoas que mais precisam do poder público”, explicou o prefeito eleito.

BEBETO FAZ BALANÇO DA ELEIÇÃO E FALA SOBRE EMENDAS PARA ILHÉUS

bebeto-em-vila
Vila Nova entrevista Bebeto. Imagem: ASCOM Bebeto Galvão.

Da ASCOM de Bebeto Galvão.

O deputado federal Bebeto Galvão (PSB) cumpriu agenda de compromissos políticos em Ilhéus, ontem e hoje (dias 27 e 28), quando se reuniu com representantes dos partidos que compuseram sua chapa na sucessão municipal e com seus coordenadores de campanha. O encontro serviu para avaliar o processo sucessório e ainda para que o deputado reafirmasse seu compromisso com o município.

Bebeto apresentou recentemente emendas individuais que beneficiarão a saúde e a educação de Ilhéus, além de ter lutado para aprovar emendas de bancada que garantiram recursos de R$ 35 milhões para a requalificação da Central de Abastecimento do Malhado e verba para a duplicação do trecho Ilhéus – Itabuna da BR 415. 

O deputado assegurou que o prefeito eleito Mário Alexandre poderá contar com o seu compromisso em favor do município. “Terá o mesmo apoio que nosso mandato deu ao atual governo, apesar das divergências, tanto que viabilizamos recursos para obras nos morros, construção de quadras e equipamentos destinados ao Hospital Geral e para a Maternidade”, enfatizou Bebeto. Na condição de membro efetivo da Comissão Mista de Orçamento do Congresso, o parlamentar disse que manterá o empenho em busca de recursos para Ilhéus.

SALDO POSITIVO – Para Bebeto, mesmo sem ter conquistado a vitória nas urnas, a participação na corrida sucessória teve aspectos positivos. “Hoje pode ter alguém que conheça Ilhéus tanto quanto eu, mas ninguém conhece mais do que eu”, declarou o parlamentar. Ele disse que, ao assumir o desafio de disputar o governo municipal, estudou a fundo todo o funcionamento da máquina administrativa ilheense, além de ter visitado todos os bairros e distritos ao longo da campanha. 

“O que fica é uma relação de respeito pela população, que escolheu de maneira livre e democrática seu prefeito e terá deste deputado toda a dedicação e empenho para ajudar Ilhéus a avançar e a resolver seus problemas”, afirmou. Em entrevistas concedidas aos programas Tropa de Elite, da Rádio Bahiana, e O Tabuleiro, da Conquista FM, Bebeto destacou ter procurado fazer uma campanha baseada no debate de ideias. “Fomos alvo de tentativas de desconstrução, inclusive com muitas mentiras, mas mantivemos a linha propositiva de nossa campanha, pelo respeito que sempre tivemos e teremos ao povo de Ilhéus”, comentou. 

PEC 241 – Bebeto falou ainda sobre seu posicionamento com relação à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que estabelece um teto para os gastos federais pelos próximos 20 anos. O deputado disse que apoia o mérito da proposta, por defender a ideia de um orçamento realista, mas se absteve no segundo turno da votação da PEC na Câmara, por ter divergido da duração da medida. 

“Nós defendemos que o prazo fosse fixado em dez anos, com possibilidade de revisão na metade desse tempo, além de um dispositivo que permitisse, quando o país tivesse superávit, a destinação de 50% dessa economia para as áreas de saúde, educação, assistência social e infraestrutura”, afirmou. Segundo Bebeto, como o governo endureceu nas negociações, ele optou por se abster no segundo turno.

MÃE E BEBÊ SÃO ATROPELADOS PERTO DA TULHA

ba001Nessa quinta-feira (27), quando passava de carro no trecho da BA-001 entre Ilhéus e Itacaré, a professora Maíra Mendes (UESC) viu uma mulher ensanguentada “no meio da rodovia”. Testemunhas disseram que ela foi atropelada, e o impacto da batida arremessou seu filho do carrinho. O bebê de quatro meses “voou para longe”. O acidente ocorreu perto da Ponta da Tulha.

Maíra telefonou para o SAMU. Com a ajuda do companheiro de viagem, colocou a mulher e o bebê no carro e os levou para a zona urbana de Ilhéus. Encontraram a ambulância já no bairro Savóia. A equipe médica conduziu os dois até o Hospital Regional.  A criança chegou viva à unidade, mas, infelizmente, faleceu.

Além do bebê, na hora do acidente a vítima estava com o marido e outros dois filhos. Quando a mãe foi resgatada, as crianças ficaram com o pai.

Ao voltar pelo mesmo local onde resgatou a dupla, Maíra se deparou com um protesto dos moradores da região. Afirmaram que esse foi o segundo atropelamento fatal naquele trecho em poucas semanas. Acreditam que um quebra-molas tornaria o trânsito mais seguro na área. 

Conforme as testemunhas, oo (a) autor (a) do atropelamento não socorreu as vítimas. Outras pessoas passaram pelo local antes da professora, mas nenhuma parou para ajudar.