SOBRE AS ELEIÇÕES 2016 EM ILHÉUS

MárioPor Shi Mário

Começou com um sentimento de unidade da oposição. Sem o financiamento empresarial, teoricamente as campanhas seriam mais “enxutas”. Isso demandaria esforço maior dos candidatos que não estavam no governo, sem a chamada “máquina pública”.

Durante a campanha, o nível intelectual foi baixíssimo e os debates marcados pela falta de dados estatísticos sobre a realidade ilheense.

Carmelita e o PT foram oposição todos os anos, mas pelo fato de na esfera estadual o PP ser aliado, exerceu pouco e muito ruim essa atividade, contrariando até seus militantes que a grosso modo travavam o embate nas redes sociais, mas de forma pouco propositiva. Candidatura saiu muito menor do que a expectativa.

Bebeto se tornou, após romper com Jabes (que ajudou a eleger), um aglutinador das oposições, por ter mais grana e mais influência em sindicatos e na mídia que os demais. Passou a ser uma possibilidade real de vencer a falta de diálogo e o coronelismo do governo. Demorou demais para tomar posição e perdeu a referência. Candidatura saiu enfraquecida demais.

Cosme e Gurita, vereadores eleitos como aliados de Jabes, exerceram mandato pouco combativo. Poucos processos na justiça e pouca fiscalização. Quando passaram a ser oposição, ficaram apenas no microfone. Estas candidaturas pareceram parte de uma estratégia para a possível disputa por espaço no legislativo estadual. Como tiveram apelo em setores onde a oposição tinha votos cativos dos insatisfeitos com o governo Jabes, serviram para dividir votos. Cosme foi bem votado.

(mais…)

SECRETARIA DE TURISMO PODE VOLTAR PARA A CASA DE JORGE AMADO

Casa de Jorge Amado. Imagem: Torres Turismo.
Casa de Jorge Amado. Imagem: Torres Turismo.

Fonte deste blog afirma que o governo Jabes Ribeiro levará a secretaria de turismo de Ilhéus de volta para o auditório da Fundação Jorge Amado, onde funcionou na primeira metade dessa gestão.

Os servidores da pasta trabalham atualmente num imóvel alugado na Praça Ruy Barbosa. Segundo a fonte, eles estão insatisfeitos com a notícia da mudança. Acreditam que as condições de trabalho ficarão ainda mais precárias. Não é fácil adaptar um auditório para o funcionamento de um órgão público.

Levar a pasta de volta para a Casa de Jorge Amado, disse a fonte, seria uma estratégia de Jabes para prejudicar o início da gestão do próximo prefeito. O alcaide estaria disposto a fazer o mesmo com outros órgãos municipais.

Na tarde dessa quinta-feira, 6, por telefone, o secretário de turismo Josenaldo Cerqueira (Jó) disse ao Blog do Gusmão que não sabe nada a respeito dessa mudança.

Ele perguntou como o blog obteve a informação. Respondemos que foi por meio de uma fonte, mas não a identificamos.

O secretário reafirmou que não sabia da novidade. Pareceu nervoso ao explicar que estava em reunião. Pedimos desculpas por atrapalhá-lo e nos despedimos.

NOVAS OPORTUNIDADES DE TRABALHO DO SINEBAHIA ITABUNA

Confira abaixo as novas oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas ficarão disponíveis nessa sexta-feira (7).

A agência funciona na unidade modelo da Avenida Inácio Tosta Filho, centro. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Assistente Administrativo

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

2 vagas

Auxiliar Administrativo

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 vaga

Auxiliar de Limpeza

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

2 vagas

(mais…)

GOVERNO AFOBADO

wilson gomesPor Wilson Gomes/publicado no Facebook

A administração Temer está afobada. A maioria parlamentar de Temer está com uma pressa que é praticamente precipitação. Querem aprovar o maior número possível de Projetos de Leis e PECs, e o que não couber na janela de tempo da tramitação vai de Medida Provisória mesmo.

Por que a afobação? É simples: este governo acaba em setembro de 2017. Se durar tanto. É uma conta elementar: governos surgidos das urnas têm oito semestres de duração, este governo surgido de um Congresso Interventor vai durar cinco semestres. Governos votados (fora o último de Dilma) são formados sobre um patrimônio de legitimidade e apoio popular, que pode ser despendido, nos primeiros quatro semestres, na aprovação de medidas impopulares, mas necessárias. Afinal, como ensinou Machiavelli, o mal tem que ser feito de uma vez só enquanto o bem deve ser distribuído ao longo do tempo. Este governo indireto, contudo, não se beneficia da legitimidade que as urnas dá a uma programa de governo e, pior, já perdeu três dos quatro “semestres de boa vontade”.

(mais…)

ARTISTAS COMPLETAM MURAL NO PAREDÃO DE ILHÉUS

Obra de Rildo Foge e colaboradores. Imagem: Secom-Ilhéus.
Obra de Rildo Foge e colaboradores. Imagem: Gidelzo Silva/Secom-Ilhéus.

O governo Jabes Ribeiro divulgou ontem (5) informações sobre o painel artístico pintado no paredão da Rua Bento Berilo, mais conhecida como Rua da Linha, no Centro.

A obra assinada por Rildo Foge contou com a colaboração de Luciano Maciel (Pipoca) e Sânio Moreira. A Prefeitura de Ilhéus desembolsou R$ 50 mil pelo mural de 700 metros quadrados.

MADRE THAÍS ABRE INSCRIÇÕES PARA O VESTIBULAR 2017.1

FMT LOGOA Faculdade Madre Thaís (FMT), em Ilhéus, vai abrir na segunda-feira (10) o período de inscrições para o vestibular 2017.1.

A inscrição poderá ser feita no Shopping It’art, Centro, de segunda a sexta e aos sábados, sempre em horário comercial. Também será possível se inscrever na sede da faculdade, na Avenida Itabuna, 1491. Nesse caso o atendimento funcionará das 9 às 21 horas durante a semana e, no sábado, até as 15 horas.

O candidato também pode se inscrever no site da FMT – acesse.

Os cursos da FMT são: Administração, Enfermagem, Logística, Gestão de Recursos Humanos, Serviço Social, Biomedicina, Direito, Engenharia Civil e Fisioterapia.

As provas estão previstas para o dia 27 de novembro, das 9 às 13 horas. Serão aplicadas na sede da faculdade.

PEC 241: FIOCRUZ DENUNCIA RISCO DE DIREITOS CONSTITUCIONAIS

Governo Temer defende que a PEC 241 é fundamental para o Brasil. Imagem: Kleyton Amorim/UOL.
Governo Temer defende que a PEC 241 é fundamental para o Brasil. Imagem: Kleyton Amorim/UOL.

O Conselho Deliberativo da Fiocruz divulgou hoje (6) carta aberta sobre os impactos negativos que a possível aprovação da PEC 241 trará para a manutenção de serviços públicos básicos de educação, saúde e outras áreas onde o Estado atua para tentar garantir direitos constitucionais.

O conselho declarou a decisão no último dia 30. O encontro reuniu o presidente da Associação Nacional do Ministério Público em Defesa da Saúde (Ampasa), Gilmar de Assis; o diretor-científico da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), Jerson Lima Silva; dois representantes do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Wanderley Gomes da Silva e André Luiz de Oliveira; e o coordenador do Centro de Estudos Estratégicos da Fundação, Antonio Ivo de Carvalho; e o presidente Paulo Gadelha.

Leia a carta.

A PEC 241 e os impactos sobre os direitos sociais, a saúde e a vida

A Fundação Oswaldo Cruz, instituição estratégica do Estado para a ciência e a tecnologia em saúde, dirige-se, por resolução de seu Conselho Deliberativo, ao conjunto da sociedade brasileira e, em especial,  ao Governo Federal e o Congresso Nacional para alertar  sobre os efeitos negativos da PEC 241, assim como outros projetos legislativos em curso, que conformam um projeto de revisão dos preceitos constitucionais de garantia do direito universal à saúde e o desenvolvimento da cidadania e que, se aprovados, implicariam em danos significativos à saúde e a vida das pessoas.

A proposição da PEC 241, em particular, parte do pressuposto de que os atuais problemas econômicos são decorrentes do excesso de gastos públicos com a sociedade. Com esse diagnóstico, cria-se um clima alarmista que justificaria a contenção de programas sociais e iniciativas redistributivas das últimas décadas, responsáveis pela redução, ainda que limitada, da enorme desigualdade social que a sociedade brasileira ainda enfrenta.

O envio ao Congresso Nacional da PEC 241/2016, instituindo o chamado Novo Regime Fiscal, representa e consolida a tese de que a forma exclusiva de enfrentar a crise fiscal é o corte de gastos sociais e, portanto, a restrição de direitos, mantendo ao mesmo tempo intocado o questionamento sobre a dívida pública e seu regime de juros que representam, estes sim, a razão maior do comprometimento do orçamento da União.

Através dos artigos 101 a 105 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, proposto pela PEC 241, cria-se um teto orçamentário definido pela inflação do período, que retira a progressividade dos direitos sociais e a autonomia da sociedade brasileira e do Congresso Nacional de ajustar o gasto público às dimensões de suas prioridades e estratégias de desenvolvimento econômico e social, ferindo o ordenamento da Constituição de 1988.

(mais…)

PROFESSORES DE DIREITO DA BAHIA REPUDIAM “GOLPE”

Brasões das universidades estaduais da Bahia.
Brasões das universidades estaduais da Bahia.

Docentes de direito das universidades estaduais da Bahia divulgaram ontem (5) “moção de repúdio ao golpe de 2016”. Leia a íntegra.

MOÇÃO DE REPÚDIO AO GOLPE DE 2016

As professoras e os professores abaixo signatários, dos cursos de Direito das Universidades Estaduais da Bahia, diante do desrespeito à vontade popular e à Constituição Federal, vêm, por meio desta Moção, manifestar sua indignação em relação ao processo de golpe de Estado perpetrado no país e sua preocupação na defesa da democracia.

Em 31 de agosto de 2016, o Senado Federal afastou, em definitivo, a presidenta Dilma Rousseff, finalizando o processo de impeachment iniciado na Câmara dos Deputados. Em 17 de abril, o plenário da Câmara havia decidido pela sua admissibilidade em votação aberta que registrou uma simbólica demonstração de descompostura política de parlamentares e que envergonhou a sociedade brasileira. O processo seguiu ao Senado para a análise do mérito. Desta vez, sob as vestes de suposta sobriedade, a maioria dos Senadores definiu, antes em comissão e depois no plenário, pelo deferimento do pedido de impeachment.

Antes da votação na Câmara, o STF foi provocado a se manifestar e se limitou a firmar orientações sobre o rito processual. Houve uma maioria de parlamentares contrários ao governo federal e um processo de impeachment com o rito revisado pelo Supremo Tribunal Federal.
Se tudo se limitasse ao mero formalismo, haveria de ser um processo que, embora extraordinário pelo seu objetivo – o afastamento de uma chefe de Estado –, retrataria o exercício das regras constitucionais.

No entanto, nem os Deputados, nem os Senadores e nem os Ministros do Supremo Tribunal Federal se dignaram a examinar, nas oportunidades que tiveram, o mérito do pedido de impeachment, com o rigor dos critérios jurídicos e constitucionais. Em meio à ausência do fundamento necessário para legitimar o impeachment, a sociedade brasileira viu o resultado da sua opção política expressa em 2014 se transformar em objeto de um processo judicial impregnado de vícios jurídico constitucionais, em sua dimensão material e alcance políticos. E a democracia ser derrubada pela violência da falsidade.

(mais…)

CONSULTE O RESULTADO DE CADA SEÇÃO ELEITORAL DE ILHÉUS

Clique no link abaixo para fazer a consulta no site do TSE.
Clique no link abaixo para fazer a consulta no site do TSE.

O site do Tribunal Superior Eleitoral disponibiliza sistema de busca que apresenta o resultado das eleições de domingo (2) dividido por seção.

Clique aqui para acessar o site. A consulta requer o preenchimento dos parâmetros de pesquisa: sigla do estado, nome do município, turno da eleição, zona e seção eleitoral.

PT BAIANO TRAIU TERCEIRIZADOS, AFIRMA HILTON COELHO

Vereador Hilton Coelho.
Vereador Hilton Coelho.

Segundo o vereador de Salvador, Hilton Coelho (PSOL), o governo do PT na Bahia age de modo vergonhoso em relação aos empregados das empresas terceirizadas que prestam serviços em instituições estaduais.

De acordo com Hilton, o PT traiu a classe trabalhadora ao expandir a política de terceirização que resulta em prejuízo aos direitos trabalhistas.

O Ministério Público do Trabalho atua para tentar garantir os direitos dos trabalhadores, que sofrem com o atraso de salários e pendências para a liberação do seguro-desemprego. Isso porque muitos foram demitidos em julho, mesmo com os vencimentos atrasados.

“A terceirização foi claramente uma das medidas de precarização utilizada como ataque a todo conjunto dos trabalhadores. Com tristeza vemos alguém que se diz represente dos trabalhadores aprofundar essa forma de exploração no governo estadual. O governador gosta de falar de seu passado de sindicalista. Os princípios, pelo desespero atual das trabalhadoras e trabalhadores terceirizados, ficaram mesmo no passado”, lamentou Hilton Coelho.

PRESO POR PENSÃO ALIMENTÍCIA MORRE NO ARISTON CARDOSO

Presídio Ariston Cardoso. Imagem: A Tarde/UOL.
Presídio Ariston Cardoso. Imagem: A Tarde/UOL.

No último domingo, 2 de outubro, Antônio Marcio de Jesus Silva foi encontrado morto no presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, onde estava detido por dívida de pensão alimentícia.

Conforme apuramos, a morte não foi violenta, mas sim decorrente de problemas de saúde que já sofria antes da prisão. Ele estava detido há poucos dias, numa área diferente de onde ficam os homens presos por crimes que envolveram violência.