EMBASA NÃO SERÁ PRIVATIZADA, GARANTE RUI COSTA

Governador Rui Costa. Imagem: Manu Dias/GOVBA.
Governador Rui Costa. Imagem: Manu Dias/GOVBA.

Nessa terça-feira (29), em Salvador, ao comentar o projeto de lei que cria a Empresa Baiana de Ativos S.A. (BahiaInvest), o governador Rui Costa (PT) disse que a medida enviada para a Assembleia Legislativa não prevê a privatização da Embasa. Essa “não é e nunca será minha intenção”, garantiu.

“Com a BahiaInvest, estamos buscando um modelo que deu certo em alguns lugares de mundo de atrair investimentos privados, num modelo de capitalização que garanta retorno através de investimentos públicos para setores privados que queiram investir nesta empresa. A BahiaInvest vai, por exemplo, capitalizar investimentos do VLT. Então, empresários que não sejam os que vão operar o VLT poderiam comprar uma cota desse investimento”, disse Rui Costa. 

Conforme o projeto de lei, explica o governo, o Estado da Bahia fica autorizado a integralizar o capital da BahiaInvest com até 25% das ações ordinárias e o mesmo percentual das ações preferenciais de que é titular na composição acionária da Embasa, além de outros ativos.

SUPERINTENDENTE EXPLICA MUDANÇAS NA OBRA DA PONTE

Saulo Pontes.
Saulo Pontes.

O radialista Vila Nova, apresentador do programa O Tabuleiro na rádio Conquista FM, entrevistou nessa quarta-feira (30) o superintendente de infraestrutura de transportes da Bahia, Saulo Pontes. Em pauta, a obra da nova ponte Ilhéus-Pontal.

O superintendente explicou mudanças que o projeto original sofreu. Segundo ele, com o novo desenho haverá redução significativa da sedimentação lateral da areia.

Segundo Saulo Pontes, o projeto atual ampliou o comprimento da ponte de 497 para 533 metros. A construção, no entanto, será mais estreita que o previsto inicialmente.

Pontes também falou sobre os custos da obra, a desapropriação de imóveis e as etapas da construção. Ouça.

CONFIRA AS VAGAS DE EMPREGO DO SINEBAHIA ITABUNA

Confira abaixo as novas oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas ficarão disponíveis até essa quinta-feira (1º).

A agência funciona na unidade modelo da Avenida Inácio Tosta Filho, centro. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Engenheiro de Segurança do Trabalho

Ensino Superior Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 vaga

Estoquista

PCD (Pessoas com Deficiência)

Ensino Médio Completo

1 vaga

Motorista Entregador

Ensino Médio Completo

Curso MOPP

Experiência mínima de 6 meses na carteira

2 vagas

Médico do Trabalho

Ensino Superior Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 vaga

(mais…)

VIÚVA ACUSA SECRETÁRIO RICARDO MACHADO DE AGIR A FAVOR DE PARENTES

A advogada Hildelice Bunchaft e o secretário de administração de Ilhéus, Ricardo Machado.
A advogada Hildelice Bunchaft e o secretário de administração de Ilhéus, Ricardo Machado.

A advogada Hildelice Bunchaft procurou este blog para questionar publicamente o secretário de administração da Prefeitura de Ilhéus, Ricardo Machado, sobre a suposta intervenção do gestor no governo Jabes Ribeiro em benefício de familiares.

O Blog do Gusmão conversou com Hildelice na manhã da última segunda-feira (29), em frente ao seu terreno na Rua 13 de Maio, no bairro Pontal. Ela reclama do fato da prefeitura ter colocado um ponto de ônibus diante da sua propriedade, que está à venda. Afirma que o novo ponto desvalorizou o imóvel.

Servidores da prefeitura retiram ponto de ônibus antigo da 13 de Maio. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.
Servidores da prefeitura retiram ponto de ônibus antigo da 13 de Maio. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Bunchaft conta que uma amiga a aconselhou a procurar o secretário Ricardo Machado, pois ele poderia ajudá-la a resolver o problema. Hildelice afirma que seguiu o conselho, mas, surpreendeu-se com a reação de Machado.

Segundo ela, durante conversa na Avenida Dois de Julho, o secretário teria admitido que a prefeitura mudou o ponto de ônibus da 13 de Maio de lugar para não prejudicar um “grande empreendimento” que será aberto naquela rua. Os proprietários do restaurante teriam relação de parentesco com Ricardo Machado.

De acordo com Hildelice, o ponto de ônibus ficou no mesmo local por mais de trinta anos. A mudança ocorreu logo na época em que os supostos familiares do secretário se preparam para inaugurar o restaurante.

Segundo Hildelice, o estabelecimento será aberto em frente ao local onde o ponto de ônibus ficava. O interesse de retirá-lo seria para evitar a presença do equipamento diante do futuro restaurante.

A advogada é viúva de Mário Bunchaft, que faleceu em junho de 2016. Segundo Hildelice, a venda do terreno é necessária para quitar dívidas do espólio, conjunto de bens, direitos e obrigações deixados pelo falecido.

Ainda de acordo com a viúva, Ricardo Machado demonstrou arrogância ao dizer que ela perderá tempo se denunciar o caso para o Ministério Público.

A acusação contra o secretário lembra o caso recente do ex-ministro Geddel Viera Lima, acusado de tentar intervir no Ministério da Cultura para autorizar empreendimento do seu interesse em Salvador.

Conversamos por telefone hoje com o secretário Ricardo Machado, mas, ele não nos deu a oportunidade de questioná-lo sobre o assunto. Segundo o gestor, o Blog do Gusmão deturpou suas declarações sobre as dificuldades da prefeitura para garantir os salários de dezembro. Por isso evitará nos responder de forma direta.

Insistimos pedindo que o secretário nos respondesse por escrito. Assim, poderíamos publicar a resposta na íntegra. Machado disse que só responderá ao blog por meio da Secretaria Municipal de Comunicação.

Atualizado às 8h35min. de 1º de dezembro de 2016.

O secretário respondeu a acusação da viúva. Clique aqui para ler a resposta na íntegra.

RUI COSTA RECEBE ÂNGELA SOUSA EM AUDIÊNCIA

Deputada apresentou demandas do sul da Bahia ao governador. Imagem: Ascom-PSD.
Deputada apresentou demandas do sul da Bahia ao governador. Imagem: Ascom-PSD.

A bancada do PSD na Assembleia Legislativa da Bahia se reuniu nessa terça-feira (29) em Salvador com o governador Rui Costa (PT). Na reunião, a deputada estadual Ângela Sousa reiterou solicitações que interessam a municípios do sul da Bahia.

Entre outros pontos, a parlamentar destacou a importância da implementação das emendas impositivas que vão garantir a entrega de novas ambulâncias para Ilhéus, Jacaraci, Iguaí, Canavieiras, Ibicuí, Ibicaraí e Boa Nova.

Ângela também lembrou dos poços artesianos para comunidades de Ilhéus, Condeúba e Piripá.

Além disso, a deputada falou sobre a urgência da intervenção do governo estadual para recuperar trechos da BA 001. Segundo ela, os pontos mais carentes da rodovia estão entre a zona norte de Ilhéus e Itacaré e entre o litoral sul ilheense e Canavieiras.

A reforma da 13º Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) também foi tema da audiência, assim como a recuperação de áreas do Centro Social Urbano (CSU), ambos localizados em Ilhéus.

ABORTO ATÉ O TERCEIRO MÊS NÃO É CRIME, DECIDE TURMA DO STF

Ministro Luís Roberto Barroso.
Ministro Luís Roberto Barroso.

Da Folha de S. Paulo

A maioria da primeira turma do STF (Supremo Tribunal Federal) firmou o entendimento, nesta terça-feira (29), de que praticar aborto nos três primeiros meses de gestação não é crime. Votaram dessa forma os ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Edson Fachin.

A decisão é sobre um caso específico, em um habeas corpus que revogou a prisão preventiva de cinco pessoas que trabalhavam numa clínica clandestina de aborto em Duque de Caxias (RJ), mas pode ser considerada um passo à frente na descriminalização do ato, desde que no início da gravidez.

Embora a decisão tenha se dado em um caso específico, outros magistrados, de outras instâncias, poderão, a seu critério, adotar o entendimento da primeira turma do STF.

O relator, ministro Marco Aurélio, já havia concedido liminar em 2014 para soltar os cinco médicos e funcionários da clínica fluminense. Seu fundamento era que não existiam os requisitos legais para a prisão preventiva (como ameaça à ordem pública e risco à investigação e à aplicação da lei). Nesse processo, nenhuma mulher que praticou aborto na clínica foi denunciada.

(mais…)

APAE DE ILHÉUS ABRE MATRÍCULAS PARA 2017

APAEA Escola Flor do Cacau, da Apae de Ilhéus, está com matrículas abertas para o ano letivo de 2017. Os pais ou responsáveis devem matricular ou renovar a matrícula dos estudantes até 22 de dezembro. O atendimento funciona das 8 às 11 horas e das 14 às 17h. A escola fica no Caminho 1 do bairro Hernane Sá, número 64, perto da Central de Abastecimento da Zona Sul de Ilhéus.

O ato da matrícula exige a apresentação do laudo médico com CID atual ou de 2015, além da cópias de documentos como: certidão de nascimento, RG e CPF, comprovante de residência, cartão do SUS e duas fotos 3×4.

A Apae educa estudantes por meio dos projetos de educação de jovens e adultos, programa pedagógico específico, ciclo de escolarização inicial, atendimento educacional especializado, educação infantil e grupos externos.

MULHER DENUNCIA AGRESSÕES DE “MANÍACO DA GILETE” NO PONTAL

Imagem da publicação no Facebook.
Imagem da publicação no Facebook.

Uma mulher usou nessa terça-feira (29) o Facebook para denunciar a ação de um sujeito que ela chama de “maníaco da gilete”. Segundo ela, o acusado agrediu duas mulheres no Pontal, em Ilhéus. Os casos ocorreram no domingo (27) à tarde e na segunda-feira (28).

Conforme o depoimento, o homem usou um estilete para fazer cortes superficiais nos pescoços das vítimas. Os ataques aconteceram nas proximidades da Praça São João Batista.

De acordo com a autora da denúncia, as mulheres devem permanecer em estado de “alerta” ao andar nas ruas do bairro da zona sul de Ilhéus.

ESQUERDA E DIREITA CUMPREM O SEU PAPEL

wilson gomesPor Wilson Gomes/publicado no Facebook

Ontem a esquerda militante e a direita institucional fizeram o que fazem melhor: esquerdices e direitices. A esquerda militante juntou uma galera e umas bandeiras, vermelhas para dar bem na vista, gritou palavras de ordem, pichou, invadiu, quebrou, foi reprimida com violência. Não necessariamente nesta ordem. A direita institucional votou confortavelmente a PEC neoliberal, desfigurou o pacote contra corrupção, ganhou folgadamente as votações, discursou contra “os baderneiros”, tirou onda dizendo que quando os seus vão às ruas é com ordem e civismo, e ainda sobrou tempo para reagir institucionalmente à decisão liberal do STF conta o aborto, montando uma comissão e avisando que isso não vai ficar assim. Ah, e mandou a polícia sentar o pau na esquerda militante.

Tudo conforme o script. Esquerda militante e direita institucional desempenharam até o final o papel que se reservaram na tragicomédia brasileira. O de sempre.

Notem, caso não tenham reparado, a assimetria na comparação. A esquerda é “militante” – a esquerda institucional no Senado são uns 14 e, arrumando direitinho, cabem numa Kombi. A direita é “institucional” e desfruta da prerrogativa de poder legislar e governar. A direita militante é só o álibi conveniente da direita institucional para dizer que “yes, nós também tomamos as ruas”. A esquerda militante ocupa escolas e universidades e faz greve para… mudar o voto dos senadores da direita institucional. Rá. Vou ali morrer de rir e já volto. Quer dizer que senadores que votam com a direita vão abrir mão de suas agendas por causa de ocupações? Rá. De novo.

(mais…)

GOVERNO JABES ESTIMA GASTO DE R$ 77 MIL COM IMPRESSORAS

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa.

O governo Jabes Ribeiro contratou a Fácil Cartuchos LTDA-ME na última quinta-feira (24). A empresa vai prestar serviços de manutenção e recarga de cartuchos de impressoras da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Ilhéus. 

A prefeitura estima custo anual de R$ 77.500,00 pela contratação. As informações estão no Diário Oficial do Município.

SENADO APROVA PEC DO TETO EM PRIMEIRA VOTAÇÃO

Imagem: Pedro França/Agência Senado.
Imagem: Pedro França/Agência Senado.

Da Agência Brasil

Os senadores rejeitaram todas as emendas ao texto da Proposta de Emenda à Constituição do Teto de Gastos. Com isso, foi mantido o texto aprovado na Câmara no primeiro turno de votação no Senado.

Foram apresentados três destaques para votação em separado. Um deles propunha retirar a saúde e a educação do teto de gastos. Assim, o limite de gastos para os próximos 20 anos valeria para todas as outras áreas, exceto para essas duas.

O segundo destaque previa que, após aprovada, a PEC deveria passar por referendo. Os senadores de oposição queriam que a população pudesse opinar se concorda com a proposta de impor o limite de gastos públicos equivalente ao valor do ano anterior corrigido pela inflação.

O último destaque propunha que os juros da dívida pública também estivessem incluídos no teto, de modo que o gasto do governo com isso também tivesse que obedecer ao limite. Os três destaques foram rejeitados.

Com isso, os senadores concluíram a votação da PEC em primeiro turno. Ela passará agora por três sessões de discussão em segundo turno e tem a próxima votação marcada para o dia 13 de dezembro. Se for aprovada sem alterações, a PEC será promulgada no dia 15 de dezembro.

GOVERNO JABES REAJUSTA CONTRATO DE TERCEIRIZADA EM R$ 88 MIL

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa.

O governo Jabes Ribeiro decidiu reajustar em 17,77% o valor do contrato da L B Intermediação e Agenciamento de Serviços LTDA. A empresa terceirizada presta serviços à Prefeitura de Ilhéus na construção da quadra poliesportiva da Conquista. O aumento vai custar R$ 88.703,30 aos cofres do município.

Segundo o governo, o reajuste foi necessário para readequar o serviço às alterações impostas ao projeto original. A Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Trânsito solicitou o aumento.

As informações estão no Diário Oficial do Município.

GOVERNO RUI COSTA QUER PRIVATIZAR A EMBASA, AFIRMA HILTON COELHO

Vereador Hilton Coelho.
Vereador Hilton Coelho.

O vereador de Salvador, Hilton Coelho (PSOL), afirma que o governo Rui Costa tem a intenção de privatizar a Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. (Embasa).

Na última quarta-feira (23), o governador enviou para a Assembleia Legislativa o projeto de lei 22.011/2016. Segundo Coelho, a proposta prevê a criação da Bahiainveste (Empresa Baiana de Ativos S/A), “cujo capital será integralizado com até 25% das ações ordinárias e até 25% das ações preferenciais que o governo possui na Embasa”.

De acordo com o vereador, a iniciativa do governo é absurda e contraria compromisso assumido por Rui Costa durante a campanha eleitoral de 2014.

Coelho disse que o governo agiu de forma “sorrateira” para aprovar o projeto na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia. Segundo ele, a proposta só não foi votada nessa terça-feira (29) porque um deputado pediu vistas, após ouvir questionamentos do sindicato que representa os servidores da Embasa.