SEGUNDO AUGUSTO, ELEIÇÃO DE FERNANDO GOMES DEVE SER RESPEITADA

Augusto defende soberania do voto popular.
Augusto defende a soberania do voto popular. Imagem: Ascom-PSDB.

Da assessoria do PSDB

O deputado estadual Augusto Castro (PSDB) utilizou sua rede social na internet para agradecer os quase 18 mil votos que obteve nas eleições para prefeito de Itabuna. “As urnas não indicaram nosso nome e é com humildade e respeito que acolhemos esse resultado”, declarou.  Terceiro colocado na disputa, o parlamentar diz que procurou fazer uma campanha propositiva e que, encerrado o pleito, “a vontade do eleitor deve ser acatada”.

Itabuna está entre os poucos municípios brasileiros que ainda não sabem quem será seu prefeito a partir de janeiro de 2017. O motivo é que o candidato Fernando Gomes de Oliveira (DEM), vitorioso nas urnas, está indeferido, mas ainda recorre na tentativa de viabilizar o mandato. Caso perca em última instância, a lei diz que uma nova eleição deverá ser convocada para um prazo de seis meses e, enquanto isso, quem assume o cargo de prefeito é o presidente da Câmara de Vereadores, a ser eleito no dia 1º de janeiro.

“Nós alertamos para essa situação durante a campanha, pois não queríamos que nossa cidade enfrentasse um quadro de indefinição política após as eleições”, afirma o deputado. No entanto, para ele, agora o mais correto e democrático é “respeitar o desejo do eleitor, que livremente escolheu seu prefeito”.

Augusto lembra que, no horário da propaganda eleitoral, a população foi informada por vários candidatos sobre a condição do prefeiturável do DEM, que se tornou ficha suja após sofrer condenações nos tribunais de contas da União e do Estado. “Todos diziam que os votos de Fernando não seriam computados, mas ele alegava que era mentira e muitas pessoas acreditaram”, comenta o deputado.

Ainda assim, o parlamentar acredita que a vontade da população precisa ser levada em conta. “Isso faz parte da democracia, mas vamos ver o que o judiciário irá definir, porque a situação é mais complexa do que muitos imaginam”, avalia.

SINEBAHIA ITABUNA OFERECE 162 VAGAS DE EMPREGO NESSA QUARTA-FEIRA

Confira abaixo as novas oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas ficarão disponíveis nessa quarta-feira (5).

A agência funciona na unidade modelo da Avenida Inácio Tosta Filho, centro. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Auxiliar de Linha de Produção

PCD (Pessoas com Deficiência)

Ensino Fundamental Completo

7 vagas

Mecânico

Ensino Médio Incompleto

Experiência mínima de 6 meses na função

1 vaga

Operador de Telemarketing

Ensino Médio Completo

100 vagas

(mais…)

SALVA-VIDAS E CONCURSADOS PROTESTAM EM ILHÉUS

Imagem; Facebook/Reprodução.
Imagem; Facebook/Reprodução.

Aprovados no concurso para o cargo de salva-vidas vão realizar uma passeata no Centro de Ilhéus. Marcado para essa quinta-feira (6), o ato vai começar às 12 horas, na Praça Cairu.

Eles reivindicam a nomeação para os cargos conquistados no concurso. Afirmam que falta segurança nas praias do município, pois muitas não têm salva-vidas. Citam como prova os registros de afogamentos com vítimas fatais.

Servidores efetivos da prefeitura também vão participar da manifestação. Os manifestantes fazem parte do Movimento salva-vidas já! e da Associação dos Salva-Vidas de Ilhéus.

O Blog do Gusmão ouviu dois concursados. Eles destacaram que o ato foi marcado para depois das eleições de modo a evitar qualquer conotação eleitoreira.

MARÃO NÃO VAI NOMEAR SECRETÁRIOS PROCESSADOS NO GOVERNO NEWTON

Marão. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.
Marão. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Na campanha, o prefeito eleito Mário Alexandre (PSD) garantiu que o seu governo vai afastar qualquer secretário que seja alvo de investigação. Isso permitirá que o eventual investigado se defenda, sem prejuízo à rotina da gestão.

Também na campanha, a propaganda de um dos adversários disse que “Marão é Newton de novo”.

Na manhã dessa terça-feira, 4, Mário concedeu entrevista coletiva no auditório do Ilhéus Praia Hotel, no Centro.

Perguntamos se ele vai nomear algum secretário que responde a processo judicial decorrente da atuação no governo Newton. Marão garantiu que isso não vai acontecer.

JABES AINDA NÃO PARABENIZOU O “AMIGO” MARÃO

Marão, Nazal, Jabes e Cacá. Imagens: Thiago Dias/Blog do Gusmão.
Marão, Nazal, Jabes e Cacá. Imagens: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Durante a campanha, o prefeito Jabes Ribeiro (PP) costumava tecer críticas ao governo de Newton Lima para atacar a candidatura do prefeito eleito Mário Alexandre (PSD), que foi vice de Newton.

Sempre que batia em Marão, Jabes o chamava de “meu amigo”.

Na manhã dessa terça-feira, 4, na primeira entrevista coletiva de Mário Alexandre após a vitória de domingo (2), o Blog do Gusmão perguntou se Jabes telefonou para cumprimentar o “amigo” eleito.  Marão respondeu que o prefeito ainda não o cumprimentou.

Também fez um comentário irônico. Segundo o prefeito eleito, Jabes pode ter lhe chamado de “amigo” para prejudicar a sua campanha com a impopularidade do atual governo. “O prefeito me chamou de amigo para ver se o desgaste dele pegava em mim”.

“Me dou extremamente bem com ele, como pessoa. Achei até que foi deselegante da parte dele não ter feito nenhuma ligação, porque campanha se ganha e se perde”, disse Marão. “Talvez ainda esteja atordoado com a derrota”, concluiu.

Por outro lado, logo após a confirmação do resultado, Cacá telefonou para o vice-prefeito eleito José Nazal (Rede Sustentabilidade) e pediu para falar com Mário Alexandre, a quem cumprimentou pela vitória nas urnas.

RESSACA ELEITORAL

Imagem: Secom-Ilhéus.
Imagem: Secom-Ilhéus.

Fontes deste blog afirmam que uma ressaca eleitoral paralisou a Prefeitura de Ilhéus nessa segunda-feira (3). Muitas secretarias contaram com pouquíssimos servidores em suas sedes, como a de saúde.

Consulta ao site da prefeitura corroborou a informação das fontes com um indício. O Diário Oficial do Município não teve edição nessa segunda. Acessamos a página na manhã de hoje.