DELEGACIA DE FEIRA DE SANTANA ESTÁ SUPERLOTADA, DENUNCIA SINDPOC

Sindicato fez vistoria na unidade nessa semana. Imagem: Sindpoc/Reprodução.

Em nota divulgada nesta sexta-feira (18), o Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc) afirma que a delegacia de Feira de Santana está superlotada.

O sindicato protocolou pedido de intervenção do Ministério Público do Estado da Bahia na unidade. Segundo a entidade, caso a Secretaria de Segurança Pública do Estado não adote providências para resolver o problema, a delegacia vai ter suas atividades paralisadas.

Devido à superlotação, conforme o Sindpoc, alguns detentos apresentam sintomas de doenças contagiosas, o que pode representar um risco para a saúde coletiva.

O presidente do SINDPOC, Marcos Maurício, denuncia que os custodiados fazem as necessidades fisiológicas em “quentinhas”. “O governo perdeu o compromisso com a sociedade no momento que faliu o serviço público. Quem paga o preço é a sociedade.  O Estado insiste em investir  em obras faraônicas e em muita propaganda. Enquanto isso, a segurança pública continua falida”, criticou o sindicalista.

Maurício lembra que o Estado assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que tinha como um dos objetivos diminuir a superlotação da unidade de Feira de Santana, mas, até o momento, o quadro continua igual.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *