WAGNER E RUI JÁ “AUTORIZARAM” DUPLICAÇÃO DA BR-415 TRÊS VEZES

Jaques Wagner e Rui Costa.

No dia 8 de setembro de 2014, às vésperas da corrida eleitoral daquele ano, o então governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), autorizou o início das obras da duplicação da BR-415 no trecho entre Ilhéus e Itabuna. Alarme falso. Nada saiu do plano das ideias.

No dia 22 de julho de 2016, o governador Rui Costa (PT) também assinou documento autorizando a obra. Mais uma vez, o projeto não saiu do papel.

Em março de 2018, durante visita a Itabuna, Rui Costa disse que as obras da duplicação começariam no mês de abril. Estamos em maio: nenhum sinal às margens do Rio Cachoeira indica o início do trabalho.

Na mesma visita a Itabuna, Rui Costa garantiu que os procedimentos para o começo da obra estavam dentro do cronograma.

Se estavam mesmo, já não estão mais.

Recentemente, o governador culpou suposta perseguição do governo Temer como entrave para o início da obra, que está vinculada ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Em outubro de 2017, num ato festivo com a Banda Lordão, Rui disse que, se fosse necessário, colocaria dinheiro dos cofres estaduais para tirar a obra do papel. Na oportunidade, previu o início da duplicação para dali a 90 dias.



2 responses to “WAGNER E RUI JÁ “AUTORIZARAM” DUPLICAÇÃO DA BR-415 TRÊS VEZES

  1. O cinismo e a mentira de vespera de eleição é a marca registrada desse povo do PT, em Itabuna lembro que o tal do Rui disse que faria a duplicação com ou sem o apoio do governo federal. Como ele quer apoio do Governo se só faz agredir o governo federal. A unica coisa certa no povo do PT é o crescimento do patrimonio de seus chefes, o Wagner com toda crise cresceu seu patrimonio em mais de 300%. E mole ou quer mais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *