DECISÃO DO TJ-BA OBRIGA GOVERNO MARÃO A DESLIGAR SERVIDORES CONTRATADOS

Prefeito Mário Alexandre. Imagem: Pimenta.

Nesta segunda-feira, 16, o Tribunal de Justiça da Bahia manteve a liminar concedida pelo juiz Alex Vinicius Miranda (da 1ª vara da fazenda pública de Ilhéus), no dia 20 de setembro de 2017, que determinou a suspensão imediata das contratações feitas pelo prefeito Marão.

O voto da desembargadora Silvia Zarif, seguido pelos demais membros da turma julgadora, negou provimento ao recurso (agravo de instrumento) movido pela Prefeitura de Ilhéus.

A ação popular foi movida por Karoline Vital Góes, Arnaldo Souza dos Santos Júnior e Rosana
Nascimento Almeida, candidatos aprovados no concurso público realizado pela Prefeitura de Ilhéus, em 2016.

Leia a decisão.



5 responses to “DECISÃO DO TJ-BA OBRIGA GOVERNO MARÃO A DESLIGAR SERVIDORES CONTRATADOS

  1. Este desgoverno é uma vergonha… vive de atos obscuros.

    PARABÉNS AOS GUERREIROS QUE ESTÃO LUTANDO PELOS SEUS DIREITOS.

  2. E o prazo de prorrogação que Marão. O Cara que se acaha acima da CF88 PRORROGOU POR seis meses, sendo que o texto da Magna Carta diz que a prorrogação deve ser por igual período ao do prazo inicial, OU SEJA, DOIS ANOS.

  3. Alguem que tenha conhecimento em direito,pra me informar se com essa decisão o município vai finalmente chamar todos os concursados depois do prazo das 72 hs dado pela justiça,desde já agradeço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *