“LULA E O BOLSONARO ACABAM SENDO CABOS ELEITORAIS UM DO OUTRO”, DIZ MARINA

Marina Silva. Imagem: Kleyton Amorim/UOL.
Marina Silva. Imagem: Kleyton Amorim/UOL.

Prestes a decidir sua participação na terceira campanha presidencial, Marina Silva (REDE) concedeu entrevista ao Blog do Josias. Na ocasião, falou sobre os rumos do país. “A polarização fez muito mal ao Brasil. A visão errada que criou o problema não vai resolver o problema”.

Também comentou sobre o enfrentamento entre lulistas e bolsonaristas nesse ambiente polarizado. “Lula e Bolsonaro acabam sendo cabos eleitorais um do outro. Eles se sustentam nessa polarização, só que agora elevada a 5ª potência”.

A ex-senadora enfatizou uma crítica a respeito da cultura do “rouba, mas faz”. “Tem gente que diz: ‘rouba, mas é amigo’; ‘rouba, mas é de esquerda’; ‘rouba, mas é de direita’; rouba, mas está fazendo as reformas’ Isso não pode acontecer!”, afirmou.

Marina falou sobre o desejo da Rede Sustentabilidade de lançar um candidato próprio em 2018.  “Eu estou concluindo meu ciclo, em breve eu estarei manifestando a minha posição. Há o desejo que haja a minha candidatura”.

Em relação ao governo de Michel Temer, Marina comentou sobre o escândalo envolvendo a compra de votos pelo presidente. “Os fins e os meios não se separam. Quem separa, ou está enganando a si próprio ou ao povo brasileiro. Pagar para ter maioria não é governar, é cometer crimes”, completou.

Para assistir a entrevista completa, acesse aqui.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *