ITABUNA É A 13ª CIDADE MAIS VIOLENTA DO BRASIL

itabunaA Faculdade Latino-Americana de Ciência Sociais divulgou em setembro o Mapa da Violência de 2016. Itabuna foi considerada a décima terceira cidade mais violenta do país.

O levantamento considera o número de habitantes dividido pela quantidade de mortes com armas de fogo num ano. O índice de Itabuna é de 81,2. Porto Seguro vem logo atrás, na 14ª posição, com 81. Os números considerados são de 2014.

Com informações do Estadão.

GOVERNO DA BAHIA NÃO TEM “CAIXA” PARA PAGAR O 13º SALÁRIO

Elio Gaspari.
Elio Gaspari.

A informação é do jornalista Elio Gaspari, colunista da Folha de S. Paulo, que escreveu sobre a Proposta de Emenda Constitucional 241 na coluna dessa quarta-feira, 12 de outubro.

A “PEC do Teto”, como ficou conhecida, prevê o congelamento dos investimentos públicos e do poder de compra do salário mínimo. O governo Temer apresentou a medida como salvação para superar a crise econômica, pois o novo regime fiscal elevaria a confiança do mercado no Brasil.

Ao comentar a proposta, Gaspari lembrou que Estados tentam renegociar suas dívidas com a União. Segundo o colunista, seis deles “estão sem caixa para pagar o 13º de seus servidores”: Bahia, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Sergipe e Roraima.

“Pelo andar da carruagem, a lei de renegociação das dívidas dos Estados será renegociada antes de ter sido aprovada”, ironizou o colunista ao sugerir que os Estados provavelmente pedirão socorro ao governo federal para quitar o décimo terceiro salário.

NOVAS OPORTUNIDADES DE TRABALHO DO SINEBAHIA ITABUNA

Confira abaixo as novas oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas ficarão disponíveis nessa sexta-feira (14).

A agência funciona na unidade modelo da Avenida Inácio Tosta Filho, centro. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Analista de Recursos Humanos

Ensino Superior Incompleto

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 vaga

Empacotador

Ensino Médio Incompleto

2 vagas

Mecânico

Ensino Médio Incompleto

Experiência mínima de 6 meses na função

1 vaga

(mais…)

FGV: SALÁRIO MÍNIMO SERIA DE R$ 400 SE A PEC 241 ESTIVESSE EM VIGOR DESDE 1998

carteira-de-trabalhoDo Estadão

Se as novas regras da PEC do Teto dos Gastos tivessem entrado em vigor há 20 anos, a economia aos cofres públicos teria sido bastante eficaz, mas o salário mínimo em vigor no País não chegaria à metade do valor de hoje: estaria em apenas R$ 400,00, em vez dos R$ 880,00 estipulados atualmente. O cálculo, obtido com exclusividade pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real da Agência Estado, é do economista Bráulio Borges, pesquisador associado do Departamento de Economia Aplicada do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV).

O pesquisador fez uma simulação aplicando as regras da PEC ao orçamento de 1998, quando começa a série histórica dos gastos do governo central, mantida pelo Tesouro Nacional. À época, os gastos equivaliam a 14% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Em 2015, já alcançaram 19,5% do PIB. Caso os critérios da PEC tivessem sido adotados, esse porcentual teria sido reduzido para 7% do PIB no último ano.

“Só que essa conta não é muito precisa, porque se o gasto do governo tivesse sido muito menor, esse resultado do PIB também poderia ser diferente. Aí a gente entra numa discussão política complexa, de qual seria o tamanho ideal do Estado na economia”, ponderou Borges.

De 1998 para cá, o salário mínimo teve um crescimento real médio de 4,2% ao ano. “É muito provável que o salário mínimo teria ficado congelado em termos reais, só recebendo a diferença da inflação”, estimou o pesquisador do Ibre/FGV.

O levantamento aponta ainda que metade da alta de 5,5 pontos porcentuais no gasto do governo central entre 1998 e 2015 é explicada pelo aumento do salário mínimo. Mas, se por um lado a política de valorização acima da inflação onerou as contas do governo, por outro também ajudou a reduzir a desigualdade e a movimentar a atividade econômica, ressaltam especialistas.

(mais…)

GOVERNO JABES AUMENTA E RENOVA CONTRATO DOS “PARDAIS” DO TRÂNSITO

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa.

O governo Jabes Ribeiro aumentou em 24,65% o preço do contrato da GCT. O acréscimo será de R$ 465.885,00.

A GCT Gerenciamento e Controle de Trânsito Ltda. controla os “pardais” responsáveis pelo registro eletrônico das infrações de trânsito em Ilhéus.

Segundo o governo, o aumento foi necessário porque o serviço teve demanda maior que a prevista no processo licitatório de 2014.

O reajuste foi garantido no dia 1º de setembro de 2016. A prefeitura o divulgou 41 dias depois, na última terça-feira. Confira no Diário Oficial do Município.

No mesmo diário, o governo anunciou a prorrogação do contrato da GCT por quatro meses. Assinada no último dia 21, a renovação considerou o novo valor do serviço e vai custar mais R$ 630 mil aos cofres da cidade.

Desde 2013, primeiro ano do quarto mandato do prefeito Jabes Ribeiro (PP), os motoristas que trafegam em Ilhéus desembolsaram mais de R$ 7 milhões com o pagamento de multas.

UESC ABRE INSCRIÇÕES PARA MESTRADO EM LETRAS

Vestibular Uesc dia 16-1 (4)Estão abertas as inscrições para o mestrado em letras da UESC. O prazo vai até 21 de outubro. A inscrição deve ser realizada no Protocolo Geral da UESC ou via Correios.

O programa oferece 20 vagas, em duas linhas de pesquisa: 1) literatura e cultura e 2) linguagem. O curso é voltado para graduados em letras e áreas afins.

A prova escrita da seleção será realizada das 14 às 18 horas do dia 7 de novembro, na UESC. Os aprovados iniciarão o curso no primeiro semestre de 2017.

Acesse mais informações no edital.

TERCEIRIZADOS DENUNCIAM “CALOTE” DO GOVERNO RUI COSTA

"No governo do PT, pagamento de trabalhador é pé na bunda e calote", diz fonte.
“No governo do PT, pagamento de trabalhador é pé na bunda e calote”, diz fonte.

Fonte deste blog nos procurou hoje (13) para reclamar do atraso do pagamento dos ex-funcionários das empresas terceirizadas do governo da Bahia. Demitidos em julho, ainda não receberam o salário do último mês de trabalho.

Segundo a fonte, o governo Rui Costa prometeu quitar a pendência em julho, mas a promessa não virou realidade.

Os desempregados, diz a fonte, também não consegue receber o seguro-desemprego. “No governo do PT, pagamento de trabalhador é pé na bunda e calote”, desabafou.

BOB DYLAN GANHA O NOBEL DE LITERATURA

Bob Dylan. Imagem: Kevin Mazur/WireImage.
Bob Dylan. Imagem: Kevin Mazur/WireImage.

A Academia Sueca anunciou nessa quinta-feira (13) que Bob Dylan, 75 anos, é o vencedor do prêmio Nobel de Literatura de 2016.

Sara Danius, porta-voz da Academia Sueca, disse que a obra do cantor e compositor norte-americano tem traços em comum com a dos poetas antigos Homero e Safo.

O título é acompanhado por uma bolada de 3,7 milhões de reais.

Com informações do UOL.

EMBASA SUSPENDE ABASTECIMENTO DE 13 BAIRROS DE ILHÉUS

embasaA Embasa informou que interrompeu temporariamente o envio de água para treze locais de Ilhéus. O serviço ficará suspenso nessa quinta-feira, 13, até que os técnicos da empresa corrijam “mudanças nos aspectos físico-químicos da água”.

A qualidade da água foi afetada pelas chuvas dos últimos dias. Isso exigiu a manutenção. Conforme a Embasa, o serviço será normalizado gradativamente nas próximas 24 horas.

Ainda de acordo com a empresa, haverá compensação no fornecimento de água pelo mesmo número de horas que o serviço ficou interrompido.

Os bairros e distritos afetados são: Alto da Barra/ CSU, Alto Nerival, Alto Soledade, Aritaguá, Barra, Centro Industrial, Iguape, Jardim Savóia, Novo Ilhéus, São Domingos, São José, São Miguel e Sambaituba.

GOVERNO JABES PODE DEIXAR PENDÊNCIA DO CONCURSO PARA MARÃO

Marão e Jabes. Imagens: Thiago Dias/Blog do Gusmão e José Nazal.
Mário Alexandre e Jabes Ribeiro. Imagens: Thiago Dias/Blog do Gusmão e José Nazal.

O primeiro edital do concurso de 2016 da Prefeitura de Ilhéus não concedeu direito à isenção da taxa de inscrição ao mais pobres. Por isso, a pedido do Ministério Público do Estado da Bahia, a Justiça obrigou o governo Jabes Ribeiro a refazer o documento.

Candidatos que pagaram a taxa e depois garantiram o direito à isenção ainda não receberam o  reembolso. Esperam há três meses.

O governo culpa a Consultec pelo atraso da devolução do dinheiro. Candidatos que procuraram o blog dizem que a empresa não dá qualquer esclarecimento sobre a pendência.

Pelo andar vagaroso da carruagem palaciana na reta final do mandato, o problema provavelmente vai ficar para o prefeito eleito Mário Alexandre (Marão – PSD).