PROCESSO DE PAGAMENTO ESCLARECE CAMPEONATO DE SURF CUSTEADO PELO GOVERNO MARÃO

Nesta segunda-feira, 16, o Blog do Gusmão recebeu o processo de pagamento nº 4381, da Prefeitura de Ilhéus à empresa Pazini, que esclarece a realização de um campeonato de surf, em 2017, custeado em parte pelo município.

De acordo com o processo, os R$ 197 mil mencionados pelo blog equivalem ao pagamento de estrutura montada nos seguintes eventos: campeonato de surf amador (realizado de 14 a 16 de abril na Praia do Norte), jogo comemorativo do Colo-Colo, confraternização da AMO, evento beneficente na quadra esportiva de Olivença, aniversário de Mãe Carmozina, tenda para turistas e munícipes em ponto de ônibus no Centro Histórico, evento Igreja Morada do Porto, evento IX Bingo do Boi e Festejos de São Jorge.

Dessa forma, os documentos provam que não houve destinação de recursos públicos da Prefeitura de Ilhéus para um campeonato de surf realizado em Olivença. Assim como não houve o evento, conforme assegurou a Associação Olivença de Surf, o governo do Prefeito Mario Alexandre também não o custeou. 

Na reportagem inicial, este blog se baseou em “consulta de pagamento de empenho” informada ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA), que não informa a descrição dos eventos com estrutura paga pelo erário. Só por meio do processo de pagamento ficou provado que o governo municipal não cometeu erros a esse respeito.

Clique aqui para visualizar o processo. 

O compromisso do Blog do Gusmão é com a busca incansável da verdade simples. Movidos por este princípio, fomos a fundo buscar mais informações para elucidar o fato, dada a grande repercussão na opinião pública.

Vale ressaltar que o processo de pagamento não nos foi passado por pessoas do governo Mário Alexandre, tampouco da empresa Pazini. Veio à tona por meio do nosso trabalho de jornalismo investigativo, cujo objetivo maior é zelar pela correta aplicação dos recursos públicos.



One response to “PROCESSO DE PAGAMENTO ESCLARECE CAMPEONATO DE SURF CUSTEADO PELO GOVERNO MARÃO

  1. Caro Emílio Gusmão,

    O episódio do pagamento de R$197 mil pela Prefeitura de Ilhéus para um campeonato de surf que não houve serviu para destacar, na minha ótica, três pontos de vista e incentivar o debate sobre o assunto.
    Primeiro, destaco o contrato fiduciário jornalístico do Blog do Gusmão com os seus leitores ao denunciar o patrocínio nebuloso e depois investiga-lo, por conta própria, ao ponto de detectar a amplitude da ordem de pagamento de nº 4381, para saber que bancou infraestrutura de atividades diversas. Essa é uma das facetas da responsabilidade social que se espera do jornalismo sério e comprometido com a verdade dos fatos..
    Segundo, que o surf é um esporte praticado em Ilhéus ao longo dos últimos 44 anos e, por isso mesmo, muito querido de várias gerações que se divertiram e ainda se divertem nas ondas das praias do Norte, do Centro, do Sul e em Olivença. Na cidade há quem realmente ame o surf e saia em sua defesa todas as vezes em que se detecte qualquer ameaça à sua integridade. Nesse aspecto, em meu nome e no de Pauletty Campos reafirmamos o nosso compromisso com o esporte.
    Terceiro, mostra-se urgente e necessário que a Secretaria de Turismo e Esportes do Município, associada à Secretaria de Comunicação, definam e divulguem qual a política de fomento aos esportes em Ilhéus. Com isso, vão possibilitar que as associações legalmente estabelecidas possam vir a contar com o apoio e parte do patrocínio garantidos pela prefeitura para a realização dos eventos esportivos programados por essas entidades.
    Particularmente no que diz respeito ao surf, já passou da hora de um encontro em conjunto dos dirigentes da Associação Ilheense de Surf e da Associação de Surf de Olivença com os gestores municipais, em vista de promover competições que possam revelar novos atletas, movimentar o comércio e o turismo em nossas praias, além de projetar Ilhéus, mais uma vez, no cenário do surf brasileiro.

    Atenciosamente,

    Dirceu Góes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *